Alentejo quer atrair nómadas digitais

Estimated read time 1 min read

Alentejo,

Alentejo quer atrair nómadas digitais

É mais uma iniciativa da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo que visa promover e captar o interesse das pessoas para estas regiões. A ideia passa por apresentar um programa, ainda no decorrer deste mês, que consiste na atração de nómadas digitais.

O plano que já vem sendo desenhado há cerca de 8 meses, consiste na criação de cinco hubs (unidades centrais de conectividade) em cada sub-região, ou seja, Alto Alentejo, Alentejo Central, Baixo Alentejo, Alentejo Litoral e Ribatejo.

Um programa recente e que está atento à realidade da capital portuguesa. Lisboa era até então a preferência dos nómadas digitais, no entanto, o custo de vida tem afastado os profissionais da internet.

José Manuel Santos, presidente da ERT, refere que a ocupação média no Alentejo é de 60% e, por isso, este programa pode vir a ajudar nesse sentido.