Últimas:
Viver o clima no Baixo Alentejo – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Agricultura

Viver o clima no Baixo Alentejo

Teleconferência para apresentar projeto que visa a implementação de medidas concretas em 8 concelhos.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dia 29 de janeiro via ZOOM

“… visa a implementação de medidas concretas nos 8 concelhos (Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo, Moura, Serpa e Vidigueira)” 

A EDIA e CIMBAL apresentam na próxima sexta feira, dia 29 de janeiro, o projeto “Viver o clima no Baixo Alentejo”.

A CIMBAL – Comunidade intermunicipal do Baixo Alentejo em parceria com a EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A., viram recentemente aprovada uma candidatura a “Projetos para reforçar a adaptação às alterações climáticas a nível local” – Programa Ambiente do EEA Grants, tendo por base a implementação de medidas do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Baixo Alentejo (PIAACBA).

“Viver o Clima no Baixo Alentejo” é a designação do projeto e tem como objetivo a implementação de medidas concretas nos 8 concelhos (Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo, Moura, Serpa e Vidigueira) que simultaneamente integram a CIMBAL e se inserem na área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, EFMA.

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela EDIA no âmbito da divulgação de boas práticas agrícolas e da compatibilização da agricultura com os valores naturais presentes na região, foi constituída esta parceria entre as duas entidades para o desenvolvimento e implementação do projeto.

A sessão de Apresentação é realizada por teleconferência através da plataforma ZOOM, e com transmissão em direto na página do Facebook da CIMBAL.

Agricultura

Centenas de contentores vão ser instalados em Odemira para migrantes viverem.(vídeo)

Deverão estar instalados até final do primeiro trimestre de 2022.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Solução foi apresentada por António Costa

“Contentores invadem explorações agrícolas”

A proposta foi feita pelos empresários agrícolas do concelho de Odemira e aceite pelo governo e pelo autarca local. Os empresários agrícolas vão instalar contentores nas suas explorações para que os migrantes possam viver  ‘ com dignidade’.

A confirmação foi feita aos jornalistas por Luis Mesquita Dias, presidente da Associação de Horticultores de Odemira (AHSA).

Os empresários irão de forma individual apresentar projectos que serão financiados pelo FEDER.

Na cerimónia que contou com António Costa o autarca local Jose Alberto Guerreiro não fez qualquer ‘reparo’ a esta decisão de tornar o concelho num ‘campo’ de contentores e de estufas.

Veja as declarações.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!