Últimas:
‘Uso indevido de vacina’ diz coordenador do plano de vacinação covid. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Política

‘Uso indevido de vacina’ diz coordenador do plano de vacinação covid.

Em causa o facto de José Calixto, presidente da CMReguengos de Monsaraz ter sido vacinado.

Foto: Facebook
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Vacinação de José Calixto, presidente da câmara de Reguengos de Monsaraz

“Uso indevido de vacina”

“A ter acontecido, foi um uso indevido da vacina”, refere Francisco Ramos, coordenado do plano de vacinação covid.

Em causa está o facto de José Calixto, presidente da câmara de Reguengos de Monsaraz, ter tomado a vacina da covid 19, a 19 de janeiro.

As declarações de Francisco Ramos foram dadas à SIC.

José Calixto reagiu a um dos comentários disponíveis na foto que o autarca mostra a prova de ter sido vacinado.

Segundo o autarca o sua pessoa deverá “enquadrar enquanto Autoridade Municipal de Proteção Civil que, a par dos Bombeiros, temos responsabilidades diárias na tomada de decisões em focos de problemas que quase diários.

Mas não, nessa missão não fomos ainda considerados prioritários como devia ser.

A minha situação está sim enquadrada nas responsabilidades que tenho na Instituição que tem a seu cargo mais de sete dezenas de idosos que é absolutamente prioritário defender”, explicou o autarca.

Continuar a ler
Publicidade

Agricultura

Investigadores demonstram mau uso da água e destruição do território em Alqueva.

Comissão de Agricultura e Mar ouviu relatos.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Audição a investigadores

“Investigadores da Universidade de Évora falam em mau uso da água de Alqueva”

A Comissão de Agricultura e Mar, ouviu vários investigadores do Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, o Ambiente e o Desenvolvimento, entre eles alguns que leccionam na Universidade de Évora.

A exposição foi pedida pelos próprios investigadores, tendo sido acompanhada de um parecer técnico a respeito da política pública para o regadio e do Plano Nacional de Investimentos 2030.

Muitas organizações ambientalistas têm vindo a manifestar-se contra a atual gestão das águas do Alqueva e contra a destruição de recursos naturais que os modelos de produção agrícola intensivos e superintensivos têm vindo a gerar ao longo dos anos.

Mais recentemente, têm sido crescentes os protestos e os alertas lançados por muitos especialistas e académicos que vão no mesmo sentido, como foi o caso de um comunicado emitido em Julho de 2020 e publicado no Jornal Expresso, onde anunciavam que a coesão territorial do Alentejo estaria em risco.

Oiça a opinião dos investigadores.

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!