Siga-nos

Últimas

Universidade de Évora vai estudar o Tapete de Arraiolos

Município de Arraiolos e Universidade de Évora assinam protocolo

TDS noticias

Publicado

em

Na sessão de abertura do evento ‘O Tapete está na Rua’, a Câmara Municipal de Arraiolos e a Universidade de Évora assinaram um protocolo que visa a investigação pelo UÉvora – Laboratório HERCULES na área da tinturaria e outras matérias ligadas ao Tapete de Arraiolos.

Refira-se que esta é uma infraestrutura de investigação da Universidade de Évora vocacionada ao estudo e à valorização do património cultural, através de metodologias das ciências dos materiais.

A Presidente da Câmara Municipal de Arraiolos, Sílvia Pinto e a Reitora da Universidade, Ana Costa Freitas assinaram o referido protocolo que formaliza a cooperação entre a Câmara Municipal e a Universidade no âmbito das atividades desenvolvidas pelo Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos.

Sílvia Pinto considerou que este protocolo “permitirá consolidar as medidas de salvaguarda do Tapete de Arraiolos constituindo um contributo importante para o desafio permanente de preservar e qualificar o Tapete de Arraiolos.”

A Reitora da Universidade, Ana Costa Freitas deu relevância ao papel da Universidade na sua relação com o meio onde se insere enquanto entidade detentora de conhecimento cientifico e à sua capacidade de o transmitir e de o colocar ao serviço das pessoas, fazendo o caminho na conjugação do saber com a experiência.

Através da equipa da UÉvora – Laboratório HERCULES, coordenada por Cristina Dias será promovida a reformulação da informação e meios museológicos e museográficos fornecidos aos visitantes do CITA no que concerne a conteúdos subordinados às temáticas do tingimento das lãs com corantes naturais e consequente degradação da cor.

Será prestada consultoria científica na confeção de tapetes de Arraiolos no CITA para fins exclusivamente museológicos, apoio técnico e material no que concerne ao projeto de realização de uma exposição temporária no CITA com tapetes de Arraiolos confecionados com a técnica do bordado em ponto pé-de-flor sobre telas de estopa de linho e com lãs tingidas com corantes e mordentes naturais.

Acidentes

Dois mortos por inalação de gás em Portalegre

Vitimas eram da zona de Alcobaça.

Carla Correia

Publicado

em

Duas pessoas morreram e duas ficaram feridas por inalação de gás esta terça-feira de manhã, na Urra (Portalegre).

O alerta foi dado às 7.16.

As vitimas mortais tem 25 e 48 anos.

Um dos feridos ligeiros foi transportado para o Hospital da Marinha, em Lisboa, o outro já recebeu alta no Hospital de Portalegre.

As vitimas não são da zona de Portalegre, estavam a residir temporariamente na Urra para trabalhar na Construção Civil.

A GNR tomou conta da ocorrência.

O caso foi entregue à Policia Judiciária.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento