Siga-nos

Sociedade

Vinho do fundo do Mar de Sines é proposta para almoço de Ano Novo.(vídeo)

Projeto está vivo desde 2015 e conta agora com produtores de vinho de todo o país. A Ecoalga é a dinamizadora.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O projeto começou em 2015 e hoje abrange produtores de vinho de todo o país

Centenas de garrafas de vinho, de produtores de todo o país, estão a estagiar durante 12 meses para depois fazerem as delicias de muitos. Neste dia de Ano Novo nem todos tem à mesa uma garrafa destas mas quem tem aprecia um produto único.

O Vinho do Mar – SubWine, é uma ideia da Ecoalga e de Joaquim Parrinha.

O projeto começou em 2015 com a colocação de 700 garrafas de produtores alentejano num projeto a pensar na Regata dos Grandes Veleiros (RDV Tall Ships Race). A ideia era oferecer uma garrafa aos participantes na Regata. O que acabou por acontecer.

Depois disso o projeto não parou e passou a abranger produtores de vinho de todo o país. Os vinhos do Dão são apenas um dos vários exemplos de vinhos não alentejanos.

Oiça Joaquim Parrinha, o grande dinamizador do projeto, e que utiliza este projeto para a sua “Tese de criação de um produto representativo para a Costa Alentejana”.

Sargos em Porto Covo 2013

Publicado por Ecoalga lda. em Sábado, 10 de agosto de 2013

Sociedade

Motorista de autocarro acusa ‘álcool’ em Monforte

Taxa registada foi acima dos 0,2 g/l que é considerado contra-ordenação para condutores de veículos pesados de passageiros

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Uma denuncia anónima provocou a fiscalização de um motorista de autocarro na zona de Monforte tendo o homem num primeiro teste de despistagem, acusado uma TAS acima de 0.2 g/l, que é considerada contra-ordenação para condutores de veículos pesados de passageiros

O motorista, estava serviço de uma empresa rodoviária de transporte de passageiros em Monforte.

De acordo com a GNR os militares procederam à fiscalização do veículo e do motorista, o qual, num primeiro teste de despistagem, acusou uma TAS acima de 0.2 g/l, que é considerada contra-ordenação para condutores de veículos pesados de passageiros, tendo sido, em seguida, conduzido ao Posto da GNR de Arronches para um segundo teste, o qual fez prova para o auto de contra-ordenação que foi levantado.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022