Siga-nos

Educação

Universidade de Évora suspende aulas presenciais até final do ano letivo

Mantem-se assim a decisão em vigor desde 16 de março

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Universidade de Évora (UÉ) suspendeu as aulas presenciais até ao final deste ano letivo, sendo substituídas por ensino à distância.

Mantem-se assim a decisão em vigor desde 16 de março, sendo que apenas em casos excecionais, de que são exemplo as aulas de laboratório, se prevê a eventual reposição presencial, no final do calendário escolar e em moldes a definir e informar no decorrer desta semana.

Em Circular difundida hoje à Academia a Reitora, Ana Costa Freitas, reitera o apelo à comunidade académica para que mantenha o civismo, o distanciamento social, bem como a observância das medidas de contenção amplamente divulgadas pelas Autoridades de Saúde.

No mesmo documento são estabelecidas normas adaptadas para os estudantes alojados nas residências universitárias da UÉ, nomeadamente, em relação a saídas ou situações que exigem isolamento, por forma a garantir o cumprimento das normas de proteção e segurança favoráveis à contenção e mitigação da COVID-19.

Ana Costa Freitas salienta, ainda, que “a situação que se vive é desconhecida para todos, mas, do pouco que é conhecido, temos uma garantia, o afastamento social é importante e, para já, parece ser o único meio para evitar uma propagação acelerada do surto”.

Recorde-se que a Universidade de Évora iniciou precocemente as medidas para contenção da COVID-19, desde a suspensão de visitas aos edifícios e das mobilidades de estudantes, docentes e não-docentes, até à efetiva suspensão das aulas presenciais a partir de 16 de março.

Durante este período foram diversas as medidas e as ações implementadas. Por um lado, dirigidas à comunidade académica, como o acesso a formação em e-Learning , ministrada por uma equipa de professores da UÉ com larga experiencia nesta área e pelos Serviços de Informática, a disponibização de ferramentas de ensino à distância, a criação de uma linha de apoio psicológico ou iniciativas de natureza lúdica, para ocupação de tempos livres, no sentido de partilha e minimização dos efeitos deste isolamento.

Por outro lado, para a comunidade em geral, a UÉ tem mobilizado várias ações, como a disponibilização à ARS Alentejo de equipamentos científicos essenciais para testar a COVID-19 e materiais de proteção aos profissionais de saúde. Ao nível da investigação, a UÉ está a desenvolver um sistema que permitirá reduzir o tempo de atendimento da Linha SNS24.

Educação

Ministros da educação e administração interna em Elvas.

Tiago Brandão Rodrigues, garantiu esta quarta-feira que as medidas preventivas à covid-19 estão a ser asseguradas

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Ministros em Elvas

” … medidas preventivas à covid-19 estão a ser asseguradas”

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, garantiu esta quarta-feira que as medidas preventivas à covid-19 estão a ser asseguradas nas aulas de Educação Moral e Religiosa Católica, sustentando que as turmas são pequenas, existindo afastamento social.

O ministro da Educação falava aos jornalistas em Elvas, acompanhado pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Os governantes deslocaram-se à cidade da raia alentejana, para assistirem a uma ação de sensibilização da PSP junto dos alunos do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Elvas sobre as medidas para prevenir e combater a pandemia de covid-19.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!