Siga-nos

Educação

Vítor Proença alerta para as condições de reutilização dos manuais escolares

Autarca remeteu missiva ao Secretário de Estado da Educação

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, está indignado com as condições de reutilização dos manuais escolares e as consequências que as mesmas acarretam.

E adianta, “os manuais gratuitos até ao 12º ano foram um grande avanço que o Governo está a colocar em causa”.

Referindo-se em particular ao município alcacerense, o autarca salienta que “os manuais dos alunos do 1º ciclo do ensino básico não se encontravam em condições de serem reutilizados, de acordo com informações dos respetivos Agrupamentos”, o que decorre, “em larga medida, da desarticulação entre o Governo e os Livreiros, uma vez que os manuais não foram concebidos e não estão preparados para a medida que está a ser aplicada”.

Além de não produzir o efeito desejado, esta medida acaba por penalizar os agregados familiares que não entreguem os manuais em condições de reutilização, com a sua exclusão do programa no ano seguinte.

Tal implica, necessariamente, que essas famílias sejam obrigadas a adquirir os manuais, o que afeta particularmente as famílias mais desfavorecidas, em detrimento da imposição da progressiva gratuitidade do ensino e frustrando tudo quanto fora apregoado.

“O Estado”, prossegue o edil, “não deve recuar num avanço tão importante, devendo assumir manuais novos para todos”.

Vítor Proença conclui afirmando que “a Escola Pública não se defende apenas com boas intenções – defende-se com investimento”, sob a penalização de, se tal não acontecer, se comprometer o futuro das crianças e dos jovens.

 

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Educação

Jovem de 16 anos agredida na escola de Campo Maior foi transferida para Lisboa

Pontapés na cara, por parte de colega, provocaram lesões com gravidade

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A aluna terá sido agredida com vários pontapés por parte de um colega na Escola Secundária de Campo Maior.

As agressões aconteceram dentro da sala de aula com a jovem a ser ponteada no próprio rosto.

Os violentos pontapés terão provocado a fratura da cana do nariz assim como ferimentos numa das vistas. A estudante, na Escola Secundária de Campo Maior, foi transportada para o Hospital de Campo Maior tendo sido posteriormente transportada para o Hospital de Santa Maria em Lisboa.

A jovem terá hoje uma consulta de cirurgia plástica.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul