Últimas:
Incêndio em 3 habitações não fez vítimas – RÁDIO TDS
Siga-nos

GRÂNDOLA

Incêndio em 3 habitações não fez vítimas

Habitações estavam em construção

Publicado

em

Grândola

Incêndio em rescaldo

Um Incêndio com início as 4 da madrugada não fez vítimas.

As chamas estenderam se a 3 habitações que estavam em construção não havendo também desalojados.

No combate às chamas estiveram 18 operacionais apoiados por 7 veículos.

O incêndio está em fase de resolução.

Continuar a ler
Publicidade

Acidentes

Encontrada a roupa de um dos desaparecidos

Buscas continuam em terra, mar e ar entre Tróia e Pinheiro da Cruz

Publicado

em

Foto: TDS (direitos reservados)

Grândola

Buscas continuam

As roupas de um dos desaparecidos, o jovem de 23 anos, foram encontradas.

As autoridades recuperaram as roupas o que pode evidenciar que o jovem tenha ficado preso e tenha tentado libertar-se.

Entretanto o corpo do irmão, já recuperado, foi identificado pelos familiares.

Hoje as buscas voltaram a ser alargadas estando agora num perímetro de 12 milhas náuticas, cerca de 21 kms, entre Tróia e Pinheiro da Cruz.

Até agora não foi registado qualquer avistamento.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Bombas de combustível em Grândola antes de abastecerem já estavam a cobrar

O valor da apreensão ascende a 13.000,00 €.

Publicado

em

Évora

ASAE apreende 2 equipamentos de abastecimento de combustível por Crime de Especulação

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Évora detetou, em flagrante delito, 2 equipamentos de abastecimento de combustível (gasóleo e gasolina) em prática especulativa, em estações de serviço, localizadas no concelho de Grândola.

No local, os inspetores verificaram que, no início de cada abastecimento, após o reinício do equipamento de contagem de abastecimento, antes de ser pressionado o manípulo da agulheta do equipamento pelo utilizador, o contador alterava-se automaticamente, iniciando a contagem em valores acima de zero, cobrando automaticamente 10 cêntimos, passando de imediato para 90 cêntimos, sem ter materializado qualquer tipo de abastecimento “real” de combustível.

Os equipamentos em causa tinham sido sujeitos a controlo metrológico no presente ano, exibindo os respetivos selos de validade e de conformidade, pelo que se procedeu à sua selagem e apreensão, de forma cautelar, para a respetiva perícia técnica.

Em causa estão indícios do crime de especulação (delito antieconómico) e do crime de falsificação de notação técnica, tendo os factos sido comunicados ao DIAP de Grândola.

O valor da apreensão ascende a 13.000,00 €.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

14 golfinhos morreram junto à costa alentejana.

ICNF já se manifestou. Saiba a justificação.

Publicado

em

Costa Alentejana

Morte de golfinhos

Pelo menos 14 golfinhos foram encontrados mortos, nas últimas semanas,  junto à costa alentejana.

A morte dos animais tem vindo a gerar muita indignação junto das comunidades locais nos concelhos de Grândola,  Santiago do Cacém e Sines.

Mas o ICNF, Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, vem apaziguar as preocupações.

Em resposta ao Jornal ‘Público’ assegura o contrário.

“O arrojamento de cetáceos ao longo da costa portuguesa é um fenómeno que ocorre com muita regularidade, e o areal da costa de Grândola não foge à regra”, explicou o ICNF.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Grândola assinala o Dia Mundial da Proteção Civil

De 24 de fevereiro a 16 de março um conjunto de ações para comemorar o Dia Mundial da Proteção Civil, que se celebra a 1 de março.

Publicado

em

Grândola

Dia Mundial da Proteção Civil

O Município, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, promove de 24 de fevereiro a 16 de março um conjunto de ações para comemorar o Dia Mundial da Proteção Civil, que se celebra a 1 de março.

A sensibilização da população, em particular dos jovens, para a importância da proteção civil na salvaguarda da vida humana, da propriedade e do património cultural e ambiental, face à ocorrência de acidentes graves e catástrofes, e de prestar tributo a todos os seus agentes é o principal objetivo das comemorações do Dia da Mundial da Proteção Civil.

Com este propósito, o programa integra ainda um conjunto de ações dirigidas aos alunos das escolas, envolvendo-os nas várias temáticas da proteção civil, nomeadamente, um exercício de desencarceramento, ações de pedagogia junto da população no jardim 1º de Maio, um seminário sobre segurança e intervenção em veículos elétricos, um workshop “Sismos e Estruturas” com um conceituado painel de oradores e um debate.

Este workshop e o respetivo debate realizar-se-ão, no período da manhã, no Cineteatro Grandolense; à tarde decorrerá na escola Básica D. Jorge de Lencastre com uma visita a este estabelecimento de ensino para identificação de perigos face a um evento sísmico.

Continuar a ler

Crime

GNR apreende 100 doses de haxixe e 1700 euros, na Comporta.

O detido foi presente no Tribunal Judicial de Grândola para aplicação das medidas de coação.

Publicado

em

Foto: TDS (direitos reservados) Arquivo

Grândola

Detido por tráfico de estupefacientes

A GNR da Comporta deteve em flagrante um homem de 49 anos, por tráfico de estupefacientes, em Tróia, no concelho de Grândola.

No decorrer de uma ação de fiscalização aleatória, os militares da Guarda abordaram uma viatura, tendo o seu condutor demonstrado um comportamento suspeito.

No seguimento das diligências policiais, foi efetuada uma revista pessoal de segurança ao suspeito, tendo sido possível apurar que se encontrava na posse de produto estupefaciente.

No seguimento da ação o suspeito foi detido, tendo sido possível apreender o seguinte material:

  • 100 doses de haxixe;
  • Uma faca;
  • 1 700 euros em numerário.  

O detido foi presente no Tribunal Judicial de Grândola para aplicação das medidas de coação.

Continuar a ler

Artes

Exposição «O Povo É Quem Mais Ordena»

50 anos de abril

Publicado

em

50 Anos do 25 de Abril

Exposição «O Povo É Quem Mais Ordena»

Este é o título da Exposição de Ilustrações de Marta Nunes que abre ao público no próximo sábado, 20 de janeiro, às 16h00, na sala polivalente da Biblioteca e Arquivo do Município, inserida no Programa Comemorativo dos 50 Anos do 25 de Abril em Grândola.

“O Povo é Quem Mais Ordena” reúne os últimos anos do trabalho da artista dedicados ao 25 de Abril, temática que, para Marta Nunes, “não tem tempo e que deverá estar sempre na ordem do dia, já que a data não é apenas uma efeméride, mas sim um legado e uma forma de olhar o presente com lutas ainda por terminar. A revolução permitiu não só acabar com um regime autoritário, mas significou a conquista de muitos direitos que são hoje fundamentais na nossa constituição e inexistentes até à data.”

A Exposição apresenta 45 Ilustrações dedicadas à Revolução dos Cravos e às conquistas e valores de Abril: Liberdade, Democracia e Solidariedade.

Nota Biográfica

Marta Nunes nasce na primavera de 1984, em Lousada. Formada em Arquitetura pela Universidade da Beira Interior é ainda durante o curso que surgem os primeiros trabalhos de ilustração para publicações. Desde 2010 que participa em exposições coletivas e individuais, mas desde 2019 que a ilustração tem sido cada vez mais a sua principal atividade, onde o interesse pela tradição e cultura portuguesa marcam alguns dos seus trabalhos. As expressões, as pessoas e os ofícios tradicionais são o que mais a inspiram na construção de narrativas, mas também os objetos do quotidiano e a poética dos dias úteis.

Para visitar até 24 de fevereiro

Horário:

segunda a sexta-feira – 09h30 | 19h00

Sábados: 10h00 | 13h00

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Salvador Sobral com a banda Alma Nuestra em Grândola

Concerto a ter lugar dia 24 de novembro, às 21h30, no Cine Granadeiro

Publicado

em

JAZZ

Salvador Sobral com a banda Alma Nuestra em Grândola

 O último concerto da Temporada 2023 do Grândola, Vila Jazz apresenta em Grândola Salvador Sobral com o grupo Alma Nuestra para um concerto a ter lugar dia 24 de novembro, às 21h30, no Cine Granadeiro.

Alma Nuestra é uma banda criada pelos dois amigos, Salvador Sobral e Victor Zamora, que partilham uma paixão pelos doces sons da América Latina e, em simultâneo, pelo jazz. Chamaram outros dois companheiros e deram uma volta às já bem conhecidas e intemporais canções de Cuba, Argentina e de outras terras sul americanas reinventando-as e tornando-as únicas e pessoais.

O espetáculo tem Salvador Sobral na voz, Victor Zamora no piano, Nelson Cascais no contrabaixo e André Sousa Machado na bateria.  Os últimos, dois nomes históricos do nosso jazz.

A temporada 2023 do Grândola Vila Jazz apresentou nove espetáculos com músicos de excelência e nomes de referência no panorama do Jazz nacional.

A iniciativa organizada pela SMFOG – Sociedade Musical Fraternidade Operaria Grandolense em parceria com o Município de Grândola, tem como curador Bruno Santos, músico e professor do Hot Clube Portugal, que na Conferência de Imprensa de apresentação da temporada, enalteceu “a coragem da Câmara Municipal de Grândola e da SMFOG por se juntarem para efetuar este ciclo de jazz”, que se revelou um enorme sucesso.

A entrada é gratuita.

Continuar a ler

Crime

Pacotes de droga na costa alentejana

Droga tem surgido em praias dos distritos de Faro, Beja e Setúbal

Publicado

em

Foto: Polícia Marítima

Grândola

Droga na costa alentejana

Noas últimas semanas tem vindo a dar à costa alentejana varios fardos de droga.

Desta vez foi napraia da Aberta Nova, em Grândola.

Os dois pacotes, com mais de 2 quilos, de cocaína foram recolhidos pela GNR e Polícia Marítima,  que se deslocaram ao local.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Feira de Chocolate em Grândola de 10 a 12 de novembro 

O maravilhoso mundo do chocolate está de regresso a Grândola e traz novidades deliciosas.

Publicado

em

Grândola

Feira de Chocolate em Grândola de 10 a 12 de novembro

A edição de 2023 apresenta o ”bombom de Grândola” que junta o chocolate ao pinhão, produto endógeno do concelho, utilizado nas tradicionais alcomonias e nos típicos rebuçados de pinhão.

O novo bombom artesanal de Grândola surge do desafio lançado pelo Município ao Chefe Chocolateiro Melgão que com a sua larga experiência criou o “bombom de Grândola” inspirado no património gastronómico do concelho.

Para Carina Batista, vereadora do Turismo, Feiras e Eventos,” a criação deste novo produto tem como objetivo aproveitar a grande variedade e reconhecida qualidade dos nossos produtos endógenos, neste caso o pinhão, para criar uma nova oferta gastronómica de Grândola. Foi com esta intenção que lançámos o desafio ao Chef Melgão que criou esta deliciosa tentação de chocolate e pinhão cujo processo de criação será dado a conhecer no dia 11, no espaço do show cooking, aos visitantes do certame e em particular aos agentes da restauração e da doçaria do concelho. Gostaríamos que no futuro viessem a confecionar e comercializar este bombom.”

O show cooking tem sido nas últimas edições um ponto de paragem eleito pelos visitantes. Este ano está novamente confirmada a presença de conceituados chefs que vão partilhar a sua arte nos três dias do evento.

Outra das novidades da edição deste ano é a exposição sobre o fabrico do chocolate, desde a plantação até à transformação no produto final.

Khiaro e Sebastião Antunes & Quadrilha no palco

e forte aposta na animação itinerante durante os três dias da Feira

 Khiaro o cantor alentejano autor do sucesso “aquelas madrugadas” da novela Festa é Festa sobe ao palco da Feira na primeira noite. No sábado, há música tradicional portuguesa com Sebastião Antunes & Quadrilha onde não faltará o sucesso “Cantigas da Burra”.

 O reforço do programa de animação itinerante é outra das apostas do Município com destaque o espetáculo “O2”. Trata-se de uma Performance em Andas que, através das linguagens do Teatro Físico e das Formas Animadas, convida o espectador a uma reflexão sobre como poderia sobreviver uma sociedade, onde a tecnologia desvanece as relações humanas e o acesso ao oxigénio se torna um luxo.

O teatro de rua promete conquistar as atenções dos visitantes diariamente com as companhias: Malatitsch, Cia Água no Deserto (Turistas Acidentais), Estátua Viva e Uh!Topia. Espetáculos circenses e de fogo completam a animação de rua que será uma constante durante o horário de funcionamento da Feira que volta a ter a Casinha de Chocolate com atividades diárias para os mais novos, carrosséis e insufláveis.**

A edição da Feira de Chocolate apresenta ainda mais de meia centena de expositores de venda e mostra sempre com o chocolate como ingrediente principal, tasquinhas com pratos regionais, street food e uma nova e confortável área de lazer.

Arte em chocolate

Com Marlene Alexandre e Humberto Lavos

Os chocolatiers Marlene Alexandre e Humberto Lavos vão estar durante os 3 dias da Feira a esculpir em chocolate a fachada da igreja de Igreja de Nossa Senhora de Azinheira dos Barros.

Magusto no Mercado

Este ano, a programação da Feira não se limita ao Parque de Feiras e Exposições(PFE). Na manhã de sábado – período que antecede a abertura da Feira no PFE – o Mercado Municipal recebe o tradicional magusto para celebrar o São Martinho. Das 09h00 às 14h00 haverá Animação itinerante com “Os Vocalistas”, muitos petiscos, oferta de castanhas e show cooking com a chocolatier Céu Carvalho.

Continuar a ler

ALCÁCER DO SAL

Alcácer do Sal com campanha de recolha de lixo de porta-a-porta

Este é o ponto de partida para implementar no concelho uma nova forma de gerir os resíduos produzidos em nossas casas. 

Publicado

em

Alcácer do Sal

Câmara Municipal aposta em campanha de recolha porta-a-porta para promover melhoria ao nível da separação de resíduos  

O Município de Alcácer do Sal encontra-se a implementar o projeto-piloto “Campanha de Recolha de Resíduos Porta-a-Porta”, centrado na recolha de biorresíduos e lixo comum.

Os objetivos deste projeto, cujo mote é “CONCELHO LIMPO, DEVER DE TODOS”, são: 

A melhoria ao nível da separação de resíduos, reduzindo a fração de recicláveis e biorresíduos que seguem incorretamente para aterro; 

Promover uma maior consciência ambiental e comodidade da população; 

Aumentar a sustentabilidade e os ganhos ambientais.

De momento, serão abrangidos os bairros a noroeste da cidade de Alcácer do Sal: Br.º do Laranjal, Qt.ª da Oriola, Olival da Boavista, Olival de Fora e Telheiros.

Nestes locais, serão distribuídos, pelas diversas habitações, mais de 400 pontos de recolha de separação de lixo. A recolha dos resíduos será depois efetuada com recurso a uma viatura elétrica e dois assistentes operacionais do Município, de acordo com os circuitos, definidos em função da tipologia dos resíduos a recolher.

Este é o ponto de partida para implementar no concelho uma nova forma de gerir os resíduos produzidos em nossas casas. 

Existem dias/horas específicos de recolha de Biorresíduos e Lixo Comum: 

Os BIORRESÍDUOS serão recolhidos no verão a partir das 21h e no inverno a partir das 20h, todas as segundas, quartas e sextas-feiras. 

O LIXO COMUM será recolhido no verão a partir das 21h e no inverno a partir das 20h, todas as terças, quintas-feiras e sábados. 

É só colocar o respetivo ecoponto à porta de casa, de forma a que os serviços municipais recolham o lixo. O habitante deverá depois higienizar o ecoponto e voltar a utilizá-lo. No caso de não se encontrar em casa, aquando da visita dos serviços municipais, pode agendar nova visita ou obter mais informações através do contacto 265 247 037. 

O orçamento do projeto, de cerca de 62 mil euros, prevê a aquisição de contentores para distribuir pelos residentes na área do projeto. A Câmara Municipal vai distribuir flyers oportunamente com toda a informação sobre a separação dos resíduos: quais devem ser depositados e em que contentor. 

 

Continuar a ler

ALCÁCER DO SAL

Galamba vai nomear grupo de trabalho para acompanhar a situação da travessia fluvial do Sado

João Galamba reuniu com os autarcas de Setúbal, Alcácer do Sal e Grândola

Publicado

em

Rio Sado

Ministro vai nomear um grupo de trabalho para acompanhar a situação da travessia fluvial do Sado

O Governo vai nomear um grupo de trabalho para acompanhar a situação da travessia fluvial do Sado, decisão tomada esta manhã numa reunião dos presidentes das câmaras municipais de Setúbal, Alcácer do Sal e Grândola com o ministro João Galamba.

No encontro realizado em Lisboa, foi feito o balanço dos contactos realizados até ao momento pelos autarcas e pelo ministro das Infraestruturas e dos Transportes para “resolver o mais rapidamente possível o problema dos elevados tarifários praticados na travessia do Sado”, refere o presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins.

De forma a dar uma “atenção mais dedicada ao problema e a acelerar a solução” foi decidida a criação de um grupo de trabalho cujos elementos, que devem incluir representantes das três autarquias e do Ministério das Infraestruturas e dos Transportes, serão nomeados por João Galamba. 

“Vamos continuar a trabalhar para resolver este problema que é do interesse de toda a região da AML e do Litoral Alentejano”, garantiu o presidente André Martins no final do encontro.

Esta foi a segunda reunião entre os presidentes das câmaras municipais de Setúbal, Alcácer do Sal e Grândola com o ministro João Galamba, após um encontro, realizado a 17 de outubro, no qual o Governo manifestou abertura para ajudar a resolver a questão dos preços praticados no serviço de transporte fluvial no Sado, entre Setúbal e Troia.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Presidente da Câmara de Grândola vai propor descida do IMI para a taxa mínima

A proposta será submetida à deliberação da Câmara em reunião.

Publicado

em

Grândola

Descida do IMI em discusão

O Presidente da Câmara Municipal de Grândola, António Figueira Mendes, vai propor na próxima Reunião de Câmara a descida do IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) de 0.33% para 0.30% – a taxa mínima que os municípios podem aplicar.

Esta nova descida do IMI, que em caso de aprovação pela Câmara e pela Assembleia Municipal, será a maior de sempre, segue a estratégia do Executivo de redução deste imposto de forma sustentável, a exemplo do que já se tinha verificado em 2014, 2016, 2019, 2020, 2022 e 2023.

À semelhança dos últimos anos, a proposta inclui também a manutenção do IMI familiar, abrangendo as famílias com 1 dependente que terão uma redução de 30€, com 2 dependentes uma redução de 70€ e, com 3 ou mais dependentes, uma redução de 140€.

A proposta será submetida à deliberação da Câmara na reunião que se realiza no dia 26 de outubro e, posteriormente, à deliberação da Assembleia Municipal.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Feira de Chocolate em Grândola de 10 a 12 de novembro

O objetivo é aproveitar a grande variedade e reconhecida qualidade dos produtos endógenos da região.

Publicado

em

Grândola

O maravilhoso mundo do chocolate está de regresso a Grândola e traz novidades deliciosas

A edição deste ano apresenta o ”bombom de Grândola” que junta o chocolate ao pinhão, produto endógeno do concelho, utilizado nas tradicionais alcomonias e nos típicos rebuçados de pinhão.

O novo bombom artesanal de Grândola surge do desafio lançado pelo Município ao Chefe Chocolateiro Melgão que com a sua larga experiência criou o “bombom de Grândola” inspirado no património gastronómico do concelho.

O show cooking tem sido nas últimas edições um ponto de paragem eleito pelos visitantes.
Este ano está novamente confirmada a presença de conceituados chefs que vão partilhar a sua arte nos três dias do evento.
Outra das novidades da edição deste ano é a exposição sobre o fabrico do chocolate, desde a plantação até à transformação no produto final.

Continuar a ler

Acidentes

Idoso de 89 anos morre em acidente na Praia de Melides

O óbito foi declarado no local.

Publicado

em

Praia de Melides

Acidente mortal

Um homem de 89 anos de idade morreu após despiste da viaturas em que seguia. Era o único ocupante.

O acidente aconteceu na estrada que dá acesso à Praia de Melides, concelho de Grândola.

O óbito foi declarado no local.

No local estiveram 12 operacionais com 5 viaturas.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Município de Grândola assinala o Dia Municipal para a Igualdade com conversas sobre Imigração

O seminário vai decorrer no Cineteatro Grandolense, entre as 09h30 e as 13h00.

Publicado

em

Grândola

O objetivo é debater temas como a inclusão, a discriminação e a igualdade na comunidade migratória

Este ano, o Ciclo de Conversas irá assinalar o Dia Municipal para a Igualdade a 24 de outubro, com um debate sobre Imigração, no encontro “Imigração: desafios e oportunidades, inclusão, discriminação e igualdade” e com a apresentação de “Pétalas do Mundo”, projeto pedagógico de educação para o interculturalismo.

Sendo a imigração um fenómeno muito presente no Alentejo Litoral, este encontro tem como objetivo debater temas tão atuais e importantes como a inclusão, a discriminação e a igualdade na comunidade migratória, e qual o papel desempenhado pelas diversas entidades nesse âmbito, num cenário territorial de crescente fluxo imigratório.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Projeto Tampas e Caricas em Grândola já entregou mais de 20 mil euros em ajudas técnicas

O projeto é dinamizado pelos programas de envelhecimento ativo do Município de Grândola.

Publicado

em

Grândola

O sucesso do projeto Tampas e Caricas deve-se ao envolvimento e participação de
toda a comunidade

O projeto Tampas e Caricas é dinamizado pelos programas de envelhecimento ativo do Município de Grândola – Universidade Sénior e Programa Viver Solidário, e tem tido muita adesão por parte da população de todo o concelho na recolha e entrega das tampas e caricas, envolvendo também parcerias informais com o comércio local e parcerias intergeracionais com as escolas e jardins-de-infância.

O projeto teve início no final de 2011, e até à presente data, foram já entregues para reciclagem 38.200Kg de tampas e caricas, traduzindo-se em ajudas técnicas atribuídas no valor de 20.218,25€.
Este valor inclui as ajudas técnicas atribuídas este mês de outubro, numa entrega simbólica durante as Comemorações do Dia Internacional da Pessoa Idosa, à AISGRA e à Casa do Povo de Azinheira dos Barros, correspondendo aos equipamentos geriátricos solicitados, num total de 2.635,00€ repartidos pelas duas entidades. A AISGRA recebeu 1 cadeira de rodas, 1 andarilho com 4 rodas, 2 cadeiras de banho com rodas, 2 colchões anti-escaras com compressor, 2 bancos de duche rotativos e 2 cadeiras de banho rotativas.
A Casa do Povo da Azinheira dos Barros recebeu 2 cadeiras de rodas, 2 cadeiras de
banho e sanitárias, 2 bancos de banho e 1 cadeirão/poltrona com rodas.

O sucesso do projeto Tampas e Caricas deve-se ao envolvimento e participação de toda a comunidade que, por todo o concelho, recolhe as tampas de plástico e de metal e as faz chegar à USG. Todo o material angariado é devidamente separado e embalado por um voluntário e posteriormente enviado para a Resialentejo para reciclagem. O valor apurado permite a aquisição de equipamentos de apoio a pessoas idosas e ou dependentes, sendo esses equipamentos atribuídos rotativamente às diversas
entidades parceiras dos programas de envelhecimento ativo, de acordo com as necessidades apresentadas.

Continuar a ler

ALCÁCER DO SAL

Alcácer, Grândola e Setúbal querem a travessia do Sado mais acessível.

Os tarifários cobrados na travessia do rio Sado “podem, em algumas circunstâncias, ser mais elevados do que fazer a viagem para aquele território por autoestrada, com passagem por Alcácer e rumando depois à Comporta”.

Publicado

em

Setúbal

Setúbal, Grândola e Alcácer do Sal defenderam soluções que tornem mais acessível o acesso fluvial a Troia, incluindo a possibilidade de associar o passe Navegante à travessia.

Numa conferência de imprensa conjunta com os presidentes das câmaras municipais de Alcácer do Sal, Vítor Proença, e de Grândola, António Figueira Mendes, realizada esta manhã no Forte de São Filipe, o presidente do município de Setúbal, André Martins, defendeu a necessidade de intervenção das duas entidades numa questão de interesse nacional.

“Desde tempos imemoriais que o rio Sado é um elemento que facilita a ligação entre a Área Metropolitana de Lisboa e o Sul do país. Hoje, infelizmente, é cada vez mais uma barreira à mobilidade entre as duas margens, devido aos elevados preços praticados no transporte fluvial.”

Para os autarcas, a AML e o Governo “devem assumir as suas responsabilidades para alterar a atual situação e criar as condições necessárias de mobilidade de pessoas e bens para a península de Troia”, melhorando o acesso das populações da Área Metropolitana de Lisboa ao Litoral Alentejano.

Uma das soluções, indicou André Martins, passa pela “entrega do serviço público de transportes da travessia fluvial às entidades públicas com competências nesta matéria, como é o caso da AML”, pois este serviço “deve deixar de estar condicionado por um contrato de concessão gerido pela administração portuária”.

O autarca defendeu, igualmente, que deve equacionada a hipótese de incluir esta travessia no passe Navegante, “permitindo diminuir os custos para as populações que necessitam de atravessar, diariamente, as duas margens do Sado”.

Num comunicado conjunto divulgado na conferência de imprensa desta manhã, os presidentes dos municípios que integram o arco ribeirinho do Sado revelam que decidiram tomar uma posição pública sobre o problema da travessia fluvial, entre Setúbal e Troia,“depois de, nos últimos meses, terem analisado esta situação em conjunto, a par da realização de vários contactos”.

Esta travessia “é uma ligação essencial ao desenvolvimento económico, bem como à coesão social, dos territórios” de Setúbal, Alcácer do Sal e Grândola, sendo que sua relevância “tem de ser associada, por exemplo, à função das estradas nacionais que asseguram as ligações rodoviárias a todo o Litoral Alentejano, bem como à autoestrada”.

Os três autarcas defendem que devem ser encontradas, em conjunto com a Área Metropolitana de Lisboa e o Governo, “soluções e caminhos que façam do Sado, no que diz respeito à mobilidade de pessoas e bens, um elo de ligação acessível e claramente alternativo a outras opções rodoviárias, tanto do ponto de vista económico, como do ponto de vista ambiental”.

Os tarifários cobrados na travessia do rio Sado “podem, em algumas circunstâncias, ser mais elevados do que fazer a viagem para aquele território por autoestrada, com passagem por Alcácer e rumando depois à Comporta”.

Com o tarifário atual, “quem quiser atravessar o Sado com a sua viatura no ferryboat terá de pagar 19,60 euros, com o condutor incluído, mais 5,60 euros pelo primeiro passageiro e 4,30 euros por cada um dos restantes”, o que para uma viatura com quatro pessoas totaliza 33,80 euros por viagem, “mais do que algumas viagens para destinos europeus em companhias de aviação lowcost”.

Se a viagem se realizar no catamarã, que apenas transporta passageiros, o percurso de ida e volta tem o custo de 8,80 euros.

“Utilizando um carro ligeiro a gasolina, o custo da viagem para quatro pessoas continua a ser ligeiramente mais baixo do que se utilizarmos o barco, o que, naturalmente, afasta da travessia muitos potenciais utentes, que preferem utilizar a sua viatura com a comodidade que lhe é sempre associada e, claro, a consequente pegada ecológica”, lamentam os autarcas de Setúbal, Alcácer do Sal e Grândola.

Esta situação, acaba por “afastar quem necessita de atravessar o rio para trabalhar, abastecer as populações que ali vivem, apoiar as atividades que se desenvolvem daquele lado ou para ir à praia ou fazer turismo” em Troia.

Os autarcas destacam a importância histórica, económica, social e ambiental de Troia para a região, uma vez que é “um ponto de paragem, de passagem e de transição entre duas grandes unidades territoriais, a Península de Setúbal, território onde vive praticamente um terço da população da Área Metropolitana de Lisboa, e o Alentejo”.

A península de Troia tem um “papel fundamental” na relação de toda a Área Metropolitana de Lisboa com o Litoral Alentejano, “seja na deslocação de mão de obra, seja no acesso a equipamentos turísticos e zonas balneares, seja, ainda, no abastecimento de variadíssimas matérias aquela área”.

Também as relações das populações dos concelhos do Litoral Alentejano com Setúbal “são, historicamente, muito relevantes”, sendo que milhares de pessoas continuam a utilizar serviços de saúde sedeados em Setúbal, bem como outro tipo serviços e apoios administrativos. 

A travessia do Sado viabiliza, igualmente, o acesso de um elevado número de pessoas que trabalham em ambos os lados do rio e“não pode, por isso, com os preços praticados, continuar a constituir um obstáculo à deslocação destas pessoas”.

Tendo em conta a dimensão do problema de que “resultam condicionamentos à circulação de pessoas e bens” num vasto território do país, que inclui os municípios da AML e do Litoral Alentejano, os presidentes das câmaras municipais de Setúbal, Alcácer do Sal e Grândola consideram que o Governo não pode ficar de fora.

“O Estado não pode continuar a desresponsabilizar-se. Do nosso lado, estamos totalmente disponíveis para, no contexto de soluções negociadas, contribuir para soluções equilibradas em prol das populações.”

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Município de Grândola formaliza adesão à Rede de Cidades e Vilas que Caminham

Assinatura do protocolo entre as duas entidades

Publicado

em

Grândola

O objetivo é estabelecer uma plataforma de partilha de experiências e de soluções

O Presidente da Câmara, António Figueira Mendes, e a Presidente do Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM), Paula Teles, assinaram o protocolo entre as duas entidades que oficializa a integração da Câmara Municipal na Rede de Cidades e Vilas que Caminham(RCVC).

A RCVC, programa coordenado pelo Instituto, faz parte de um acordo de escala internacional com a Rede Ciudades que Caminan de Espanha e tem como objetivo estabelecer uma plataforma de partilha de experiências e de soluções que constitui exemplos excelentes de boas práticas urbanas em matéria de mobilidade sustentável.

Continuar a ler

GRÂNDOLA

Grândola recebe Residência Artística da Odisseia Nacional do Teatro D. Maria II

Nesta residência, os artistas vão conhecer os espaços de trabalho de cada uma das mulheres e homens que participam no projeto

Publicado

em

Grândola 

A programação desta odisseia procura democratizar a oferta teatral, fomentando a criação artística local

A Associação Cultural «Um Coletivo» vai iniciar uma Residência Artística na Aldeia do Pico, concelho de Grândola, com o Projeto Penélope, que cruza arte e agricultura, envolvendo a comunidade local e um grupo de crianças da Ludoteca na criação de um objeto artístico de arte contemporânea.

Numa adaptação da obra literária homónima de Alice Sampaio, este trabalho dramatúrgico tem por base o encontro entre artistas e público e a relação de afetividade entre a terra, a comunidade local e os espectadores e é também um projeto de desenvolvimento cívico, porque oferece ferramentas para dimensionar o futuro dos solos e trabalhar em direção à agricultura sustentável.

O processo de construção do projeto culminará na preparação em outubro de um canteiro (uma cama de permacultura) em conjunto com a comunidade envolvida, que mais tarde vai passar para teatro, transformando-se num cenário de um espetáculo. Pretende-se relacionar o pensamento contemporâneo com as identidades locais, aproximando a comunidade de novas linguagens artísticas.

Nesta residência, os artistas vão conhecer os espaços de trabalho de cada uma das mulheres e homens que participam no projeto, conhecer a terra, as hortas, o que cultivam e que sementes utilizam, mas com um olhar no futuro, já que vão ser abordadas novas formas sustentáveis de cultivo.

O Projeto Penélope está inserido na Odisseia Nacional do Teatro D. Maria II, que durante o presente ano põe os pés no território português, disseminado a sua atividade artística, envolvendo as populações, os agentes culturais e as administrações autárquicas de mais de 90 concelhos do país.

A programação desta odisseia procura democratizar a oferta teatral, fomentando a criação artística local, com projetos intergeracionais e inclusivos que refletem a diversidade do país.

Continuar a ler

Acidentes

Homem de 26 anos morre em Grândola após despiste

Junto a Água Derramada

Publicado

em

Grândola

Despiste de automóvel

Um homem com 26 anos de idade, morreu, após despiste ma EM543, em Grândola. Era o único ocupante do veiculo ligeiro em que seguia.

O acidente ocorreu as 06h34 perto da aldeia de Água Derramada.

No local estiveram 17 operacionais apoiados por 8 viaturas.

Continuar a ler

Últimas

x
error: O conteúdo está protegido!!