Últimas:
Trator híbrido com drone é a última ‘maravilha’ na agricultura (vídeo) – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Agricultura

Trator híbrido com drone é a última ‘maravilha’ na agricultura (vídeo)

O veículo foi, entretanto, distinguido com o prémio Good Design 2020.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Todos os fabricantes de automóveis estão a desenvolver veículos eléctricos. Mas esta é uma tecnologia complexa, que os tractores agrícolas também querem explorar.

“O veículo foi, entretanto, distinguido com o prémio Good Design 2020.”

A Steyer, reputado fabricante de veículos agrícolas, apresentou um protótipo do tractor do futuro, que apelidou Steyer Konzept.

O tractor deste fabricante germânico recorre a uma mecânica híbrida, em que um motor a gasóleo apenas funciona como gerador, optimizando o seu funcionamento destinado a gerar electricidade, diminuindo consumos e emissões, para depois confiar em motores eléctricos para se deslocar e realizar as desejadas funções.

Quatro motores eléctricos, cada um instalado na sua roda, garantem a tracção em qualquer tipo de piso. Esta solução, que tem a contrariedade de tornar a massa não suspensa superior, é uma limitação importante num automóvel, especialmente se tiver pretensões desportivas, mas não parece ser nada impeditiva num veículo de trabalho deste tipo, lento e pesado.

Oferece ainda a vantagem de ter menos peças móveis, simplificando a mecânica e as operações de manutenção.

O Steyer Konzept recorre a uma bateria recarregável, mas um dos pormenores mais curiosos é o facto de estar equipado com um drone, que pode fazer descolar para estudar a seara e preparar a colheita, para depois projectar as informações num head-up display no pára-brisas.

Por muito interessante que seja este protótipo, a realidade é que as máquinas agrícolas estão mais avançadas do que muitos possam pensar, estando já disponíveis máquinas autónomas e 100% eléctricas, que dispensam condutores ou funcionários para realizar as suas operações.

Com ‘Observador’.

Continuar a ler
Publicidade

Agricultura

Associação de Beneficiários do Mira obrigada a regularizar caudal do rio Mira.

ABMira coloca em causa a vida selvagem

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Agência Portuguesa de Ambiente (APA) solicitou à Associação de Beneficiários do Mira, “as medidas necessárias à minimização» do corte do caudal ecológico do rio Mira

“APA notifica APMira”

A APA/Administração da Região Hidrográfica do Alentejo, refere que a ABM foi alertada para os «potenciais problemas que advirão» se não tomar medidas para corrigir a situação «com a máxima brevidade».

A confirmação foi dada por André Matoso, diretor regional da APA, ao site ‘Sul Informação’.

O mesmo responsável acrescentou que «não foi indicado [à ABM] um prazo concreto», mas foi «transmitida a necessidade de ser resolvida esta situação com a máxima brevidade».

O corte do caudal da água que sai da Barragem de Santa Clara levou a que o nível das águas a jusante da albufeira descesse de forma drástica.

Além de causar problemas a quem usa a água do rio para rega, este corte põe também em causa a vida selvagem no vale de Santa Clara.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!