Siga-nos

Crime

Um dos maiores traficantes de armas do mundo vivia em Évora. Foi detido pela policia Belga.

As autoridades apanharam-lhe o rasto devido ao transporte de cavalos do sul de França para Portugal no mês passado.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O maior traficante de armas da Bélgica e um dos maiores do mundo foi detido numa herdade situada perto de Évora.

Jacques Monsieur tinha sido condenado a quatro anos de prisão e multa de 1,2 milhão de euros, por tráfico de armamento para a Líbia, Chade, Paquistão e Irão.

Após o julgamento, fugiu e viveu escondido em Évora e foi aqui que foi preso, na passada quarta-feira, por uma equipa especial da Fugitive Active Search Team (FAST) da Polícia Federal belga a pedido de um tribunal daquele país.

Jacques Monsieur vendeu 100 mil armas automáticas à Líbia; tanques e helicópteros à Guiné Bissau; material militar ao Irão, 200 mil armas automáticas e munições, helicópteros e outras aeronaves militares ao Chad (na altura em guerra civil); e lança rockets e metralhadoras ao Paquistão.

Monsieur – que esteve ao serviço do Exército belga até 1980 – já tinha sido condenado a 23 meses de prisão nos Estados Unidos em 2010 por tentar contrabandear peças de aviões de guerra para o Iraque.

Em 2002, um tribunal de Bruxelas sentenciou Monsieur a mais de três meses de prisão por vender armas, incluindo lança-granadas e partes de mísseis ao Irão, China, Equador, Bósnia-Herzegovina e Croácia, nas décadas de 1980 e 1990.

O homem de 66 anos deverá ser presente hoje no Tribunal da Relação de Évora para decidir a sua eventual extradição para a Bélgica.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

Homem cultivava cannabis em casa para vender em Odemira e Lisboa

Homem reside em S.Teotónio, Odemira, e vai ficar em prisão preventiva até julgamento.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Homem de 60 anos fica em prisão preventiva por posse de mais de nove mil doses de cannabis

 O Comando Territorial de Beja, através da Secção de Informações e Investigação Criminal, deteve um homem de 60 anos, por tráfico e cultivo de estupefacientes, em São Teotónio, no concelho de Odemira.

Na sequência de uma investigação que durou dois meses, pelo crime de cultivo e tráfico de estupefacientes, foi possível apurar que o suspeito cultivava cannabis na sua residência e comercializava o produto na zona de Odemira e Lisboa.

No decorrer da ação foi dado cumprimento a três mandados de busca, dos quais um à residência do suspeito e dois aos seus veículos, que culminou na apreensão de 9 600 doses de cannabis. Para alem da droga foram ainda apreendidos uma caçadeira; uma pistola de airsoft; uma réplica de arma de fogo; dois portáteis; dois tablets; dois telemóveis; um veículo e 850 euros em numerário.

No decorrer das buscas ainda foi apreendido diverso material utilizado na produção e preparação do estupefaciente, nomeadamente, produtos químicos, sistemas de ventilação, rega e calor, produtos esses que permitiam o total controlo da temperatura, exposição de luz e todos os elementos do cultivo, para promover uma colheita contínua.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul