Exposição dos 50 anos do Expresso vandalizada em Évora(veja vídeo)

Estimated read time 2 min read

Exposição vandalizada, em Évora.

Exposição dos 50 anos do ‘Expresso’

A Câmara Municipal de Évora já veio ‘manifestar o seu veemente repúdio pelos atos de vandalismo perpetrados, esta madrugada, contra a exposição “50 Capas, 50 Anos”, do Jornal Expresso, patente no Jardim Público desta cidade.

A exposição, que celebra cinco décadas de história deste órgão de comunicação social, foi alvo de um ataque inqualificável, que resultou em danos no acervo exposto, prejudicando não só o património do Jornal Expresso, mas também, à semelhança de outros atos recentemente perpetrados, a imagem e a identidade cultural e social de Évora.

A Câmara Municipal de Évora, ao tomar conhecimento da situação, alertou de imediato as autoridades competentes, que tomaram conta da ocorrência, aguardando-se agora o normal desenrolar dos procedimentos forenses.

A autarquia sublinha ainda a ‘pacatez’ da cidade mas adianta que ‘não podemos deixar de notar que, com preocupante regularidade, se têm vindo a verificar atos de cariz político, de intolerância, de ódio, de vandalismo, mas, também, de tentativas de boicote ao trabalho e à imagem da Câmara Municipal e de parcerias em que o Município participa.

Apelamos a todos os cidadãos para que, juntos, condenemos estes atos inqualificáveis e antidemocráticos e trabalhemos para a salvaguarda do nosso património, para a defesa da democracia e a salvaguarda da sã convivência na nossa comunidade.