Últimas:
Três militares da GNR agredidos num café em Cuba. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Notícia TDS

Três militares da GNR agredidos num café em Cuba.

Só o corpo de intervenção conseguiu colocar fim às agressões.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Militares agredidos são dois do posto de Cuba e um terceiro do destacamento de intervenção de Beja.

“3 militares agredidos tiveram que receber assistência no Hospital de Beja”

A TDS sabe que um dos militares tem um golpe na testa e um outro saiu do local de maca. O primeiro militar a chegar ao local terá sido atingido com uma garrafa na testa. A informação foi adiantada à TDS por populares que assistiram aos tumultos.

Tudo se passou no café Estrela, em Cuba. Três homens envolveram-se em agressões com o proprietário do estabelecimento.

Um dos militares da guarda que estava em casa a descansar, (pertencente ao destacamento de intervenção de Beja)  e que reside próximo do café tentou colocar fim às agressões mas acabou ferido.

Igualmente feridos ficaram mais dois elementos da GNR de Cuba que se deslocaram em serviço ao local. São os 3 feridos da GNR que estão a receber assistência no Hospital de Beja.

Os agressores são 3 homens, da mesma família, que acabaram por ser detidos por elementos do destacamento de intervenção da GNR de Beja.

Nesta altura estão detidos no posto territorial de Beja da GNR. Deverão ser ouvidos amanhã por um juiz.

No local esteve o destacamento de intervenção de Beja assim como militares de Vidigueira e Cuba.

No local estiveram ainda elementos dos NIC de Beja ( Núcleo de Intervenção Criminal ).

Os incidentes tiveram lugar cerca das 20h30 de hoje.

Homem que agrediu militares da GNR em Ponte de Sor tinha plantação de droga em casa.

Notícia TDS

Filas na rua ao frio e chuva. Utentes sem afastamento social.

Começou a vacinação em Évora com protestos dos utentes pela má organização.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Inicio da vacinação em Évora marcada por protestos

“Utentes na rua ao frio e chuva”

Muitos utentes que foram convocados para a vacinação em Évora queixam-se de que tiveram que ‘esperar na rua com frio e com chuva”.

O número de convocatórias para a mesma hora terá sido elevado o que fez com que dezenas de pessoas, idosos nalguns casos com mais de 80 anos, tivessem com frio e chuva no exterior da Arena de Évora.

Os serviços de saúde continuam a convocar utentes para os próximos dias de vacinação.

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!