Siga-nos

Economia

Tribunal de Contas aprova compra de aviões que tem componentes feitos em Évora

António Costa assinou contrato que envolve a compra de 5 aviões KC-390

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Tribunal de Contas deu parecer positivo ao contrato de compra dos KC-390 por 827 milhões de euros

A decisão judicial era o último passo que faltava para o negócio avançar em definitivo, depois de o contrato ter sido assinado em agosto passado pelo primeiro-ministro.

As aeronaves vão substituir os velhinhos Hércules C-130, que operam a partir da base aérea do Montijo.

Portugal é o primeiro país europeu a adquirir os KC-390, que são produzidos maioritariamente no Brasil, com componentes fabricados no Parque da Indústria Aeronáutica de Évora, divulgou na altura o Ministério da Defesa Nacional.

Embraer entrega primeiro KC390. Portugal comprou 5 como este entregue à Força Aérea Brasileira.

Já conhece o KC-390 ? Os aviões que Portugal comprou em contrato hoje assinado em Évora.(vídeo)

António Costa assina em Évora contratos de 827M€ para compra de 5 aviões KC-390

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Economia

Em Elvas, ministro lamenta que durante décadas os governos tenham desinvestido na ferrovia.

A TDS acompanhou o governante na viagem às obras do troço já concluído entre Elvas e Caia. Veja o vídeo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto e Imagens: TDS (direitos reservados)

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, lamentou esta segunda-feira o desinvestimento na ferrovia por parte dos sucessivos governos.

O governante afirmou que “ Não tenhamos problemas em dizer as coisas como elas são, durante décadas os sucessivos governos desinvestiram na ferrovia e investiram no automóvel. Felizmente nós temos agora um Governo que está novamente a investir na ferrovia, nós temos de assumir as coisas como elas são”, disse.

O ministro falou aos jornalistas, em Elvas, após a assinatura do auto de consignação da empreitada de construção do novo troço ferroviário entre Alandroal (Évora) e Elvas (Portalegre), uma obra que conta com um investimento superior a 130 milhões de euros, inserida no Corredor Internacional Sul.

A nova Linha de Évora terá uma extensão total de cerca de 100 quilómetros, 80 dos quais de construção nova. Ao longo do troço serão construídas 52 passagens superiores e inferiores à via férrea, 29 pontes e viadutos ferroviários e três estações técnicas.

A linha é constituída pelos sub-troços: Évora Norte/Freixo com 20,5 quilómetros de extensão, Freixo/Alandroal com 20,5 quilómetros e Alandroal/Elvas com 38,4 quilómetros.

A futura linha entre Évora e Elvas representa um investimento de cerca de 500 milhões de euros, comparticipado por fundos europeus.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul