Siga-nos

Turismo

Turismo do Alentejo / Ribatejo investe 350 mil euros para a dinamização do Enoturismo

Em 2018 o Alentejo foi a região do país que mais cresceu nos mercados internacionais – mais de 7% face a 2017 –, tendo ultrapassado, pela primeira vez, a barreira do milhão de hóspedes.

Avatar

Publicado

em

Comprometida em promover e qualificar o Enoturismo, contribuindo igualmente para o desenvolvimento da região, a ERT Alentejo e Ribatejo investiu cerca de 350 mil euros no projeto “Organização, Estruturação e Promoção Empresarial do Enoturismo no Alentejo e Ribatejo”. Esta iniciativa contou com o apoio financeiro da União Europeia e levou à criação de um cluster do setor na região, com base numa avaliação do tecido empresarial e análise das potencialidades existentes.

Numa parceria entre as entidades do Turismo e do Vinho do Alentejo e do Ribatejo, o projeto abrangeu globalmente 100 agentes de enoturismo, entre o Alentejo e a sub-região da Lezíria do Tejo, que, pela primeira vez, se uniram numa ação coletiva concertada com o objetivo de definir uma estratégia integrada da atividade na região, bem como de implementar ações de capacitação empresarial junto dos gestores de enoturismo.

O projeto levou ainda ao desenvolvimento de um conjunto de materiais promocionais que posicionam a região do Alentejo e Ribatejo como um dos melhores destinos de enoturismo, como é o caso de filmes promocionais temáticos e guias de enoturismo. Editados pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e desenvolvidos em parceria com Associação de Produtores de Vinhos da Costa Alentejana (APVCA), Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) e Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo, estes guias estão divididos em dois volumes, um dedicado ao Alentejo, e o outro à região do Tejo. Contam com descrições pormenorizadas de cada produtor, informação relativa às castas e também referências históricas sobre a família e o património do produtor, para além de informação geral sobre a oferta enoturística da região. Foi igualmente desenvolvida uma análise integrada ao posicionamento digital, para uma presença mais eficaz neste canal.

Para António Ceia da Silva, Presidente da ERT Alentejo e Ribatejo, “Este projeto tem uma enorme relevância para a região. Acreditamos que a qualificação na prestação de serviços e a capacitação empresarial dos produtores, terão um importante efeito económico multiplicador no Alentejo e Ribatejo durante vários anos”.

Sendo considerado um destino turístico por excelência a nível mundial, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, no ano de 2018 o Alentejo foi a região do país que mais cresceu nos mercados internacionais – mais de 7% face a 2017 –, tendo ultrapassado, pela primeira vez, a barreira do milhão de hóspedes. Resultados mais recentes indicam quem em janeiro de 2019, este destino foi também o que mais cresceu em termos de dormidas globais (19%).

 

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Turismo

Odemira abre nova época balnear

Em todas as praias do concelho é proibida a circulação e permanência de cães que não sejam animais de assistência, conforme consta dos respetivos editais de praia.

TDS noticias

Publicado

em

O concelho de Odemira abre oficialmente a época balnear no dia 15 de junho, com doze Bandeiras Azuis, seis praias com Bandeira de Qualidade Ouro, cinco Praias Acessíveis e duas Praias Naturistas, a maior qualificação e diversidade de sempre.

Além de três novas praias com Bandeira Azul, outras novidades na presente época balnear em Odemira incidem numa nova Praia Naturista e a preparação de outra onde a presença do melhor amigo do homem é autorizada (processo ainda em curso).

Em 2019, doze praias do concelho de Odemira recebem a Bandeira Azul, o símbolo de qualidade e excelência atribuído pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa. As praias do Malhão, Malhão Sul, Franquia e Farol (em Vila Nova de Milfontes), Furnas Rio, Furnas Mar e Almograve e Almograve Sul (na freguesia de Longueira/Almograve), Zambujeira do Mar, Alteirinhos e Carvalhal (freguesia de S. Teotónio) e a praia fluvial de Santa Clara-a-Velha irão hastear a Bandeira Azul.

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza voltou a atribuir a bandeira de Qualidade de Ouro a seis praias de Odemira: Malhão, Franquia, Furnas Rio, Almograve, Zambujeira do Mar e Carvalhal. Esta distinção é atribuída a todas as praias que tenham qualidade “Excelente” nos últimos 4 anos.

Praia Acessível é outra importante classificação atribuída às praias da Franquia, Furnas Rio, Furnas Mar, Zambujeira do Mar e Carvalhal. O galardão “Praia Acessível – Praia para Todos” pretende dotar as zonas balneares de um conjunto de condições que permitam o seu uso universal e resulta de uma parceria entre o Instituto Nacional para a Reabilitação, a Agência Portuguesa do Ambiente e o Turismo de Portugal.

Duas praias naturistas

Para os adeptos do naturismo, existem duas praias classificadas oficialmente no concelho de Odemira. Desde 2019 a praia do Malhão Norte é também oficialmente uma praia naturista, tal como Alteirinhos Sul, assim classificada desde 2008.

Zona balnear oficial para cães

Para a época balnear de 2019, a Câmara Municipal de Odemira deliberou a aprovação de uma zona de uso balnear canino, na zona mais a sul da Praia do Malhão, encontrando-se este processo ainda em fase de desenvolvimento, junto das diversas entidades. Neste espaço os animais devem estar com trela e/ou açaime e os dejetos devem ser obrigatoriamente recolhidos e depositados em local apropriado disponibilizado para o efeito.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento