Últimas:
Viver o clima no Baixo Alentejo – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Agricultura

Viver o clima no Baixo Alentejo

Teleconferência para apresentar projeto que visa a implementação de medidas concretas em 8 concelhos.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dia 29 de janeiro via ZOOM

“… visa a implementação de medidas concretas nos 8 concelhos (Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo, Moura, Serpa e Vidigueira)” 

A EDIA e CIMBAL apresentam na próxima sexta feira, dia 29 de janeiro, o projeto “Viver o clima no Baixo Alentejo”.

A CIMBAL – Comunidade intermunicipal do Baixo Alentejo em parceria com a EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A., viram recentemente aprovada uma candidatura a “Projetos para reforçar a adaptação às alterações climáticas a nível local” – Programa Ambiente do EEA Grants, tendo por base a implementação de medidas do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Baixo Alentejo (PIAACBA).

“Viver o Clima no Baixo Alentejo” é a designação do projeto e tem como objetivo a implementação de medidas concretas nos 8 concelhos (Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo, Moura, Serpa e Vidigueira) que simultaneamente integram a CIMBAL e se inserem na área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, EFMA.

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela EDIA no âmbito da divulgação de boas práticas agrícolas e da compatibilização da agricultura com os valores naturais presentes na região, foi constituída esta parceria entre as duas entidades para o desenvolvimento e implementação do projeto.

A sessão de Apresentação é realizada por teleconferência através da plataforma ZOOM, e com transmissão em direto na página do Facebook da CIMBAL.

Agricultura

Concurso nacional de Raça Limousine volta a Odemira

Evento realiza-se nos dias 23, 24 e 25 de julho

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: Câmara Municipal Odemira

Será no Parque de Feiras e Exposições

“Organizadores querem cumprir regras da DGS com teste negativo à entrada e certificado digital”

O 32º concurso nacional de Raça Limousine está de volta a S. Teotónio. Após um ano de interrupção, a Associação Portuguesa de Criadores (ACL) de Raça Bovina Limousine, decidiu avançar com a realização do evento, embora com restrições de acesso.

O concurso inicia-se na sexta-feira, dia 23 de julho. O ponto alto acontecerá no domingo, 25 de julho, para a atribuição dos Prémios Finais de Campeões e Vice-Campeões Nacionais Limousine e Prémio de Melhor Criador.

O acesso ao recinto será condicionado à apresentação de convite. De acordo com as normas estabelecidas pela DGS, será obrigatório o uso de máscara, cumprimento do distanciamento social e a apresentação de teste negativo à entrada, mesmo com vacinação completa, podendo ser apresentada declaração de realização de teste PCR ou ser realizado teste rápido antigénio à entrada do recinto.

“O Concurso Nacional da Raça Limousine é, por tradição, o ponto de encontro e de negócio entre criadores nacionais e estrangeiros, sendo o ponto alto para a ACL, uma associação sem fins lucrativos que tem por objetivo a dinamização deste setor, preservação, melhoramento e comercialização dos bovinos da raça limousine, bem como a formação profissional tendo em vista a respetiva produção” afirma o comunicado.

Os testes rápidos serão realizados a partir de sexta-feira (das 14h00 e até às 20h00), no sábado e no domingo (das 8h00 às 19h00) a todas as pessoas que entrem no recinto.

O Concurso Nacional acontece anualmente no âmbito da FACECO – Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, promovida pelo Município de Odemira, em S. Teotónio, certame que não será realizado, pelo segundo ano consecutivo devido à pandemia.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!