O Elvas renova com técnico Pedro Hipólito

Estimated read time 2 min read

O Elvas anuncia continuidade de Pedro Hipólito

Treinador vai continuar de ‘azul e ouro’ em 2024/2025; SAD já trabalha, há muito, na planificação da próxima época

A continuidade era já uma realidade, há algum tempo, mas só esta quinta-feira, 25 de abril, O Elvas – Clube Alentejano de Desportos, Futebol, SAD, anunciou publicamente, nas suas redes sociais, a permanência de Pedro Hipólito à frente dos destinos do emblema ‘azul e ouro’, 6.º classificado (e 3.º melhor ataque) da Série D do Campeonato de Portugal.

Uma data simbólica para confirmar e reforçar a aposta no treinador, de 45 anos, que em 2023/2024 liderou O Elvas em 21 jogos oficiais, tendo conseguido 10 vitórias, oito empates e consentido três derrotas (29 golos marcados e 18 sofridos), invertendo um arranque de campanha atípico.

Sem competição oficial desde 7 de abril – último jogo, num ‘Patalino’ a vibrar de cores e de emoção a fazer lembrar outros tempos, com vitória, por 2-1, sobre o líder Vitória de Setúbal -, há muito que a administração da SAD de O Elvas trabalha na planificação da próxima época e no futuro, garantido há algum tempo, também, o regresso da equipa de Sub-19 (juniores) aos campeonatos nacionais (II Divisão, zona Sul).

Em paralelo com uma série de iniciativas, estruturais e estruturantes, a semana fica também marcada pelas despedidas de quatro dos profissionais que integraram o conjunto ‘azul e ouro’ nos últimos meses.

Assim, é já garantido que o ponta-de-lança Luís Gaspar, de 29 anos, que iniciou a temporada no Rabo de Peixe (Açores), deixa agora O Elvas depois de 21 jogos (1 golo e 2 assistências).

O mesmo desfecho para o médio luso-guineense Vilson Caleir, 24 anos, que depois de várias épocas no União de Tires e Marítimo, e de experiências na Liga 2 (Trofense) e Liga 3 (Fafe), foi utilizado em 22 jogos esta época.

Também o avançado nigeriano Okebe, 21 anos, deixa o ‘Patalino’, depois de 25 jogos e 10 golos em duas campanhas, com a conquista do Distrital, Taça e Supertaça da AF Portalegre.

Antes de rumar ao Alentejo, tinha representado, em Portugal, o União de Santarém. O mesmo se aplica ao defesa brasileiro Lucas Nacif, 20 anos, que não chegou a ser utilizado em jogos oficiais.