Últimas:
Autarcas homenageados em Viana do Alentejo  – RÁDIO TDS
Siga-nos

Autarquias

Autarcas homenageados em Viana do Alentejo 

Cinquenta e nove autarcas do concelho de Viana do Alentejo foram distinguidos, no passado dia 13 de janeiro, com a medalha de honra do Município

Publicado

em

Viana do Alentejo

Autarcas homenageados em Viana do Alentejo 

Cinquenta e nove autarcas do concelho de Viana do Alentejo foram distinguidos, no passado dia 13 de janeiro, com a medalha de honra do Município, numa cerimónia que teve lugar no Cineteatro Vianense, no âmbito das comemorações do 126º aniversário sobre a Restauração do Concelho.

A efeméride homenageou os autarcas que exerceram o cargo de presidente nos diversos órgãos autárquicos – Câmara, Juntas de Freguesia, Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia – após a instauração do poder local democrático e até setembro de 2021, alguns a título póstumo.

Na cerimónia, o presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo, Luis Miguel Duarte, fez “um agradecimento a todos os antigos eleitos dos diversos órgãos autárquicos desde 1976 até setembro de 2021”, mas também àqueles que “fizeram parte das comissões administrativas aquando da transição para o poder local democrático”. O autarca destacou ainda a coragem e disponibilidade que estes homens e mulheres tiveram para gerir o concelho. Uma tarefa que, hoje, considera ser “ingrata”, havendo cada vez menos pessoas disponíveis para desempenhar o cargo. Independentemente das divergências, Luis Miguel Duarte, considerou que “hoje o concelho de Viana do Alentejo é melhor e mais desenvolvido que há 50 anos atrás”. 

Para além do presidente da Câmara, Luis Miguel Duarte, a cerimónia contou com a presença do presidente da Assembleia Municipal, Estevão Pereira, e dos presidentes das Juntas de Freguesia de Aguiar, Rosinda Gaio, de Alcáçovas, Frederico Carvalho, e de Viana do Alentejo, Tânia Milhano. 

Em termos desportivos as comemorações incluíram ainda o 9º Raid de BTT promovido pelo Galopar & Pedalar – Clube de BTT de Aguiar e as provas regionais de judo, no pavilhão de Alcáçovas, promovidas em parceria pelo Judo Clube de Alvito e a Associação de Judo do Distrito de Beja.

Destaque para a Corrida Viana-a-par-de-Alvito que, nesta 5ª edição, ligou os castelos de Alvito e de Viana do Alentejo e foi organizada pelos Municípios de Alvito e de Viana do Alentejo, pelas Juntas de Freguesia de Alvito, Viana do Alentejo e Vila Nova da Baronia com o apoio das Associações de Atletismo de Beja e de Évora, Bombeiros Voluntários, GNR de Alvito e de Viana do Alentejo. 

De salientar também a inauguração, na Igreja da Misericórdia (Castelo), em Viana do Alentejo, da “Mostra de Artesanato do Concelho”, que vai estar patente ao público até dia 3 de março. Destaque ainda para as arruadas com a Banda Filarmónica da Sociedade União Alcaçovense, nas três freguesias do concelho e o concerto “Vozes da Terra” pela Filarmónica União Montoitense.

Continuar a ler
Publicidade

Autarquias

Prémio “Selo de mérito” foi atribuído a cinco municípios alentejanos

Publicado

em

Imagem retirada do site Saudebemestar.pt

Alentejo

Prémio “Selo de mérito” foi atribuído a cinco municípios alentejanos

Uma mão cheia de distinções atingiu a região do Alentejo.  A iniciativa Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais, do Movimento Cuidar dos Cuidadores, selecciona 59 entre 66 projetos de municípios analisados.  A missão desta atividade é reconhecer aqueles que têm as melhores práticas e medidas de apoio em benefício dos cuidadores informais.

Aos contemplados é-lhes entregue um Selo de Mérito, que foi o caso de cinco autarquias alentejanas: Cuba, Évora, Moura, Odemira, Santiago do Cacém.

De relembrar que os 59 escolhidos foram: Albufeira, Almada, Almagreira, Amadora, Amarante, Arruda dos Vinhos, Cabeceiras de Basto, Cantanhede, Caniço, Carriço, Castelo Branco, Celorico da Beira, Cinfães, Coruche, Cuba, Espinho, Évora, Felgueiras, Gondomar, Guimarães, Ílhavo, Loures, Louriçal, Lousada, Machico, Mafra, Maia, Marco de Canaveses, Matosinhos, Mealhada, Miranda do Corvo, Mirandela, Montalegre, Moura, Nelas, Odemira, Oeiras, Ourém, Ovar, Paredes, Penafiel, Pombal, Portimão, Porto, Póvoa de Lanhoso, Queluz e Belas, Santa Maria da Feira, Santa Marta de Penaguião, Santiago do Cacém, São Pedro Fins, Sesimbra, Tavira, Trofa, Viana do Castelo, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia, Vila Pouca de Aguiar, Vila Verde, Vouzela.

 

 

 

 

.

Continuar a ler

ALCÁCER DO SAL

Biblioteca de Alcácer do Sal com nova animação

Atividades são promovidas pela autarquia.

Publicado

em

Foto: CM Alcácer do Sal

Biblioteca Municipal volta a trazer animação aos mais pequenos no concelho de Alcácer do Sal

As atividades promovidas pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal, “Perlimpimpim…histórias sem fim” (Alcácer do Sal), “A contar e a sonhar…” (Biblioteca da Comporta) e “Um, dois, três, conta lá outra vez” (Biblioteca Maria Rosa Colaço), voltaram às bibliotecas municipais do concelho no dia 13 de janeiro de 2024 (sábado).

Estas atividades são gratuitas e têm como objetivo motivar para a utilização das bibliotecas do concelho, para o livro e para a leitura, assim como, mostrar que a biblioteca é a “casa” dos livros, onde podemos brincar, ler, ouvir e contar histórias.

As atividades promovem também a imaginação, criatividade e a socialização.

Continuar a ler

Autarquias

Estratégia de Mobilidade Urbana Sustentável para Montemor-o-Novo

Denominada MobiMor, esta estratégia é estruturada em 4 Eixos fundamentais.

Publicado

em

Montemor-o-Novo

Estratégia de Mobilidade Urbana Sustentável: MobiMor quer conquistar MONTEMOR

Está em elaboração uma estratégia concertada de Mobilidade Urbana Sustentável para Montemor-o-Novo.

Denominada MobiMor, esta estratégia é estruturada em 4 Eixos fundamentais. O primeiro eixo é a Circulação pedonal, que inclui a continuação da implementação e gestão do Plano de Acessibilidade e Mobilidade para a Cidade de Montemor-o-Novo (percursos livres de obstáculos) e espaços lineares de circulação pedonal corrente (passeios). Um segundo eixo é a Circulação viária, que abrange a revisão do Plano de Sinalização e Trânsito e a gestão mais eficaz e coerente dos espaços para estacionamento automóvel. O terceiro eixo é referente aos Transportes públicos urbanos, e tem como objetivo criar soluções alternativas concretas, capazes de promover uma ampla redução da utilização do automóvel privado, sobretudo nas deslocações regulares quotidianas “casa-trabalho-casa” ou “casa-escola-casa”, contribuído assim eficazmente para atenuar a procura por estacionamento, sobretudo em locais específicos caracterizados por maior pressão. Finalmente, o quarto eixo incide na Descarbonização do setor dos transportes.

O Município acredita que os resultados das ações combinadas dos dois últimos Eixos, possam contribuir significativamente para uma eficaz redução das emissões de gases com efeito de estufa e, por consequência, para as metas estabelecidas nas estratégias nacionais de descarbonização.

A estratégia MobiMor reunirá, entre outras Medidas, algumas ações concretas já implementadas e/ou em implementação, tais como:

– Percursos livres de obstáculos;

MorBus – Projeto piloto de transporte público urbano, baseado num minibus – procedimento de contratação a decorrer pela CIMAC;

MorTaxis – Projeto experimental de transporte público flexível (transporte “a pedido”), baseado no parque local de táxis que aderirem ao projeto – procedimento de contratação a decorrer pela CIMAC;

MorBike – Sistema de Partilha de Bicicletas Elétricas Públicas, comparticipado financeiramente no âmbito do Programa Estratégico de Desenvolvimento Urbano de Montemor-o-Novo (PEDU / Alentejo 2020), agregado à Operação ALT20-04-2316-FEDER-000063 “Implementação de Percursos livres de obstáculos no âmbito do Plano de Acessibilidade e Mobilidade”, no valor de 219.910,47 € (Duzentos e Dezanove Mil Novecentos e Dez Euros e Quarenta e Sete Cêntimos), num investimento total de 258.718,20 € (Duzentos e Cinquenta e Oito Mil Setecentos e Dezoito Euros e Vinte Cêntimos).

Continuar a ler

ALCÁCER DO SAL

Sala de Snoezelen em Alcácer do Sal com meio milhar de utilizações em 2023 

Teve um total de 463 utilizações durante o ano de 2023, repartidos pelos quatro trimestres.

Publicado

em

Sala de Snoezelen

meio milhar de utilizações em 2023 

De acordo com dados recolhidos pelo Setor de Saúde e Ação Social da Divisão de Desenvolvimento Social, Associativismo e Desporto (DDSAD) da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, verifica-se que a Sala de Snoezelen teve um total de 463 utilizações durante o ano de 2023, repartidos pelos quatro trimestres: 

1.º trimestre: 123 utilizações; 

2.º trimestre: 104 utilizações; 

3.º trimestre: 102 utilizações; 

4.º trimestre: 134 utilizações. 

A juntar aos inscritos/as que transitaram do ano anterior, houve a registar 170 novas adesões, sejam elas ocasionais ou trimestrais. 

Refira-se que, no decorrer do ano, utilizam este espaço utentes afetos a diversas entidades do concelho: 

Câmara Municipal de Alcácer do Sal – assegurando os encaminhamentos vindos do Centro de Saúde de Alcácer, do Centro Social Paroquial do Torrão, do Agrupamento de Escolas de Alcácer e da AURPICAS, juntamente com outras dinâmicas propostas no âmbito das Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF) 

CMAS – Gabinete de Psicologia 

Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal 

Santa Casa da Misericórdia de Alcácer do Sal 

Universidade Sénior de Alcácer do Sal 

Centro Social de Santa Susana 

Equipa Local de Intervenção Precoce (ELI) de Alcácer do Sal – Associação para o Desenvolvimento do Torrão (ADT) 

Projeto Passo a Passo (ADT) 

Centro Social Paroquial do Torrão 

A Sala de Snoezelen encontra-se a funcionar em pleno, com horário ininterrupto das 9h às 17h, nos dias úteis, contando com a continuidade do apoio do Município, nomeadamente através da intervenção de uma técnica de Psicomotricidade. Instalada na Escola Básica Pedro Nunes, esta sala surgiu da necessidade do Município de Alcácer do Sal de providenciar aos munícipes uma resposta terapêutica especializada e variada em áreas de atuação onde estas são inexistentes e fortalecer a resposta terapêutica disponível no concelho no que se refere a dificuldades ao nível motor, cognitivo, da fala e comunicação, emocional, social e relacional. São admitidos para a utilização da Sala de Snoezelen todos os utentes das entidades parceiras, sendo estas públicas, instituições particulares de solidariedade social ou comunitárias, mediante inscrição prévia e respeitando sempre as Normas da mesma. Considerando-se que na Sala de Snoezelen têm lugar sessões terapêuticas de estimulação multissensorial que complementam a intervenção clínica e a reabilitação convencional, o espaço dispõe de um ambiente multissensorial onde os estímulos sensoriais podem ser usados individualmente ou combinados (sendo eles música, aromas, efeitos luminosos, vibrações suaves e sensações táteis, visuais, gustativos, olfativos e propriocetivos), de forma a promover o bem-estar e uma maior qualidade de vida.

Continuar a ler

ALCÁCER DO SAL

Pausa lectiva leva a iniciativas em Alcácer do Sal

Estas atividades realizaram-se no Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer, na Escola Básica Pedro Nunes (que acolheu também os alunos e alunas da Escola Básica do Olival Queimado), no Centro Escolar da Comporta e no Centro Escolar do Torrão.

Publicado

em

Alcácer do Sal

Atividades de animação e componente de apoio à família na interrupção letiva do Natal

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal e os Agrupamentos de Escolas de Alcácer do Sal e de Torrão promoveram, de 21 a 29 de dezembro de 2023, diversas iniciativas que pretenderam ocupar de forma educativa e salutar a pausa letiva natalícia das crianças, no âmbito do programa de Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF) e Componente de Apoio à Família (CAF).

Entre as várias iniciativas ocupacionais contaram-se, por exemplo, atividades de psicomotricidade, yoga, dança e capoeira, atividades de expressão físico-motora, ateliers de expressão plástica, música, dança e de culinária, manhãs desportivas, manutenção de hortas, caminhadas e piqueniques, atividades de expressão motora e dramática, brincadeiras, eco-arte, entre outras.

Realizaram-se ainda sessões de cinema no Alegro do Montijo e no Auditório Municipal de Alcácer do Sal.

Estas atividades realizaram-se no Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer, na Escola Básica Pedro Nunes (que acolheu também os alunos e alunas da Escola Básica do Olival Queimado), no Centro Escolar da Comporta e no Centro Escolar do Torrão.

Continuar a ler

Autarquias

Montemor-o-Novo atribui quase 100 mil € em bolsas

Os valores variam entre os 60 euros e os 140 euros e representam a disponibilização por parte do município de um valor global de 99.900,00€, um aumento de 3.550,00€ face ao ano letivo anterior.

Publicado

em

Montemor-o-Novo

Município atribui 109 bolsas de estudo, no valor global de 99.900.00€ para frequência do Ensino Superior

No dia 4 de dezembro de 2023, reuniu o júri para atribuição das bolsas de estudo para o Ensino Superior, com o objetivo de analisar os processos entregues pelos candidatos às bolsas de estudo para frequência no ensino superior no ano letivo 2023/2024.

Deram entrada 135 pedidos de atribuição de bolsa, representando um aumento de 10 pedidos relativamente ao ano letivo anterior.
Aplicados os critérios anteriormente aprovados, foi proposta a atribuição de 109 bolsas de estudo, traduzindo-se num aumento de 7 bolsas em relação ao ano letivo 2022/2023.
As bolsas são atribuídas por ano letivo, durante 10 meses (de outubro de 2023 a julho de 2024).
Os valores variam entre os 60 euros e os 140 euros e representam a disponibilização por parte do município de um valor global de 99.900,00€, um aumento de 3.550,00€ face ao ano letivo anterior.

A proposta de atribuição das referidas bolsas de estudo foi aprovada por unanimidade em sede de Reunião de Câmara no passado dia 13 de dezembro de 2023.

Continuar a ler

Autarquias

Odemira celebra dia internacional da cidade educadora

Este ano dedicado ao tema “A cultura, fonte de criação e de aprendizagem na Cidade Educadora”

Publicado

em

“Pop-up Arte na Escola”

Dia Internacional da Cidade Educadora

No dia 30 de novembro, o Município de Odemira vai celebrar o Dia Internacional da Cidade Educadora, este ano dedicado ao tema “A cultura, fonte de criação e de aprendizagem na Cidade Educadora”. Para promover a ligação entre a dinâmica cultural do território e a comunidade educativa, será desenvolvido o programa “Pop-up Arte na Escola”, entres os dias 27 e 30 de novembro, com a presença de artistas nos vários agrupamentos de escolas, para apresentação do seu trabalho e diálogo com os alunos.

A artista plástica Mariana Dias Coutinho irá visitar e mostrar a sua arte na Escola do 1º Ciclo do Agrupamentos de Vila Nova de Milfontes (no dia 27 de novembro), na EB2,3 Aviador Brito Pais de Colos (no dia 28) e no Colégio Nossa Senhora da Graça Vila Nova de Milfontes (no dia 29). A companhia de Teatro Só irá até à EB2,3 do Agrupamento de Escolas de Sabóia para mostrar a sua arte performativa e a artista plástica Maya Kempe estará na Escola Secundária Dr Manuel Candeias Gonçalves, do Agrupamento de Escolas de Odemira.

Em simultâneo, o espetáculo “Teias e Odisseias”, da companhia Cem Palcos, será apresentado aos alunos dos Agrupamentos de Colos, Sabóia e São Teotónio, entre os dias 27 e 30 de novembro, no âmbito do MIRAGEM!, o projeto educativo do Município de Odemira no domínio das Artes do Espetáculo, cuja programação e acompanhamento pedagógico é da responsabilidade da coreógrafa Madalena Victorino.

Ao longo de toda a semana, a Bandeira das Cidades Educadoras será hasteada no edifício dos Paços do Concelho e em todas as sedes de Agrupamentos de Escolas. Enquanto membro da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, Odemira defende a Educação como pilar fundamental para o desenvolvimento socioecónomico, para a inclusão e integração.

Esta será a 8ª edição do Dia Internacional implementado pela Associação Internacional de Cidades Educadoras, que defende que “a cultura e a arte são um importante meio de inclusão e capacitação social.” Com o tema “A cultura, fonte de criação e de aprendizagem na Cidade Educadora” procura-se mobilizar as comunidades para uma “celebração dinâmica e participativa que promova o diálogo e sirva para dar a conhecer as oportunidades artísticas que o município oferece e contribuir para a geração de novas sinergias e aprendizagens.”

Continuar a ler

Autarquias

Nuno Mascarenhas diz estar inocente

Autarca mantém-se no cargo

Publicado

em

Sines

Nuno Mascarenhas vai continuar a presidir a câmara de Sines

O presidente da Câmara de Sines vai continuar a exercer o cargo de presidente da Câmara Municipal de Sines.

O autarca, numa declaração sem direito a perguntas, afirmor ‘Estou inocente’.

“A justiça falou e decidiu a minha inocência”, acrescentou.

O autarca diz continua a “Desenvolver o trabalho em prol de Sines”.

A fechar a declaração diz “Aguardar com tranquilidade com o desenvolvimento do  processo”

Continuar a ler

Autarquias

Nuno Mascarenhas regressou à câmara de Sines

Presidente não está indíciado de qualquer crime

Publicado

em

Sines

Autarca regressou à câmara sem ser indiciado de qualquer crime

O autarca de Sines, envolvido no processo influencer, regressou esta manhã à autarquia de Sines.

Nuno Mascarenhas em declarações, à saída da sua habitação, referiu que irá tomar posição numa eventual declaração ou comunicado as 15h30.

Nuno Mascarenhas deverá continuar no cargo de presidente da autarquia já que não existe qualquer impedimento para exercer o seu cargo.

Refira-se que o autarca fica com termo de identidade e residência e sem qualquer outra medida de coação mais gravosa.

Nuno Mascarenhas não foi indiciado de qualquer crime.

Continuar a ler

Autarquias

PSD Évora acusa PS de bloquear funcionamento da CIMAC

O PSD enviou hoje aos representantes dos eleitos do PS e da CDU, um convite para uma reunião presencial na próxima 4ª feira.

Publicado

em

Foto: Francisco Figueira I Presidente da Comissão Política Distrital de Évora do PSD

Évora

PSD acusa socialistas

Em comunicado a Comissão Política Distrital do PSD de Évora afima que o PS faltou à última reunião tendo provocado o impedimento de aprovação de contas.

Segundo os social democratas ” a atitude dos eleitos do Partido Socialista impediu a aprovação das contas consolidadas da CIMAC-GESAMB de 2022, a aprovação das alterações modificativas do orçamento da CIMAC de 2023, bem como dos documentos previsionais para 2024-2028. Impedindo também a eleição do Secretariado Executivo.”

Em causa estão matérias aprovadas pelos 14 Presidentes de Câmara no Conselho Intermunicipal, e agora boicotadas pela falta injustificada dos eleitos do
Partido Socialista no órgão deliberativo.

Na reunião em Reguengos de Monsaraz, o Partido Socialista “chantageia as populações do distrito de Évora, pondo em causa o regular e normal funcionamento da sua Comunidade Intermunicipal e os projetos que dela dependem”, refere a nota.

Os eleitos do PSD dizem “manter e reafirmar o seu compromisso com a
descentralização das reuniões da Assembleia Intermunicipal da CIMAC, que devem realizar-se rotativamente em todos os concelhos, devendo tal ser
consagrado no regimento da AI.”

No comunicado a que a TDS teve acesso os eleitos do PSD, apelam ao “bom senso dos eleitos do PS na Assembleia  Intermunicipal, apelando a que libertem as populações do distrito de Évora da sua chantagem política, respeitando as decisões dos seus Presidentes de Câmara Municipal e permitindo o regular funcionamento da CIMAC em situação de igualdade entre todos os municípios.”

Os eleitos do PSD, apelam igualmente ao “bom senso dos eleitos da CDU, que se deixaram arrastar para um ato de bloqueio incompreensível, que compromete a atividade da CIMAC e os seus compromissos com as populações do distrito de Évora.”

O PSD enviou hoje aos representantes dos eleitos do PS e da CDU, um convite para uma reunião presencial na próxima 4ª feira, 15 de novembro, para que através de uma reunião tripartida seja possível ultrapassar o bloqueio imposto pelo Partido Socialista.

Continuar a ler

Autarquias

Nuno Mascarenhas passa a noite na PSP de Moscavide

É um dos 5 detidos na investigação que provocou a demissão de António Costa.

Publicado

em

Sines

Os cinco detidos no âmbito da investigação aos negócios do lítio e hidrogénio verde vão ficar no Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, em Moscavide.

Entre eles está Nuno Mascarenhas, presidente da câmara municipal de Sines.

Para além do autarca estão ainda detidos o chefe de gabinete do primeiro-ministro, Vítor Escária, dois administradores da sociedade Start Campus, Afonso Salema e Rui Oliveira Neves e o consultor Diogo Lacerda Machado.

A Procuradoria-Geral da República considera que se verificam “os perigos de fuga, de continuação de atividade criminosa, de perturbação do inquérito e de perturbação da ordem e tranquilidade públicas”.

Esta quarta feira serão ouvidos por um Luís de Instrução Criminal para ficarem a conhecer as medidas de coação.

Quem é Nuno Mascarenhas

Chegou à Câmara em 1998, no papel de vereador. Em 2013 foi eleito presidente da Câmara nas listas do Partido Socialista e vai no seu terceiro mandato. De acordo com o site da autarquia, atualmente assume, entre outras, as áreas da “Gestão financeira”, de “Projetos subjacentes a investimentos”, das “Empreitadas de obras públicas” e da “Coordenação e controlo das operações”.

“Em 2013 foi eleito presidente da Câmara nas listas do Partido Socialista e vai no seu terceiro mandato.”

Para além da Câmara, assume a presidência da Comissão Permanente do Conselho Regional da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR-A), é vice-presidente do Conselho Intermunicipal da comunidade intermunicipal do Alentejo Litoral – CIMAL e presidente do Conselho de Administração do Sines Tecnopolo – Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama, entre outros cargos em entidades locais e regionais.

Em 2001 integrou o Grupo de Missão para o Planeamento das Obras de Expansão do Porto de Sines, grupo responsável pela coordenação das obras de expansão da zona leste do Porto. Entre 2005 e 2013 exerceu funções de chefe de divisão na Administração do Porto de Sines.

O socialista Nuno Mascarenhas, foi já condenado este verão pelo Tribunal de Contas num processo relacionado com a nomeação ilegal de cinco dirigentes para os serviços da autarquia. O autarca recorreu desta condenação, que lhe aplicou uma multa de 2300 euros por ter cometido uma infracção financeira negligente.

Continuar a ler

ALCÁCER DO SAL

Alcácer do Sal: Sala de Snoezelen registou 198 utilizações.

Instalada na Escola Básica Pedro Nunes, a Sala de Snoezelen funciona em horário ininterrupto das 9h às 17h, nos dias úteis.

Publicado

em

Alcácer do Sal

Sala de Snoezelen registou 198 utilizações até ao início de junho

No período compreendido entre janeiro e o início do mês de junho de 2023, a Sala de Snoezelen de Alcácer do Sal registou 198 utilizações, número que demonstra um interesse significativo por parte das entidades parceiras e que reflete a importância deste espaço para a promoção do bem-estar e qualidade de vida da comunidade. A procura reflete-se principalmente na faixa etária infantojuvenil, tanto em contextos preventivos como terapêuticos.

Instalada na Escola Básica Pedro Nunes, a Sala de Snoezelen funciona em horário ininterrupto das 9h às 17h, nos dias úteis, contando com o apoio contínuo da Câmara Municipal de Alcácer do Sal através da intervenção de uma técnica de Psicomotricidade, uma mais-valia sobretudo para as entidades que não possuem formação para acompanhamento dos seus utentes neste espaço.

De entre as entidades parceiras que receberam a oferta formativa por parte do Município para frequentarem a Sala de Snoezelen, destaca-se a presença regular e/ou ocasional das seguintes: Associação para o Desenvolvimento do Torrão (ADT), mais especificamente através da resposta social do Centro para a Promoção da Saúde Mental “Passo a Passo”; Centro Social Paroquial do Torrão;  Centro Social de Santa Susana;  Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal, mais especificamente Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer, Escola Básica Pedro Nunes e Escola Secundária; Equipa Local de Intervenção Precoce de Alcácer do Sal; Gabinete de Psicologia, resposta do Município de Alcácer do Sal.

Continuar a ler

Autarquias

Câmara de Odemira alvo de Ciberataque

Serviços vão estar inoperacionais

Publicado

em

Odemira

Ataque informático

“O funcionamento dos serviços municipais da câmara de Odemira vai estar comprometido nos próximos dias”, esta é a garantia dada pela autarquia em comunicado.

Durante o fim de semana as contingências foram muitas e até os serviços como a biblioteca municipal foram atingidos.

O caso já está a ser investigado pela Polícia Judiciária.

Segundo a nota refere o ataque registou-se no sábado e “comprometerá nos próximos dias o normal funcionamento dos serviços municipais”.

Continuar a ler

Autarquias

António Bota eleito para representar a CIMBAL no Comité de Acompanhamento do PRA2030

Ferrovia foi um dos temas abordados.

Publicado

em

Reunião ordinária

Conselho Intermunicipal da CIMBAL

A reunião do mês de março do Conselho Intermunicipal decorreu ontem, no Salão Nobre da CIMBAL.

De entre os diversos pontos da Ordem de Trabalhos, destacam-se:

– Eleição do representante da CIMBAL no Comité de Acompanhamento do Programa Regional do Alentejo 2030. Foi designado António Bota, eleito por maioria. A este órgão compete analisar todas as questões que afetam os progressos do programa na consecução dos seus objetivos, formulando recomendações visando a melhoria da sua eficácia e eficiência.

– Foi também presente ao Conselho o documento com os contributos da CIMBAL no âmbito do processo de consulta pública do Plano Ferroviário Nacional, que se podem sintetizar:

  • Modernização e eletrificação do traçado Casa Branca/Beja, incluindo a concordância com o Aeroporto de Beja;
  • Reabertura da Linha do Alentejo entre Beja e Ourique, permitindo a necessária redundância ao porto de Sines e possibilitando o reforço do serviço Intercidades entre Lisboa e Faro (servindo Beja, Évora – através de Casa Branca, Montermor-o-Novo e Vendas Novas);
  • Eletrificação do ramal Neves-Corvo;
  • Estudo para possível reabertura do ramal de Aljustrel;
  • Opção pela construção de nova ligação com passagem em Beja e Évora, na ligação entre Lisboa e Algarve.

Continuar a ler

Autarquias

Juntas de Freguesia reuniram em Beja.

50 das 75 freguesias existentes, no Baixo Alentejo, estiveram presentes.

Publicado

em

Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE)

Mais de uma centena de autarcas

50 das 75 freguesias existentes estiveram presentes

O número de participantes no encontro revela a importância e a recetividade que o mesmo teve junto dos autarcas e demonstrou a união entre todas as freguesias, pois estes momentos de reflexão e debate entre todos são importantes porque os problemas que cada um tem na sua freguesia acabam por ser comuns e nestes fóruns muitos saem mais esclarecidos.

A transferência de competências dos municípios para as freguesias, foi um dos temas mais quentes do encontro, pois apesar de já se encontrar em vigor há cerca de três anos e meio, ainda existe um caminho longo a percorrer. No distrito de Beja, apenas metade dos concelhos já realizam a transferência de competências, faltando ainda Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Ourique, Serpa e Vidigueira. De recordar que esta transferência de competências tem por base um acordo celebrado entre a ANAFRE, a Associação Nacional de Municípios e o Governo.

No debate esteve ainda em destaque a perspetiva de as Juntas de Freguesia poderem vir a beneficiar de apoios comunitários no âmbito do Portugal 2030, tendo sido apresentados os 8 eixos enviados pela ANAFRE à Ministra da Coesão Territorial e recolhidos contributos em áreas e intervenções que as Freguesias consideram de grande importância e âmbito das suas competências próprias.

A sessão de boas vindas contou com a presença do presidente da câmara municipal de Beja, Paulo Arsénio, do presidente da junta de freguesia anfitriã, União das Freguesias de Santiago Maior e São João Baptista, Miguel Ramalho, do coordenador distrital, Vitor Besugo e da vice-presidente da ANAFRE, Olga Freire, que destacaram o papel da ANAFRE nas conquistas recentes para as freguesias. Participaram ainda neste encontro os dois vices presidentes da ANAFRE, Jorge Amador e Nuno Gaudêncio.

Continuar a ler

Autarquias

Autarquia de Alcácer apoia estudantes do concelho

Município concedeu a 187 alunos

Publicado

em

Estudantes e famílias do concelho apoiados

Câmara Municipal de Alcácer do Sal

Reconhecendo a importância da educação e formação das crianças e jovens do concelho, e o esforço tamanho que tal representa para as famílias, a Câmara Municipal de Alcácer do Sal tem nesta uma área prioritária de intervenção.

No ano letivo de 2021/2022, a nível de auxílios económicos diretos, a Ação Social Escolar do Município concedeu a 187 alunos apoio nas refeições diárias, dividido por escalões A e B, com os valores de 1,46 euros e 0,73 euros respetivamente. Destes 187 alunos, 61 integravam o ensino pré-escolar e 126 o 1.º ciclo do ensino básico.

A Ação Social Escolar traduziu-se também na atribuição de vales para a aquisição de material escolar tanto no pré-escolar como no 1.º ciclo, repartidos pelos escalões A e B, o que totalizou um investimento de 4.140,00 euros.

No mesmo ano letivo foram atribuídas 29 bolsas de estudo a jovens residentes no concelho a frequentar Cursos Técnicos Superiores, Profissionais e Mestrados, um apoio que ascendeu ao valor de 70.682,83 euros.

A estes auxílios económicos diretos somam-se ainda outros apoios, tais como as Atividades de Animação e Apoio à Família, Componente de Apoio à Família, oferta de cadernos de atividades e mochilas ao 1.º ciclo, carregamento de passes de transportes escolares e contratualização e asseguramento de circuitos especiais.

Continuar a ler

Autarquias

A primeira mulher motorista na câmara de Alcácer do Sal

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal conta, desde o dia 23 de janeiro de 2023, com o contributo da primeira mulher motorista da história do Município.

Publicado

em

Ana Luísa Assis é a primeira mulher motorista do Município de Alcácer do Sal 

 A Câmara Municipal de Alcácer do Sal conta, desde o dia 23 de janeiro de 2023, com o contributo da primeira mulher motorista da história do Município.

Ana Luísa Assis, a exercer funções na autarquia desde maio de 2014, descreve o significado que tem para ela exercer estas funções como “um orgulho” por poder dar de si à terra que a viu nascer e crescer.

Afirma, ao mesmo tempo, que o caminho para chegar até aqui foi “muito longo, com muito trabalho, sacrifício físico e monetário”, mas que olha para trás e sente que “valeu a pena”.

Ana Assis dirigiu ainda uma palavra de agradecimento a todas as pessoas que a ajudaram a trilhar este percurso, especialmente aos pais, e ao Município de Alcácer do Sal, pela oportunidade que lhe deu para cumprir um sonho de menina.

Continuar a ler

Autarquias

Odemira cede alojamento para profissionais de saúde

Autarquia promove reabilitações dos edifícios das Extensões de Saúde de São Martinho das Amoreiras e São Luís, a requalificação da Extensão de Saúde de Sabóia, a construção da nova Extensão de Saúde em Vila Nova de Milfontes e o novo Serviço de Urgência do Centro de Saúde de Odemira.

Publicado

em

MUNICÍPIO DE ODEMIRA E UNIDADE LOCAL DE SAÚDE DO LITORAL ALENTEJANO

ASSINAM CONTRATOS DE COMODATO PARA HABITAÇÃO

Inserido nas políticas de habitação e atratividade para o concelho, o Município de Odemira e a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) assinaram contratos de comodato para a cedência de dois imóveis municipais para alojamento de Profissionais de Saúde que desempenhem a sua atividade no concelho.

A preocupação e determinação do Presidente da Câmara Presidente da Câmara Municipal, Hélder Guerreiro, passa por garantir todos os meios e condições para assegurar os cuidados de saúde no território, em estreita articulação com a ULSLA.

Os contratos foram assinados pelo Presidente da Câmara Municipal, Hélder Guerreiro, e pela Presidente do Conselho de Administração Catarina Arizmendi Filipe, em cerimónia que decorreu na tarde de 1 de fevereiro, nos Paços do Concelho de Odemira.

A cedência dos imóveis, localizados na vila de Odemira, é efetuada a título gratuito e livre de quaisquer ónus e encargos, sendo os contratados celebrados pelo período de cinco anos.

Esta iniciativa surge a par de outras colaborações do Município de Odemira na área da saúde, como é o caso dos apoios financeiros para as reabilitações dos edifícios das Extensões de Saúde de São Martinho das Amoreiras e São Luís (em fase de conclusão), a requalificação da Extensão de Saúde de Sabóia, a construção da nova Extensão de Saúde em Vila Nova de Milfontes e o novo Serviço de Urgência do Centro de Saúde de Odemira (que serão lançados a concurso muito em breve).

Continuar a ler

Últimas

x
error: O conteúdo está protegido!!