Últimas:
Soam as Guitarras em Setúbal – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Agenda

Soam as Guitarras em Setúbal

Com concertos de Salvador Sobral, de Jorge e Vicente Palma, de Budda Guedes e João Cabeleira e de Samuel Úria com Cláudia Pascoal

Publicado

em

Entre 6 e 9 de abril, em Setúbal, as cordas são as rainhas do festival “Soam as Guitarras”.

“A sexta edição do evento que tem como objetivo a promoção da guitarra e das cordas”

Salvador Sobral e os convidados André Santos e Manuel Rocha abrem no dia 6, às 21h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, promovem a Guitarra e as cordas nas suas múltiplas abordagens, em ambientes de grande proximidade com o público.

Durante a digressão de apresentação do disco “bpm”, Salvador Sobral convocou Manuel Rocha, o guitarrista da irmã Luísa, para substituir André Santos em algumas datas ao vivo.

Manuel Rocha assumiu a função, por vezes ingrata, de ser o segundo guitarrista da banda, mas, nas palavras de Salvador Sobral, os dois instrumentistas “representam mundos completamente distintos, com timbres e estilos diferentes” e são “ambos muito musicais e emocionais”.

André e Manuel sobem ao palco do Fórum Municipal Luísa Todi para dedilharem em conjunto as cordas que acompanham a voz do Salvador Sobral neste concerto.

A programação do festival Soam as Guitarras prossegue a 7 de abril com um espetáculo, às 21h00, igualmente no Fórum Luísa Todi, que partilha a cumplicidade entre pai e filho, Jorge e Vicente Palma, que harmonizam vozes e guitarras numa equação onde também não falta o piano, paixão de ambos.

Budda Guedes e João Cabeleira apresentam-se a 8 de abril, às 21h00, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, para um concerto que junta duas gerações distintas de músicos.

Desde algumas composições inéditas a músicas da autoria e do reportório de Budda Guedes e a uma versão eletrizante de “Verdes Anos”, o espetáculo mostra os dois músicos portugueses numa versão mais crua do que o habitual.

A encerrar o festival Soam as Guitarras, no dia 9, às 21h00, Samuel Úria leva “Canções do Pós-Guerra” ao Cinema Charlot – Auditório Municipal, num concerto com a participação especial de Cláudia Pascoal.

O título do concerto coincide com o nome do disco de originais que Samuel Úria lançou no final de 2020, alusivo a uma guerra interior e espiritual, que obriga a olhar para dentro, naquilo que se assume não como um exercício egocêntrico, mas antes como parte de um caminho de necessária partilha.

O cantautor apresenta outros temas da sua discografia e convida Cláudia Pascoal a interpretar alguns deles, entre os quais a canção “Viver”, que compôs para ela.

Os bilhetes para os concertos estão à venda em: www.bol.pt

O festival Soam as Guitarras 2022 é coorganizado pela Ghude e câmaras municipais de Setúbal, Oeiras, Évora e Póvoa de Varzim, com as parcerias da Cision e da Antena 1 e SIC Notícias enquanto media partners

Continuar a ler
Publicidade

Agenda

Ataque ao Forte da Graça, em Elvas.

É só uma recriação histórica.

Publicado

em

Ataque ao Forte da Graça

4 e 5 de junho

O Forte da Graça vai ser palco de recriação histórica, nos próximos dias 4 e 5 de junho, organizado pela Câmara Municipal de Elvas com o apoio do Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida, Associação Napoleónica Portuguesa e Associação Portuguesa para a Preservação e Estudo de Armas Históricas.

A iniciativa pretende ser uma simulação histórica de Ataque ao Forte e evocar o cerco ocorrido no ano de 1811 pelo exército Francês, comandado pelo General Jean de Dieu Soult, proporcionando aos habitantes e visitantes vivenciar os costumes e vivências da época.

Para estes dias de encenação histórica vamos ter no Forte da Graça bancas de artesanato, produtos da terra, tabernas, desfile pelas ruas do Centro Histórico, em autênticas recriações históricas, que oferecem um leque variado de vivências e experiências num ambiente único e inesquecível.

O evento conta ainda com demonstrações de tiro de infantaria e artilharia nas muralhas do forte; fosso com demonstrações de cavalaria; baile oitocentista no cruzeiro e recriação histórica noturna de combate entre o terrapleno e revelim.

Continuar a ler

Agenda

O Tapete volta a estar na rua, em Arraiolos.

De 8 a 12 de junho

Publicado

em

O Tapete está na Rua 2022

Arraiolos – 8 a 12 de junho

“O Tapete está na Rua” tem como objetivo promover – salvaguardar, divulgar e dar a conhecer – os “saberes e saberes fazer”, que numa região, as gentes souberam ou puderam expressar, é mais valia necessária e indispensável a todo e qualquer processo de desenvolvimento integrado, seja qual o âmbito a que circunscreve (local, regional, nacional).

“O Tapete está na Rua” é um evento promovido pelo Município de Arraiolos e integra um conjunto de atividades culturais, nomeadamente exposições, animação cultural, colóquios e debates, com especial destaque para a “Mostra de Tapetes de Arraiolos”  no Centro Histórico da Vila.

Esta iniciativa pretende  dinamizar a economia local e dar a conhecer o artesanato, a gastronomia e outros produtos locais.

Este certame pretende salvaguardar, preservar e divulgar a qualidade e diversidade da identidade arraiolense e alentejana, valorizando o artesanato mais genuíno “O Tapete de Arraiolos”.

A valorização do Tapete de Arraiolos e a promoção desta arte terá um espaço privilegiado no encontro “Património Cultural Imaterial no Alentejo: Da Recolha e Inventariação à UNESCO”, mais um passo no caminho para a inscrição do “Tapete de Arraiolos” por parte da UNESCO como Património Imaterial da Humanidade. 

Os largos e as ruas abrem-se em mostras e exposições que refletem a diversidade cultural dos que o Alentejo viu nascer ou daqueles que encontraram nestas terras fonte de inspiração.

Os tapetes de Arraiolos, têxteis bordados de qualidade são, de há séculos, imagem de marca  da qual a vila e o concelho são indissociáveis.

Arte antiga feita de muitos “saberes” e um mesmo “saber fazer” que artesãs exímias souberam construir.

O evento é um contributo para a defesa do “Tapete de Arraiolos”, de forma a que as empresas produtoras e as bordadeiras do nosso concelho possam exercer a sua atividade com dignidade.

De 8 a 12 de junho o concelho de Arraiolos convida-vos a visitar a história, a cultura, a gastronomia, o artesanato e um conjunto de atividades e exposições que o programa do “Tapete está na Rua 2022” lhe pode facultar, bem como usufruir duma estada tranquila na nesta terra que está no coração do Alentejo e ficará no seu.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!