Últimas:
Conferência: A lã, o linho e a indústria têxtil no Alentejo. – RÁDIO TDS
Siga-nos

BEJA

Conferência: A lã, o linho e a indústria têxtil no Alentejo.

Conferência dia 20 de abril | 21H30 | Museu do Sembrano | Beja

Publicado

em

A lã, o linho e a indústria têxtil no Alentejo.

Por Paulo Eduardo Guimarães
Conferência dia 20 de abril | 21H30 | Museu do Sembrano | Beja

Realiza-se no próximo dia 20 de abril, pelas 21H30, no Núcleo Museológico da Rua do Sembrano, em Beja, a conferência “A LÃ, O LINHO E OS DESTINOS DA INDÚSTRIA TÊXTIL NO ALENTEJO NO SÉCULO XIX”, por Paulo Eduardo Guimarães.

A conferência, de entrada livre, está integrada no ciclo “Terra e Paisagens no Sul”, que resulta de uma parceria entre a EDIA, a Câmara Municipal de Beja e a Direção Regional de Cultura do Alentejo e conta com o apoio da Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja e da Universidade Sénior de Beja.

Este ciclo de conferências pretende ajudar a perceber como se foi definindo a paisagem alentejana e moldadas as suas gentes.
Nesta conferência será descrita a evolução da indústria doméstica do linho e da lã no Alentejo, bem como a sua relação com a produção fabril, ao longo do século XIX.

Pretende-se avaliar o impacto das transformações operadas com a constituição da propriedade fundiária burguesa e dos regimes contemporâneos de exploração da terra que ditaram o fim da transumância no Baixo Alentejo e a formação de uma região produtora de bens primários destinados à exportação para outras regiões.

Com a afirmação do liberalismo, as célebres pastagens do Campo Branco (Aljustrel e Castro Verde) passaram a ser disputadas pelos lavradores que as usaram também para invernadouro do gado bovino. Desaparecia assim o antigo sistema transumante. Porém, a evolução registada não favoreceu o aparecimento na região transtagana de núcleos industriais destinados à produção de lanifícios para o mercado nacional ou para exportação.

Paulo Eduardo Guimarães é historiador e docente universitário. É membro da Sociedade Europeia de História Ambiental e da Rede Portuguesa de História Ambiental e autor de 4 livros e mais de 80 artigos publicados em revistas académicas portuguesas e estrangeiras, capítulos de livros e verbetes em enciclopédias e dicionários históricos.

Continuar a ler
Publicidade

BEJA

ASAE deteve 8 indivíduos no âmbito do combate ao jogo ilícito, em Beja.

Apreendidas 24 máquinas de jogo ilegal

Publicado

em

Évora

ASAE instaura 7 processos-crime e detém 8 indivíduos no âmbito do combate ao Jogo Ilícito

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), realizou nas últimas semanas, através da Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Évora, no âmbito de uma operação de prevenção criminal, várias ações de fiscalização direcionadas ao combate da exploração ilícita de jogos de fortuna ou azar, no distrito de Beja.

Como balanço da ação, foram fiscalizados 9 operadores económicos, nomeadamente estabelecimentos de restauração e bebidas, alguns dos quais com salas dissimuladas e de acesso restrito, nas quais existiam alguns equipamentos a funcionar como máquinas de jogo de fortuna ou azar, tendo sido apreendidas 24 máquinas de jogo ilegal e respetivos mecanismos de introdução de valores pecuniários bem como, 570,00 euros em numerário.

Da ação resultou ainda, a instauração de 7 processos-crime pela prática do crime de exploração de jogos de fortuna ou azar fora dos locais legalmente autorizados e a detenção de 8 suspeitos.

O valor total da apreensão ascende ao valor estimado de 30.000,00 Euros.

Continuar a ler

BEJA

Empresa sediada em Beja é a melhor no Alentejo e a terceira a nível nacional

Publicado

em

Imagem retirada do site Correioalentejo

Resialentejo,

Empresa sediada em Beja é a melhor no Alentejo e a terceira a nível nacional

Está sediada no distrito de Beja e faz o tratamento e valorização de resíduos. A Resialentejo foi em 2023 a empresa que registou o melhor desempenho no Alentejo na reciclagem e compostagem.

Em referência ao Relatório Anual de Resíduos Urbanos 2022 (RARU),  a empresa intermunicipal apresenta “atualmente, o terceiro melhor valor em termos nacionais para o indicador da preparação para reutilização e reciclagem, passando de 46% para 57%”.

Em comunicado, a empresa alentejana reforça que foi a melhor na região. “Estes resultados mostram que tivemos melhor desempenho na região do Alentejo em termos de encaminhamento global para reciclagem e compostagem, e dos melhores resultados em termos nacionais no que diz respeito ao desvio de resíduos do aterro”.

Ainda em relação à Resialentejo, a empresa serve aproximadamente 87 mil habitantes e abrange uma área geográfica de 6.650 km2.

De recordar que o pacto ecológico europeu, reconhecido como o European Green Deal ”, tem como missão promover o crescimento económico com base na modernização que deverá concorrer para uma economia competitiva no que concerne à gestão de recursos. No entanto, na União Europeia, apenas 38% dos resíduos são reciclados e Portugal não tem o melhor desempenho.

Continuar a ler

BEJA

IPBeja recebeu mais um grupo de estudantes “Erasmus”

Os Dias de Boas Vindas têm por objetivo dar a conhecer o Campus do IPBeja e a cidade, bem como promover a integração social e académica destes novos estudantes.

Publicado

em

Beja

IPBeja recebeu mais um grupo de estudantes “Erasmus”

O Instituto Politécnico de Beja promoveu, de 20 a 23 de fevereiro, os habituais Dias de Boas Vindas aos estudantes estrangeiros que escolheram o IPBeja para realizar a sua experiência de mobilidade, ao abrigo de um dos vários programas existentes, tais como Erasmus+, Erasmus ICM, Bartolomeu de Gusmão e AULP.

Oriundos de países como, Arménia, Bélgica, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Chéquia, Espanha, França, Geórgia, Lituânia, Moçambique, Suécia, Turquia e Ucrânia, vamos acolher neste 2º semestre de 2023/2024, um grupo de 45 estudantes.

Os Dias de Boas Vindas têm por objetivo dar a conhecer o Campus do IPBeja e a cidade, bem como promover a integração social e académica destes novos estudantes.

O programa organizado integra várias atividades, tais como a Sessão de Boas Vindas de dia 20, que contou com a presença da Exma. Senhora Presidente do IPBeja, Professora Doutora Maria de Fátima Carvalho, dos vários Responsáveis pela a Mobilidade Internacional dos Cursos e dos estudantes que se voluntariaram para acolher os colegas Erasmus (“IPBeja Erasmus Buddy”). Houve ainda oportunidade de ser apresentado o projeto “Campus Saudável”. Nessa mesma tarde teve lugar uma visita ao Campus do IPBeja.

A 21 de fevereiro, pela manhã, decorreu o Workshop “Um olhar sobre a cultura e sociedade Portuguesa”, promovido pelo CLC – Centro de Línguas e Culturas e à tarde houve lugar para a visita guiada à cidade de Beja, promovida pelo Posto de Turismo da CMB – Câmara Municipal de Beja.

Dia 22, pela manhã teve lugar a iniciativa promovida pelo Curso de Desporto do IPBeja, designada por “Danças Tradicionais, Património e Cultura e à tarde decorreram as reuniões com os vários Responsáveis pela a Mobilidade Internacional dos Cursos, que têm como objetivo estabilizar os planos de estudo e facultar o acesso aos horários. 

Terminamos os Dias de Boas Vindas a 23 de fevereiro, com uma atividade promovida pelo Campus Saudável, onde serão plantadas árvores autóctones no Campus do IPBeja. 

Continuar a ler

BEJA

PSP de Beja identifica 5 jovens espanhóis que pretendiam fazer grafitis

Após terem sido identificados seguiram o seu destino e os autos
policiais foram remetidos ao MP de Beja.

Publicado

em

Beja

5 jovens de nacionalidade espanhola

Foram identificados cinco indivíduos de nacionalidade espanhola, residentes em Madrid, por se prepararem para levar a cabo pinturas em veículos ferroviários nesta cidade de Beja.

Com efeito, confirmou-se que pertencerem a um grupo que se dedica habitualmente à prática de grafitis urbanos e ferroviários, não apenas no seu país de origem mas também nas principais cidades do Território Nacional.

Apreenderam-se trinta e cinco latas de tinta spray que se encontravam na posse dos cinco
jovens, com idade compreendidas entre os 19 e os 26 anos.

Após terem sido identificados seguiram o seu destino e os autos
policiais foram remetidos ao MP de Beja.

Continuar a ler

BEJA

Construtora anuncia Residência Universitária para Beja

O Grupo Casais foi selecionado, em concurso público, para a conceção e construção de duas residências de estudantes, em Beja e em Valença, com soluções próprias industrializadas off-site.

Publicado

em

Grupo Casais vai construir residências universitárias em dois projetos de obra pública

A construtora portuguesa será responsável pela conceção e construção das Residências Universitárias de Beja e de Valença

Ambos os projetos serão concretizados com base em soluções industrializadas como o sistema híbrido CREE Buildings e outras soluções off-site

O Grupo Casais foi selecionado, em concurso público, para a conceção e construção de duas residências de estudantes, em Beja e em Valença, com soluções próprias industrializadas off-site.

O projeto da residência universitária de Beja, junto à Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico, prevê uma área de construção de quase 11 mil metros quadrados, com claustro para pátio interior e zona verde não coberta, onde se insere o piso térreo e cerca de três pisos elevados. Esta obra, que arrancou no início de 2024 e assenta na industrialização total, tem um prazo de execução previsto de 510 dias e um valor de empreitada que ronda os 17 milhões de euros. Em termos de áreas, representará espaço para 503 residentes, distribuídos por 327 alojamentos, entre quatros e estúdios, duplos e individuais.

Já a futura residência universitária de Valença, terá uma estrutura semelhante à de Beja e ficará situada na Avenida Pinto Mota. Com uma área de construção de mil e duzentos metros quadrados, este projeto, também de construção híbrida, tem um prazo de conceção e execução de empreitada previsto de 300 dias. Composta por quartos duplos e individuais, salas de estudo, cozinha, espaços de refeições e espaços de convívio, esta residência possui 24 quartos duplos e 8 quartos individuais e representa um valor de empreitada que ronda os 2 milhões de euros.

“Deixa-nos muito orgulhosos o facto de termos sido selecionados num projeto de obra pública, com esta solução de construção inovadora, que é o sistema híbrido e o método CREE Buildings. É a primeira obra deste sistema e de industrialização que fazemos num projeto público, onde estamos certos de que trará um impacto muito positivo para a comunidade.

Estes projetos estão, por isso, totalmente alinhados com os valores do Grupo Casais, pois temos desenvolvido um trabalho com foco na inovação, com o intuito de contribuir para um setor cada vez mais sustentável, mas também porque acreditamos que o tipo de soluções que desenvolvemos são mais eficientes em termos de robustez, qualidade e de tempo de execução, o que é muito positivo para o desenvolvimento da habitação e que tem um impacto social muito importante, que é aquilo que pretendemos.”, afirma António Carlos Rodrigues, CEO do Grupo Casais.

A industrialização e as soluções off-site têm sido pontos centrais na atuação da construtora, que tem apostado na inovação e em software, como é o caso da tecnologia BIM, aplicada também a estes dois projetos de residências, para a simulação de cenários de durabilidade e comparação de custos.

Um dos objetivos principais é desenvolver um foco incisivo nos principais indicadores de desempenho dos edifícios, assim como o seu custo ao longo do ciclo de vida, apostando na tecnologia como forma de pensar a sustentabilidade no setor e acelerar a transição verde na construção.

O Grupo tem desenvolvido vários projetos que recorrem ao sistema híbrido de construção em Portugal (madeira e betão), como o The First, em Guimarães, inserido no Minho Innovation Technology Hub, mas também além-fronteiras, como é o caso do Hotel B&B Tres Cantos, em Madrid.

Continuar a ler

BEJA

Homem de 23 anos detido por agressões com arma branca

Foi ainda apreendida em sua posse 1 arma de fogo, 170 doses individuais de cannabis, 13 doses de cocaína, uma balança de precisão e 700 euros.

Publicado

em

Beja

Detenção de homem de 23 anos

O Comando Distrital de Beja, levou a cabo uma operação coordenada com o Ministério Público que culminou com a detenção de 1 individuo de 23 anos de idade, suspeito de praticar o crime de ofensas á integridade física qualificada, por agressões com arma branca na cidade de Beja, dando assim cumprimento ao mandado de detenção emitido pela autoridade judiciária.

Foi ainda apreendida em sua posse 1 arma de fogo, 170 doses individuais de cannabis, 13 doses de cocaína, uma balança de precisão e 700 euros.

Depois de presente a 1º interrogatório judicial, ao detido foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, de prisão preventiva, tendo assim o detido sido levado para o Estabelecimento Prisional de Beja.

 

 

Continuar a ler

BEJA

IPBeja recebe Certificação Platina no Programa Healthy Campus

Esta certificação reconhece o empenho da instituição em promover um estilo de vida saudável na sua comunidade académica através de programas operacionais nas áreas do Desporto e Atividade Física, Saúde Mental e Social, Alimentação, Prevenção de Doenças, Comportamento de Risco e Ambiente, Sustentabilidade e Responsabilidade Social.

Publicado

em

IPBeja

Certificação Platina no Programa Healthy Campus

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) obteve a “Certificação Platina” do Healthy Campus da Federação Internacional de Desporto Universitário (FISU).

Esta certificação reconhece o empenho da instituição em promover um estilo de vida saudável na sua comunidade académica através de programas operacionais nas áreas do Desporto e Atividade Física, Saúde Mental e Social, Alimentação, Prevenção de Doenças, Comportamento de Risco e Ambiente, Sustentabilidade e Responsabilidade Social.

O Programa Healthy Campus realiza avaliações nas Instituições de Ensino Superior em ciclos bienais. Após a validação das evidências submetidas, a avaliação dos Campi, é feita com base em cinco níveis e é concedido o respetivo Selo de Qualidade (FISU Healthy Campus Label).

O selo agora obtido certifica o nível mais elevado de excelência do campus tendo em conta as diversas dimensões analisadas.

Continuar a ler

BEJA

Saiba quem vai cantar este ano na Ovibeja

Falta anunciar o nome dos dois últimos concertos.

Publicado

em

Ovibeja

Calema abrem certame

“Te Amo” pode ser o mote para a inauguração dos concertos da 40ª Ovibeja, com os Calema, no dia 30 de abril. “Os Calema, que dão mais de 70 concertos por ano, são um dos projetos musicais mais transversais e consensuais da atualidade. Foram eleitos pelos seus pares o melhor grupo português em 2022 nos prémios play. O seu público cresce a cada sucesso que é lançado”. Os irmãos Fradique e António Mendes Ferreira vão partilhar com os milhares de fãs sucessos que nasceram com “Bomu Kèlê” que significa “Vamos Acreditar”.

É a acreditar no trabalho conjunto que a ACOS, entidade organizadora da Ovibeja, está este ano a comemorar 40 anos de associativismo e 40 anos de conquistas partilhadas, de crescimento e desenvolvimento conjunto em cada ano que este evento se vai realizando.

Com mais um dia de feira do que o habitual, a decorrer entre 30 de abril e 5 de maio de 2024, a 40ª Ovibeja reforçou também a componente cultural.

A seguir aos Calema, o palco é entregue, no dia 1 de maio, a Buba Espinho, o bejense que se inspira e evoca dois patrimónios imateriais da Humanidade: o cante alentejano e o fado. “Voltar” é o mais recente álbum de Buba inspirado nas suas raízes alentejanas.

Para a noite de 2 de maio está agendada a banda icónica dos Lucki Duckies, com sucessos e géneros musicais transversais a várias gerações. São uma banda portuguesa que revisita alguns dos mais conhecidos clássicos musicais com inspiração Swing-Jazz, Bolero, Country Music, Rock’n’Roll.

Os fãs de boa música que fiquem atentos a esta edição da Ovibeja porque os dois últimos concertos, a anunciar em breve, vão ser ainda mais arrebatadores. Um deles vai ser preenchido com uma renomeada banda internacional.

Continuar a ler

BEJA

IPBeja com nova instalação de sinalética

A produção e instalação da 1.ª fase do projeto para a instalação destes equipamentos de mobiliário urbano foi financiada pelo projeto Inooria.

Publicado

em

Beja

“nova instalação de sinalética”

O IPBeja procedeu, recentemente, à instalação de sinalética que permite direcionar todos aqueles que visitam o campus.

Além disso, a colocação da sinalética em pontos estratégicos no campus e fora dele – perto de duas das residências de estudantes da instituição – permite mostrar a presença do IPBeja na cidade.

Os totens, além de indicarem a sinalética direcional dos edifícios, têm, também, um número correspondente à localização das entradas no campus, de forma a facilitar o acesso às mesmas.

A produção e instalação da 1.ª fase do projeto para a instalação destes equipamentos de mobiliário urbano foi financiada pelo projeto Inooria, no âmbito das atividades de integração aos estudantes.

Continuar a ler

BEJA

Ovibeja faz 40 anos sob o lema “40 anos de associativismo”

40º aniversário da Ovibeja

Publicado

em

Foto TDS: Rui Garrido | Pres. da Ovibeja

Beja

A ACOS – Associação de Agricultores do Sul está a preparar um programa especial de comemoração do 40º aniversário da Ovibeja que, em 2024, se vai realizar de 30 de abril a 5 de maio.

sob o lema “40 anos de associativismo” é a temática da Ovibeja que une, num esforço conjunto, um longo percurso de sonhos e de realizações, enquanto evento plural, inédito, de partilha e transmissão de mais-valias. Desde a primeira edição, em 1984, que contou com a participação de uma dezena de produtores de ovinos numa iniciativa dentro da Feira de Maio ou Feira da Primavera, até aos dias de hoje que junta mais de 100 mil visitantes, mais de mil expositores e centenas de iniciativas.

É a expressão dessa associação da diversidade que o cartaz da edição deste ano da Ovibeja pretende transmitir. E é com a riqueza do trabalho conjunto que a ACOS está a construir o programa de 2024. Espaços renovados e mais atrativos, uma grande exposição ilustrativa do percurso realizado, iniciativas inovadoras, concertos ainda mais emblemáticos, mais parcerias de envolvimento conjunto, são apenas alguns exemplos do que está a ser trabalhado.

A decorrer no Parque de Feiras e Exposições Manuel de Castro e Brito, em Beja, a 40ª edição da Ovibeja pretende juntar todos os que nela têm participado e que com ela têm vindo a crescer.

Continuar a ler

BEJA

ASAE distribui vestuário no Alentejo

Desde o início de 2023, a ASAE já efetuou 49 ações de doação

Publicado

em

Beja

ASAE doa 400 artigos de vestuário e acessórios

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) no âmbito da sua política de responsabilidade social procederá amanhã, dia 28 de novembro, à doação de cerca de 400 artigos de vestuário e acessórios, no valor de 5.500,00€, resultantes de apreensões no âmbito da sua atividade de fiscalização, às seguintes Instituições de Solidariedade Social:

  • Casa do Povo de Alferce;
  • Centro de Dia do Marmelete;
  • União Distrital de IPSS’s de Beja.

A cerimónia de doação ocorrerá pelas 11:30 horas nas instalações da Assembleia Municipal de Beja (Edifício do Antigo Governo Civil de Beja), sitas na Praça da República n.º4, 7800-427 em Beja, e estarão presentes, o Inspetor Geral da ASAE, Luís Lourenço bem como os/as representantes das três Instituições beneficiárias.

De referir que, desde o início de 2023, a ASAE já efetuou 49 ações de doação (14 de produtos alimentares e 35 de artigos não alimentares), com um total de 3,7 toneladas de produtos alimentares doados e mais de 5.000 artigos não alimentares (vestuário, calçado, etc), tendo realizado atividades de doação por todos os 18 distritos de Portugal continental. 

Por último, referir apenas que ao nível da sustentabilidade e responsabilidade social, a ASAE pretende prosseguir com o seu contributo para a economia circular, na perspetiva de combate ao desperdício, por via designadamente, das atividades de doação de material apreendido a Instituições e Entidades de natureza social, entre outras ações.

Continuar a ler

BEJA

Homem de 47 anos a ser procurado nas margens do Guadiana

Homem foi visto em Baleizão

Publicado

em

Beja

Motorizada em que seguia já foi localizada

Militares do Comando Territorial de Beja (CTBeja) da GNR, estão desde ontem a fazer busca na margem direita do rio Guadiana, para encontrarem um homem de 47 anos que está desaparecido desde sexta-feira, na aldeia de Baleizão, concelho de Beja.

Segundo apurou o Lidador Notícias (LN), António Taniça como é conhecido, foi visto ao final da tarde de sexta-feira num café da localidade e nunca mais foi visto.

No sábado, familiares participaram no posto da GNR o desaparecimento do homem, “tendo sido iniciadas as buscas que até agora não deram em qualquer resultado. A prioridade é encontrar o cidadão desaparecido”, disse ao JN fonte do CTBeja.

Os militares encontraram a mota onde o indivíduo, um trabalhador agrícola, se fazia transportar, junto a uma charca, na freguesia de Baleizão. No local foram ainda descobertos vestígios de sangue desconhecendo-se se são do desaparecido.

Para o local, próximo da ponte do rio Guadiana, a escassa distância da antiga travessia rodoferroviária e do apeadeiro, foram mobilizados binómios do Grupo Intervenção Cinotécnico (GIC) da Unidade de Intervenção e uma equipa dos Bombeiros Voluntários de Beja especializados em buscas terra/água, devendo também ser mobilizada uma equipa de mergulhadores afetada a outra corporação de bombeiros.

De momento na existem certezas sobre o que terá acontecido estando a investigação da GNR a trabalhar com todos os cenários, incluindo o de crime de homicídio.

Teixeira Correia/ Lidador Notícias

Continuar a ler

Acidentes

5 feridos em colisão entre 3 veículos

Feridos transferidos para o hospital de Beja

Publicado

em

IP2 Beja

cinco feridos ligeiros

Um acidente entre três carros fez 5 feridos ligeiros.

Todos os feridos foram transportados para o Hospital de Beja.

O choque aconteceu no IP2, em Beja, a meio da tarde deste sábado.

O trânsito esteve cortado mas a circulação já foi retomada após a saída das vítimas.

No local estiveram 22 operacionais apoiados por 11 veículos.

Continuar a ler

BEJA

Jogo ilegal no Alentejo: ASAE deteve cinco pessoas e apreendeu 156 máquinas

Publicado

em

Jogo ilegal no Alentejo

Jogo ilegal no Alentejo: ASAE deteve cinco pessoas e apreendeu 156 máquinas

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) efetuou uma operação de combate ao jogo ilegal realizada no Alentejo, nomeadamente em Évora, Beja e Ferreira do Alentejo. Das diligências efetuadas pelas autoridades, foram detidas cinco pessoas e ainda apreendidas 156 máquinas.

A ASAE emitiu um comunicado, durante o dia de hoje, onde explica que a operação de fiscalização esteve direcionada a armazenistas e distribuidores de jogos de fortuna ou azar. As buscas foram feitas ao longo das últimas semanas pela Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Évora.

No comunicado, as autoridades referem que as cinco pessoas foram detidas em flagrante delito, uma vez que estavam a “programar de forma digital o material de jogo” no momento das buscas. Após as detenções foram instaurados cincos processos-crime por exploração de jogos fora dos locais legalmente autorizados. A mesma fonte refere ainda que foi desmantelado um local clandestino onde se encontrava armazenado o material de jogo ilícito.

Destas diligências, foram apreendidas “156 máquinas de jogo, uma viatura utilizada para a distribuição do material do jogo ilegal, diversos componentes e ferramentas e documentação indiciária da prática dos ilícitos de índole criminal”, referem.

O valor estimado do material apreendido chega a 160 mil euros.

Continuar a ler

BEJA

IPBeja apresenta exposição de ilustração de Hélder Oliveira

Na exposição, que foi inaugurada a 7 de novembro, além destas imagens criadas para o IPBeja, podem, também, ser apreciados outros trabalhos do ilustrador que colabora com o Expresso e a SIC, entre outros.

Publicado

em

Beja

IPBeja apresenta exposição de ilustração de Hélder Oliveira

A Galeria AoLado do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) tem patente até ao dia 3 de janeiro de 2024, a exposição de ilustração de Hélder Oliveira, ex-aluno do Curso de Professores do Ensino Básico/variante de Educação Visual e Tecnológica na Escola Superior de Educação de Beja.

Hélder Oliveira nasceu em Odemira em 1969. Frequentou o Curso de Professores do ensino Básico / variante de Educação Visual e Tecnológica na Escola Superior de Educação de Beja, que concluiu em 1996.

Desde cedo desenvolveu projetos como artista plástico em diversas áreas de expressão criativa. A partir de 2008 iniciou com regularidade a sua colaboração com publicações editoriais nacionais e internacionais, na área da ilustração. Foi formador de técnicas de ilustração na Escola Técnica de Comunicação (ETIC) de 2009 a 2013.

Simultaneamente colabora com agências de audiovisual na vertente publicitária e marketing. Premiado por diversas vezes pelas características do seu trabalho (Communication Arts, Prémios Stuart, Creative quarterly, etc.) gosta de aliar os meios
analógicos com os recursos digitais como meio de expressão.

O convite para a exposição surge na sequência do projeto “Skills 4 Pós-Covid – Receção aos novos estudantes” – que Hélder Oliveira abraçou desde o primeiro momento – na qual o artista caracteriza, através de ilustrações, seis personas que representam alunos do IPBeja com diferentes características.

Continuar a ler

BEJA

Dois alunos de Solicitadoria do IPBeja com as melhores médias do país no exame final do estágio

Num universo de 491 alunos de todo o país, se submeteram à prova escrita do exame final de estágio para solicitadores 2023, obtiveram as melhores classificações, respetivamente, 17,76 e 17,15 valores.

Publicado

em

Beja

Dois alunos do curso de Solicitadoria do IPBeja obtêm as melhores médias do
país no exame final do estágio

Dois alunos do curso de Solicitadoria do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) obtiveram as duas melhores médias a nível nacional na 1ª fase dos exames finais do Estágio para Solicitadores 2023 de acesso à Ordem dos Solicitadores e Agentes de Execução.

O IPBeja congratula os alunos Luís Martins e Márcia Fino que, num universo de 491 alunos de todo o país, se submeteram à prova escrita do exame final de estágio para solicitadores 2023, obtiveram as melhores classificações, respetivamente, 17,76 e 17,15 valores.

De sublinhar, ainda, que nas classificações divulgadas pelo Instituto de Formação Botto Machado e pela Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução, nas dez melhores médias destacam-se três alunos do IPBeja.

Hugo Lança, coordenador do curso de Solicitadoria do Instituto Politécnico de Beja, considera que os resultados são “a demonstração de qualidade da formação oferecida pelo IPBeja”.

Continuar a ler

BEJA

PSP de Beja: cão de raça roubado em agosto foi recuperado.

Ilícitos criminais e contraordenacionais, no período entre 27 de outubro e 14 de novembro

Publicado

em

Beja

Cão recuperado pela PSP de Beja

Um cão de raça “Braco Alemão” foi recuperado pela PSP de Beja com auxilio da veterinária municipal. O animal tinha sido roubado a 8 de agosto deste ano.

O Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública de Beja, no âmbito das suas competências de prevenção e combate permanente à prática de ilícitos criminais e contraordenacionais, no período entre 27 de outubro e 14 de novembro de 2023, na
sua área de jurisdição, destaca o seguinte:

 Detenção de 1 pessoa, com 48 anos de idade, suspeita da prática do crime de violação de domicílio e furto. Ao suspeito foi aplicada a medida de coação mais gravosa de prisão preventiva;

 No âmbito de uma investigação, foram identificados 2 pessoas, com 16 e 23 anos de idade, suspeitos da prática do crime de furto em estabelecimento comercial, tendo sido recuperado parte dos objetos furtados;

 No âmbito de uma investigação, foi dado cumprimento a um mandado de busca e apreensão por suspeitas dos crimes de burla e tráfico de estupefacientes, da qual resultou a identificação de 2 pessoas, com 24 e 28 anos, a apreensão de diverso material probatório, bem como 322 (trezentos e vinte e duas) doses individuais de haxixe;

 No âmbito de uma operação Policial em colaboração com médica veterinária do Município de Beja, foi recuperado um canídeo de raça “Braco Alemão” que tinha sido dado como furtado pelo seu proprietário em 8 de agosto do corrente ano;

 Foi dado cumprimento a 2 (dois) mandados de detenção para primeiro interrogatório judicial pela prática do crime de Violência Doméstica em que foi decretada a medida de coação de proibição de contato com as vítimas e constituição de arguido com termo de identidade e residência;

Trânsito:

 No período compreendido entre 27 de outubro e 14 de novembro ocorreram 13 (treze) acidentes na cidade de Beja.

 Esta PSP efetuou 79 operações de Fiscalização/Visibilidade em que foram fiscalizadas 230 viaturas tendo sido submetidos ao teste de álcool 214 condutores.

Ações de Sensibilização:

 Através do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade foram realizadas ações de sensibilização em vários estabelecimentos de ensino da cidade de Beja sobre o tema Bullying é Para Fracos. O público-alvo das ações foram turmas de alunos do 2º e 3ºs anos do ensino básico e do ensino secundário selecionadas pelas direções das próprias escolas. Foram ministradas um total de 14 ações de sensibilização em que participaram 332 alunos e 17 professores;

 O Comando Distrital da PSP de Beja, através das equipas do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade e em colaboração a ULSBA – Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo está a levar a cabo ações de sensibilização no âmbito do programa Saúde em Segurança. Estas ações fazem parte do plano de sensibilização delineado pela PSP e pela ULSBA para ser aplicado a todos os colaboradores de saúde no exercício da sua atividade profissional.

Estas ações têm como objetivo transmitir e/ou recordar aos profissionais de saúde os procedimentos de segurança quando em interação com pessoas violentas ou potencialmente violentas, tendo-se revelado bastante positivas por força não só dos conselhos de segurança que a PSP passa, mas também da partilha de experiências pessoais/profissionais de todos os participantes.

Continuar a ler

BEJA

Bolsa de Novos Talentos da Gulbenkian atribuída a alunos naturais de Évora e Beja

Publicado

em

Imagem retirada do site da Fundação Calouste Gulbenkian

Bolsa de Novos Talentos da Gulbenkian

Bolsa de Novos Talentos da Gulbenkian atribuída a alunos de Évora e Beja

Dois alunos de Évora e um de Beja foram contemplados com a atribuição da bolsa de Novos Talentos da Gulbenkian. Um programa concebido pela Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, que tem como premissa apoiar o talento de estudantes excepcionais e ainda estimular a iniciação à investigação nas áreas sociais de ciência básica, como biologia, física, matemática e química, e em qualquer área das humanidades e ciências sociais.

Segundo o comunicado que a organização enviou à TDS, os cem alunos premiados, dos quais três são da região do Alentejo, e que frequentam cursos de licenciatura e de mestrado nas universidades portuguesas, vão ter direito a uma bolsa que ronda os 2.500 euros, incluindo ainda um apoio para o pagamentos das propinas. No entanto, esse valor pode chegar mesmo aos 3.500€ , quando os candidatos apresentem um valor anual de rendimento, do seu agregado familiar, inferior a 12 mil euros.

Informações que constam no comunicado e que ainda acrescenta que estes talentosos jovens irão ainda frequentar cursos de formação avançada, participar em conferências, entre outros eventos que proporcionem o enriquecimento destes 100 premiados.

Continuar a ler

BEJA

ANA quer aumentar taxas aeroportuárias no aeroporto de Beja

Publicado

em

Aeroporto de Beja

ANA quer aumentar taxas aeroportuárias no aeroporto de Beja

A empresa responsável pela gestão de aeroportos em Portugal, a Ana Aeroportos, pretende aumentar as tarifas cobradas no aeroporto de Beja, a partir de 2024.

Uma alteração que surge depois da ANA ter feito uma revisão da proposta tarifária para 2024, nos aeroportos nacionais. O objetivo é agora propor um aumento de 14,55%, a nível global, juntando acertos de taxas não cobradas em anos anteriores.

Se, efetivamente, esta medida for para a frente, as tarifas, no aeroporto de Beja, sofrerão um aumento 8,77%, ou seja, mais 17 euros e 71 cêntimos.

 

Continuar a ler

BEJA

IPBeja comemora 44 anos de existência

Com início marcado para as 14:15 horas, a Cerimónia de Comemoração do Dia do IPBeja vai realizar-se no auditório I do IPBeja, localizado no Edifício da Presidência – Serviços Comuns I.

Publicado

em

Beja

IPBeja comemora 44o aniversário a 7 de novembro

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) irá comemorar, no próximo dia 7 de novembro, o seu 44o
aniversário, assinalando a Abertura Solene do Ano Letivo 2023/24. Em 2023, o Dia do IPBeja, contará com a Oração de Sapiência pelo Doutor Vasco Matos Trigo e a inauguração da exposição do ilustrador e ex- aluno do IPBeja, Hélder Oliveira.

Com início marcado para as 14:15 horas, a Cerimónia de Comemoração do Dia do IPBeja vai realizar-se no auditório I do IPBeja, localizado no Edifício da Presidência – Serviços Comuns I.

A abertura solene conta com as intervenções da Sra. Presidente da Associação Académica, Lígia Maldonado, do Sr. Vice-Presidente da Câmara Municipal, Rui Marreiros em Substituição do Sr. Presidente, da Sra. Presidente do Conselho Geral do IPBeja, Sra. Professora Doutora Ana Escoval e da Sra. Presidente do Instituto Politécnico de Beja, Professora Doutora Fátima Carvalho.

Segue-se, pelas 15:20 horas, a oração de sapiência subordinada ao tema “Comunicação de Ciência”, proferida pelo Doutor Vasco Matos Trigo, jornalista profissional (rádio, televisão, imprensa) desde 1984 e, desde 2001, também professor de jornalismo nos institutos do Ensino Superior.

A cerimónia conta, ainda, com a entrega de bolsas e prémios escolares a alunos, bem como, a Homenagem a funcionários pelos 25 anos de serviço no IPBeja e, ainda, a Homenagem pela aposentação em 2023.

A anteceder o encerramento da sessão solene, haverá um momento musical pelo Poli’Cante – Grupo Coral de Cante Alentejano do IPBeja.

Às 17:00 horas, será inaugurada na Galeria AoLado do IPBeja, a exposição de ilustração de Hélder Oliveira, ex-aluno do Curso de Professores do Ensino Básico / variante de Educação Visual e Tecnológica na Escola Superior de Educação de Beja, que concluiu em 1996.

O convite para a exposição surge na sequência do projeto “Skills 4 Pós-Covid – Receção aos novos estudantes”, que o Hélder Oliveira abraçou desde o primeiro instante, na qual o artista caracteriza, através de ilustrações, seis personas que representam alunos do IPBeja com diferentes características.

Na exposição, além destas imagens criadas para o IPBeja, podem, também, ser apreciados outros trabalhos do ilustrador que colabora com o Expresso e a SIC, entre outros.

Continuar a ler

Últimas

x
error: O conteúdo está protegido!!