Últimas:
Associado da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos foi fortemente agredido por um grupo que furtava azeitonas – RÁDIO TDS
Siga-nos

Crime

Associado da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos foi fortemente agredido por um grupo que furtava azeitonas

Publicado

em

Imagem retirada do Site Observador

Moura,

Associado da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos foi fortemente agredido por um grupo que furtava azeitonas

Não é novidade e tem vindo a crescer desde o início do mês de Outubro. Desde que a subida do preço do azeite subiu em flecha o caso de roubo de azeitonas, no Alentejo, começou a disparar. No passado Domingo, um sócio da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos (CAMB)  foi agredido e teve que receber tratamento hospitalar.

Em comunicado, a cooperativa “repudia a agressão bárbara, que obrigou a tratamento hospitalar, por indivíduos, tudo indica, de etnia cigana, que foram por este associado surpreendidos enquanto furtavam azeitona da sua propriedade privada”, referem.

De recordar que a Guarda Nacional Republicana está neste momento, e até ao final do ano, a desenvolver a – Operação Campo Seguro 2023 – cujo objetivo é intensificar o patrulhamento e fiscalização nas explorações agrícolas e florestais em todo o território nacional.  A TDS tem noticiado até então alguns casos em que a GNR, aqui no Alentejo, tem desmantelado redes organizadas de roubo de azeitona, no entanto, os agricultores continuam a sentir insegurança.  “Não basta as forças de segurança iniciarem campanhas dedicadas ao controlo e fiscalização se não existem meios humanos e materiais para a boa execução do patrulhamento”, refuta a CAMB

 

Continuar a ler
Publicidade
x
error: O conteúdo está protegido!!