Siga-nos

Justiça

Só 6% dos casos de corrupção resultam em acusação

Na opinião do procurador, o problema é a falta de meios humanos e técnicos. “Para investigar um crime destes é preciso seguir o rasto do dinheiro.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Nos primeiros seis meses de 2019, só 6% dos processos de corrupção resultaram numa acusação do Ministério Público (MP). Em 2014, 15% das denúncias deram origem a processos em tribunal, mas, passados cincos anos, o número desceu para metade.

António Ventinhas, procurador e presidente do Sindicatos dos Magistrados do Ministério Público (MP), disse ao semanário Expresso que a taxa de arquivamento é superior à média da de outros crimes porque, em primeiro lugar, o MP não pode avançar com acusações sem ter provas.

E o que acontece é que algumas das denúncias acabam por ser falsas e com motivações de índole eleitoral, ou então não é possível estabelecer-se uma ligação entre determinado acto e o recebimento de alguma vantagem.

O que é difícil e requer meios humanos e técnicos”, disse ao Expresso. Além da falta de meios da Unidade de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária, diz o presidente do sindicato, o MP não consegue dar resposta na fase de julgamento e constituir uma equipa para trabalhar nos grandes casos. “Às vezes, está um procurador sozinho de um lado contra 20 ou 30 advogados do outro”, acrescentou.

Justiça

Mete piri piri na vagina da namorada do ex marido. Relação de Évora condenou a 4 anos.

Caso aconteceu em 2015 no ribatejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Mulher teve a ajuda do companheiro

O caso remonta a Julho de 2015. A mulher com a ajuda do seu companheiro apanhou a atual namorada do seu ex marido o colocou-lhe piri piri na vagina.

Aconteceu no ribatejo e no ano passado, em primeira instância, a mulher foi julgada no Tribunal de Santarém.

“A sentença não satisfez as partes e o processo acabou no Tribunal da Relação de Évora.”

A mulher acabou condenada pelos crimes de sequestro, roubo e coação, confirmando a sentença do Tribunal de Santarém.

A autora do crime foi condenada a 4 anos de prisão com pena suspensa apesar de negar os crimes.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022