Últimas:
Transferência de doentes em Beja – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Transferência de doentes em Beja

Cinco doentes sem necessidade de ‘meio hospitalar’ foram para a base aérea de Beja.

foto e vídeo: Bruno Baltazar | TDS (direitos reservados)
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Centro de acolhimento de doentes, disponibilizado pela Força Aérea na Base Aérea N.° 11, em Beja, como Estrutura de Apoio de Retaguarda (EAR), recebeu, cinco doentes infetados por COVID-19, provenientes do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja.

“Transferência de doentes em Beja”

Os doentes foram acolhidos, na sequência de um pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil ao Estado-Maior-General das Forças Armadas.

Este Centro de Acolhimento, a funcionar como EAR, com 68 camas, disponibiliza alojamento e alimentação aos doentes e é guarnecido e gerido por pessoal do Serviço Nacional de Saúde, da Segurança Social e da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

As Forças Armadas disponibilizaram ao Serviço Nacional de Saúde e ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, 12 centros de acolhimento de doentes, em unidades militares dos três Ramos, no Continente e Ilhas, os quais dispõem de um total de 770 camas, disponíveis para acolher doentes infetados por COVID-19, sem critérios de gravidade.

Saúde

Covid-19: Alandroal o concelho do país com ‘piores’ números.

Surto nas obras da ferrovia complicam as contas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Maior incidência do vírus a 14 dias

” Obras na ferrovia na origem de surto em Alandroal “

Alandroal, é o concelho do país que suscita maior preocupação.

Regista uma maior incidência do vírus a 14 dias.

No período de 24 de março a 6 de abril, o município apresenta uma incidência de 581 casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados do último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

É um dos dois concelhos em risco muito elevado, registando um aumento significativo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Na atualização anterior, a 5 de abril, Alandroal apresentava uma incidência de 200 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Em risco elevado, com uma incidência entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Barrancos, Odemira e Moura, na região Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!