Siga-nos

Educação

Universidade de Évora recebe maior número de sempre de estudantes internacionais

Nos últimos anos, sobretudo desde a entrada em vigor do Estatuto do Estudante Internacional, a Universidade de Évora tem vindo a reforçar o seu posicionamento ao nível internacional.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O número de estudantes internacionais matriculados em Licenciaturas e Mestrados Integrados registou este ano um aumento na ordem dos 50% em relação ao ano letivo anterior, dados que confirmam a tendência de crescimento dos últimos anos, numa altura em os resultados da 3ª fase de candidaturas estão ainda por apurar.

Cerca de 600 estudantes, oriundos de 22 países, escolheram este ano letivo a UÉ para iniciar ou prosseguir a sua formação académica, em todos os ciclos de estudo, 233 dos quais em Licenciatura e Mestrado Integrado. A estes somam-se os mais de 150 estudantes no âmbito de Programas de Mobilidade, como o Erasmus+. Entre os cursos de Licenciatura e Mestrado Integrado com maior procura estão: Engenharia de Energias Renováveis, Engenharia Informática, Biologia, Relações Internacionais, Economia, Ciências da Educação, Arquitetura, Gestão, Sociologia, Psicologia e Ciências do Desporto.

O crescente interesse pela Universidade de Évora é justificado em parte pelo esforço de divulgação que tem sido feito nos últimos anos, seja ao nível do território nacional, através de uma forte presença em escolas e feiras dedicadas, seja ao nível internacional, pela presença em plataformas digitais e em certames de referência dedicados à educação, bem como pelo estabelecimento de múltiplas ligações com outros países e instituições. A esta dimensão soma-se ainda a criação de serviços dedicados ao estudante, resultado do contínuo desenvolvimento de mecanismos internos que potenciam um melhor atendimento aos candidatos e uma maior proximidade com os estudantes.

Nos últimos anos, sobretudo desde a entrada em vigor do Estatuto do Estudante Internacional, a Universidade de Évora tem vindo a reforçar o seu posicionamento ao nível internacional, por várias vias, quer através do estabelecimento de parcerias com instituições de diversos países, nomeadamente Espanha, Turquia, Itália ou Brasil, quer através da participação em Programas de Mobilidade, destacando-se o Programa Erasmus +.

Em resultado desta estratégia, o número de estudantes estrangeiros na Universidade de Évora não tem parado de crescer, considerando a Reitoria que esta aposta contribuirá, de forma progressiva, para o incremento da qualidade, na medida em que proporciona aos estudantes um ensino em ambiente multicultural, com todas as vantagens que lhe estão associadas.

Educação

Jovem de 16 anos agredida na escola de Campo Maior foi transferida para Lisboa

Pontapés na cara, por parte de colega, provocaram lesões com gravidade

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A aluna terá sido agredida com vários pontapés por parte de um colega na Escola Secundária de Campo Maior.

As agressões aconteceram dentro da sala de aula com a jovem a ser ponteada no próprio rosto.

Os violentos pontapés terão provocado a fratura da cana do nariz assim como ferimentos numa das vistas. A estudante, na Escola Secundária de Campo Maior, foi transportada para o Hospital de Campo Maior tendo sido posteriormente transportada para o Hospital de Santa Maria em Lisboa.

A jovem terá hoje uma consulta de cirurgia plástica.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul