Últimas:
Viana do Alentejo assina protocolo com Bombeiros Voluntários – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Viana do Alentejo assina protocolo com Bombeiros Voluntários

Objetivo é conseguir uma resposta mais rápida à população

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Assinatura aconteceu na passada terça-feira

“5 bombeiros em regime de pernanência”

No passado dia 3 de agosto, nos Paços do Concelho, foi assinado o protocolo entre o Município de Viana do Alentejo, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Viana do Alentejo (AHBVVA) e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) com vista à criação da segunda Equipa de Intervenção Permanente (EIP), de modo a assegurar uma pronta resposta de socorro e emergência à população.

Este novo apoio será composto por cinco bombeiros em regime de permanência e vai dar uma resposta adequada em diferentes missões, mesmo sendo mais exigentes e complexas.

“À semelhança do que acontece com a primeira EIP, cujo protocolo foi assinado em 2012, ao Município caberá a responsabilidade de assegurar 50% dos custos decorrentes da remuneração dos elementos que integram a EIP, cabendo à ANEPC suportar os restantes 50%” lê-se em comunicado.

Recorde-se que o Município de Viana, desde o início da pandemia, reforçou os apoios à corporação de bombeiros locais, Delegação de Alcáçovas da Cruz Vermelha Portuguesa e às IPSS do concelho.

Saúde

Barrancos, o concelho do país com risco mais elevado.

Covid 19

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Barrancos

“Risco extremamente elevado”

Barrancos é agora o único concelho do país em risco extremamente elevado de Covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O concelho alentejano regista uma incidência cumulativa a duas semanas de 1.171 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes.

Portugal tem sete concelhos com risco muito elevado, ou seja, entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Concelhos com risco muito elevado:

Albufeira (489), Alcoutim (674), Celorico da Beira (519), Penela (594), Póvoa de Lanhoso (489), São Brás de Alportel (501) e Vidigueira (566).

Concelhos em risco elevado:

Aljustrel, Amares, Beja, Boticas, Cabeceiras de Basto, Covilhã, Fafe, Lagoa (Algarve), Lagos, Loulé, Monchique, Montalegre, Portel, Portimão, Rio Maior, Serpa, Silves, Valpaços e Vila Nova de Foz Côa.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!