Siga-nos

Autarquias

Zona norte de Évora ganha acesso pedonal ao Centro Histórico

A empreitada, denominada Ligação Pedonal e Ciclável entre a Zona Norte e o CHE, deverá estar concluída nos primeiros meses de 2020

TDS noticias

Publicado

em

Já tiveram início os trabalhos de implementação do acesso pedonal que ligará uma parte importante da zona norte da cidade ao Centro Histórico, através das Portas de Avis.

A empreitada, denominada Ligação Pedonal e Ciclável entre a Zona Norte e o CHE, deverá estar concluída nos primeiros meses de 2020 e, tal como o nome indica, irá permitir a introdução e promoção das deslocações em modos suaves, nomeadamente, cicláveis e pedonais, disponibilizando alternativas seguras e confortáveis aos cidadãos que doravante utilizem esta via nas suas deslocações.

Com uma extensão aproximada de dois quilómetros, entre as Portas de Avis – Estrada Penedo do Ouro – Estrada da Chainha – Rua José Santos Luz (Escola Básica Galopim de Carvalho), esta nova via irá, gradualmente, conquistar os cidadãos para o uso de meios de transporte alternativos, não motorizados e “amigos do ambiente”.

Em termos técnicos, esta espécie de ciclovia será dotada de um revestimento Ralvasport vermelho óxido de ferro, indicado para pavimentos pedonais e cicláveis, cuja utilização permite um pavimento colorido de reconhecida qualidade e grande resultado estético, para além de ser um pavimento drenante que permite uma rápida infiltração da água das chuvas.

As guias em betão, formalizam o limite da via, sem, contudo, se constituírem como obstáculos, uma vez que se irão apresentar de nível.

 

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Autarquias

Populações do Litoral Alentejano vão pagar no máximo 40€ por mês para viajar até Lisboa, Alentejo Central e Algarve

Quem ainda não tenha o cartão de passe, e esteja interessado em adquiri-lo, poderá dirigir-se a um balcão da Rodoviária do Alentejo mais perto de si e solicitar o respetivo cartão.

TDS noticias

Publicado

em

As populações dos cinco Municípios do Alentejo Litoral – Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines – vão passar a pagar um preço máximo de 40 euros por mês no valor das assinaturas de linha da Rodoviária do Alentejo para viagens realizadas para a Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo Central e Algarve.

A medida, negociada no âmbito do Plano de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos, foi formalizada esta tarde com a assinatura dos contratos inter-administrativos relativos à partilha de competências de Autoridade de Transportes no Serviço Público de Transporte de Passageiros Inter-regional, entre a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL), a Área Metropolitana de Lisboa (AML); a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC) e a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL).

A assinatura dos contratos foi feita numa cerimónia, realizada nos Paços do Concelho de Alcácer do Sal e contou com a presença do Presidente da CIMAL, Vítor Proença, do Presidente da AMAL, Jorge Botelho, do Presidente da CIMAC, Carlos Pinto de Sá, e ainda do Presidente da AML, Fernando Medina.

Com a celebração destes acordos, as famílias do litoral alentejano passam a ter acesso aos transportes públicos a um preço consideravelmente mais baixo, não só dentro dos cinco municípios do Litoral Alentejano, como também nas viagens realizadas, através da Rodoviária do Alentejo, para a Área Metropolitana de Lisboa, para o Alentejo Central e para o Algarve.

Se até agora um cidadão pagava um valor de 150,45 euros de passe mensal no percurso entre Alcácer do Sal e Lisboa, a partir de agora, irá passar a pagar um valor máximo de 40 euros por mês, resultando numa poupança de 110,45 euros em termos mensais. Ao final de um ano, a poupança atingirá os 1.325,40 euros.

A medida agora anunciada corresponde à segunda fase da implementação da redução de tarifários nos transportes públicos no Litoral Alentejano. Recorde-se que em julho último a CIMAL tinha anunciado a aplicação de um preço máximo de 40 euros por mês pelo passe, nas viagens realizadas através da Rodoviária do Alentejo, com origem e destino nos cinco municípios que compõem o Litoral Alentejano. Com os acordos hoje assinados, o teto máximo de 40 euros pela assinatura de linha na Rodoviária do Alentejo passa a aplicar-se também para as viagens realizadas para as regiões da Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo Central e Algarve.

Vítor Proença, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, explica que esta medida é “um passo importante no plano da descarbonização e no combate às alterações climáticas e, ao mesmo tempo, vai permitir às famílias dos cinco municípios do litoral alentejano obterem poupanças significativas nos seus orçamentos”.

Os novos tarifários vão também abranger os passes comparticipados (Ex: Passe Estudante, 4_18 e Sub23), caso o seu valor ultrapasse os 40 euros. Nas situações em que os passes comparticipados tenham um valor inferior a 40 euros, o valor do passe permanecerá inalterado.

Para beneficiarem dos novos tarifários, os utilizadores da Rodoviária do Alentejo deverão fazer o seu registo de acordo com o formulário disponibilizado em www.cimal.pt. Podem também fazer o registo através do código QR com o seu dispositivo, ou ainda realizar o registo nas instalações da CIMAL.

Este procedimento deverá ser efetuado até ao dia 15 de cada mês de modo a poderem usufruir da redução tarifária a partir do mês seguinte. Extraordinariamente neste mês, o registo pode ser efetuado até 28 de agosto, de forma a permitir que os utilizadores possam usufruir desta redução tarifária já no mês de setembro.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul