Siga-nos

Crime

Prisão preventiva por violência doméstica

O suspeito foi presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial do Barreiro, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Avatar

Publicado

em

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial do Montijo (NIC), deteve um homem de 27 anos, pela prática do crime de violência doméstica agravada, na localidade de Setúbal.

No dia 25 de dezembro de 2018, a GNR foi alertada para uma ocorrência de violência doméstica, na localidade da Moita, em que o agressor estaria na posse de uma arma de fogo e que o mesmo teria efetuado um disparo com a mesma.

Os militares do Posto Territorial da Moita deslocaram-se de imediato para o local, onde apuraram que um homem efetuou um disparo no hall de entrada do edifício, ao ser impedido pela sua ex-companheira de entrar na sua residência, tendo abandonado de seguida o local.

A GNR, na altura dos factos, recolheu o projétil e o invólucro resultante do disparo, tendo ainda efetuado diligências nas imediações da habitação, com o empenhamento de militares do NIC e de um Binómio de Deteção de Armas e Explosivos, do Grupo de Intervenção Cinotécnico, da Unidade de Intervenção, que permitiu detetar, num canavial, a arma utilizada no crime.

Desde essa data que a GNR, através da sua estrutura de investigação criminal (NIC do Montijo e do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Comando Territorial de Setúbal), realizou diversas diligências para localizar o suspeito, o que veio a acontecer no dia 4 de abril, em que militares do NIC do Montijo detetaram o agressor num estabelecimento em Setúbal, procedendo à sua detenção, dando cumprimento a um mandado.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

100 quilos de Lapas apreendidas em Sines

As lapas, por se encontrarem em boas condições de sobrevivência, foram devolvidas ao habitat natural.

TDS noticias

Publicado

em

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Sines, apreendeu 100 quilos de lapas, com o valor estimado de 500 euros, no concelho de Sines.

Na sequência de uma ação de fiscalização dirigida ao transporte de pescado realizada no parque de estacionamento da Praia de Morgavel, os militares detetaram um indivíduo a apanhar marisco e abordaram-no no local onde se encontrava, sendo que já tinha 100 quilos de lapas na sua posse.

A pesca de lapas está sujeita a uma proibição temporária, correspondendo a uma infração cuja coima pode chegar aos 2 250 euros. O mariscador, de 57 anos, foi identificado, e foi elaborado um auto de contraordenação.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul - Web Development by IDEIAS FRESCAS https://ideiasfrescas.com