1° de Maio em Beja com mais de 200 manifestantes

Estimated read time 1 min read

Esta manhã, Beja

Ruas cheias em Beja

Mais de duzentas pessoas manifestaram-se esta manhã, em Beja.

Maria da Fé Carvalho, presidente da união dos sindicatos do distrito de Beja, classificou a adesão ao protesto como sendo ‘o reflexo’ do momento atual.

Interrogada sobre se existem motivos para vir para a rua neste 1° de maio frisou que ‘existem mais do que nunca motivos para reivindicar pelos direitos dos trabalhadores ‘.

No protesto estiveram tambem Edgar Santos, presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Sul e Manuel Nobre presidente do Sindicato dos Professores do Sul.