Últimas:
Vacinação contra a COVID-19 em Santiago do Cacém arranca esta terça feira. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Vacinação contra a COVID-19 em Santiago do Cacém arranca esta terça feira.

Serão vacinadas 1.675 pessoas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A vacinação contra a COVID-19 no Concelho de Santiago do Cacém arranca esta terça-feira dia 23 de fevereiro, no Centro de Vacinação criado pela Câmara Municipal no Pavilhão Municipal de Feiras e Exposições em Santiago do Cacém.

“A Autarquia está também a criar um outro Centro de Vacinação em Alvalade, na sede do Futebol Clube Alvaladense onde se iniciará a vacinação na próxima quinta-feira dia 25 de fevereiro.”

Nesta primeira fase, e tendo em conta os critérios definidos a nível nacional para a seleção dos indivíduos a vacinar, que têm de ter 80 ou mais anos, ou 50 e mais anos com doença associada, foi efetuado um levantamento pelas Autoridades de Saúde e serão abrangidas pelo processo 3.955 pessoas. Neste momento, e dada a escassez de vacinas, serão vacinadas 1.675 pessoas, o que corresponde a 42 % do total do universo de pessoas a vacinar no nosso Concelho nesta primeira fase.

A Câmara Municipal disponibiliza transporte aos munícipes para estes dois Centros de Vacinação, caso estes não tenham meios de se deslocarem para serem vacinados, apoiará os profissionais de saúde e todos os que estão envolvidos na tarefa de vacinação, fornecendo-lhes refeições, bem como disponibiliza recursos humanos no apoio ao processo de vacinação.

Para a vacinação destas primeiras 1.675 pessoas, o Centro de Vacinação em Santiago do Cacém irá funcionar nos dias 23, 24, 27 de fevereiro e 1 e 2 de março, e o Centro de Vacinação de Alvalade nos dias 25 e 26 de fevereiro. Estes dois Centros de Vacinação acolherão pessoas de todas as Freguesias do Concelho de acordo com o definido pelas Autoridades Locais de Saúde.

Os Centros de Vacinação estão divididos pelas áreas de receção, zona de espera e zona de recobro. Cada um terá cinco os gabinetes de atendimento para a vacinação e está também contemplada uma área reservada à preparação das vacinas.

A Câmara Municipal continuará a trabalhar em estreita colaboração com as autoridades locais de saúde no sentido de que este processo de vacinação corra da melhor forma possível e aguarda com expectativa a vinda de mais vacinas para alcançar rapidamente o maior número de pessoas vacinadas no Concelho.

Continuar a ler
Publicidade

Saúde

Odemira recua no desconfinamento. Grândola e Sines estão em alerta.

Veja a lista completa do desconfinamento

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Dez concelhos recuam, quatro recuperam”

Lisboa e Braga são as duas capitais de distrito entre os 10 concelhos que recuam no desconfinamento entre eles Odemira.

Quatro recuperaram, mas há 20 sob alerta das autoridades entre os quais estão Grândola e Sines.

Há 10 concelhos que, devido às altas incidências de casos positivos de infeção por SARS-CoV-2, não acompanham a generalidade do país e recuam no desconfinamento:

  • Albufeira, Arruda dos Vinhos, Braga, Cascais, Lisboa, Loulé, Odemira, Sertã, Sintra e Sesimbra (com 480 casos por 100 mil habitantes a duas semanas).

Há 20 concelhos que ficam sob alerta:

  • Alcochete, Águeda, Almada, Amadora, Barreiro, Grândola, Lagos, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Sardoal, Setúbal, Seixal, Sines, Sobral de Monte Agraço e Vila Franca de Xira.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!