Últimas:
“Sevenair” abre em Ponte de Sor e contrata 40 trabalhadores – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Economia

“Sevenair” abre em Ponte de Sor e contrata 40 trabalhadores

Inauguração agendada para dia 14 Janeiro

Publicado

em

Inauguração do Hangar da Sevenair no dia 14 janeiro

“Aeródromo Municipal de Ponte de Sor”

A Câmara Municipal de Ponte de Sor e a Sevenair inauguram o novo hangar da empresa no Aeródromo Municipal de Ponte de Sor, na próxima sexta-feira, dia 14, pelas 10h30, com a presença de diversas entidades oficiais e outras empresas que ocupam esta infraestrutura.

O projeto do grupo Sevenair implica um investimento faseado ao longo da concessão do hangar que agora se inicia, de mais de €7.4M e a contratação de cerca de 40 profissionais, sendo estes na sua grande maioria, licenciados ou com licenças aeronáuticas, revela o grupo.

A Sevenair é um grupo de empresas da área aeronáutica completamente vertical – detendo todas as áreas de atuação, desde a formação, manutenção, handling e companhia aérea, porventura a área mais visível das suas operações. Detém sete bases, Bragança, Vila Real, Viseu, Cascais, Portimão e Madeira. Todo o grupo é detido por capital privado de nacionalidade portuguesa e conta já com 33 anos no mercado, tendo, nos últimos cinco, feito o rebranding que a permitiu apresentar-se como Grupo Sevenair.

A Câmara Municipal de Ponte de Sor já tornou público que a Sevenair é uma das quatro empresas que se irão instalar no Aeródromo Municipal e que, juntas, no próximo ano criarão 250 postos de trabalho direto e investirão na cidade, cerca de 20 milhões de euros nos próximos anos.

A Sevenair pretende instalar duas grandes atividades no novo hangar: manutenção de aeronaves e formação de Técnicos de Manutenção de Aviões. No que concerne à manutenção, o foco da empresa “é captar o mercado das aeronaves turboprop da península ibérica e norte de áfrica, uma vez que com as atuais instalações em Cascais não estamos com capacidade de resposta. Estamos a falar de aeronaves monomotor e multimotor com até 10 toneladas”, refere Alexandre Alves CCO do grupo. Importa destacar que as divisões de manutenção do grupo (Sevenair Maintenance e Sevenair Avionics) são certificadas pela ANAC (Autoridade Nacional da Aviação Civil) em conformidade com as regras da EASA (autoridade europeia) para manutenção em 40 tipos de aeronaves de 15 diferentes fabricantes, o que lhe confere uma ampla possibilidade de captação de clientes internacionais.

Para Ponte de Sor, “tornar o seu Aeródromo um local de manutenção de aeronaves internacionais, com a expertise que isso acarreta, consolida a sua política de aposta de crescimento económico neste setor e afirma a relevância do cluster aeronáutico, ajudando-o a projetar-se internacionalmente”, refere Hugo Hilário, presidente da Câmara Municipal.

Na formação de Técnicos de Manutenção de Aviões, uma das áreas mais relevantes do grupo empresarial, pretende a Sevenair, “não só contribuir para que haja mais técnicos disponíveis numa área com grande escassez de profissionais qualificados, como a de dar suporte a outros projetos que se irão instalar no Aeródromo de Ponte de Sor e que de muita mão de obra qualificada necessitam”, acrescenta Alexandre Alves.

A divisão de formação (Sevenair Academy) é certificada pela ANAC, de acordo com as regras da EASA, e aprovada pela AAC (agência de aviação civil de Cabo Verde).

Economia

Depois da polémica Pedro Nuno Santos visita Sines.

Conheça o programa.

Publicado

em

Ministro afirma não se demitir.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, assumiu hoje “erros de comunicação” com o Governo nas decisões que envolveram o futuro aeroporto da região de Lisboa.

Em conter~encia de empresa o governante adiantou que “obviamente” se mantém em funções.

Amanhã irá visitar Sines .

O ministro, que preside a cerimónia, assiste à inauguração das obras de expansão do Terminal de Contentores do Porto de Sines, 1.ª Etapa da Fase 3.

Na inauguração estará também o Ministro dos Negócios Estrangeiros de Singapura, Vivian Balakrishnan.

PROGRAMA

15h30 – Receção

16h00 – 16h25: Visita à obra de expansão no cais (repórteres de imagem)

16h25 – 17h00: Discursos – Edifício PSA

17h00 – 18h00: Cocktail

Continuar a ler

Economia

Termina hoje a Santiagro

Certame voltou a realizar-se este ano.

Publicado

em

Está a decorrer a 34.ª Santiagro – Feira Agropecuária e do Cavalo

inauguração oficial ocorreu no dia 2 de junho

O certame prolonga-se até dia 5 de junho no Parque de Feiras e Exposições de Santiago do Cacém com um programa que oferece inúmeras propostas que refletem o que de melhor o Concelho tem para oferecer.

O Presidente da Autarquia, Álvaro Beijinha, afirmou que está de “volta com aquela que é a maior montra do que se produz no Concelho e na região, um espaço de partilha entre produtores, que potencia oportunidades de negócio e de excelência para se sentir a riqueza e a variedade do mundo rural.”

Reconhecendo que os últimos tempos “têm sido marcados por dificuldades,” mas “cientes da importância que a Santiagro assume na economia do Concelho” o Autarca crê que o certame “poderá desempenhar um papel na alavancagem das atividades económicas que tanto têm sofrido nestes dois últimos dois anos.” Por estas razões a Câmara Municipal decidiu avançar com a sua realização, tendo, também, como base o facto das restrições impostas para o controlo da COVID-19 terem sido levantadas pelas entidades competentes.

O Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo, José Godinho Calado, na sua intervenção durante a inauguração começou por sublinhar “o empenho da Câmara Municipal na realização da Santiagro”. O responsável frisou que o Concelho de Santiago do Cacém, no desenvolvimento da região, “tem peso na área da produção de alimentos, porque não há nenhuma economia desenvolvida que não tenha este setor, e do turismo.”

Nesse quadro a Santiagro “é um certame que mostra o que de melhor a região produz e tem para oferecer nas mais diferentes áreas.”

Presença assídua na Santiagro o Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo – CCDR Alentejo, António Ceia da Silva, deixou uma mensagem onde sublinhou que a Santiagro tem o “perfil que necessitamos para o desenvolvimento das dinâmicas do Litoral Alentejano”, porque “prova” que esta região “é mais” do que a sua zona marítima ao destacar a agricultura, pecuária, silvicultura, a criação de cavalos, os produtos endógenos, os negócios e o turismo. “É uma feira que mostra o que há de genuíno no Alentejo.”

A edição 2022 apresenta um orçamento da ordem dos 260 mil euros, o Município investiu na pavimentação de toda a zona de terrado, o recinto deixou de estar em terra batida. Outro dos melhoramentos prendeu-se com o bem-estar animal, por isso toda a zona de picadeiros e exposição de gado foi alvo de uma intervenção.

Durante os quatro dias da feira a ¹aposta é forte no programa musical, o cartaz vai contar com os espetáculos de Plutónio (3 de junho), Bispo (4 de junho) e Anjos (5 de junho), as noites prolongam-se com os sons dos Dj’s RMG, CHISTIAN F e MAKA. A abertura das noites da Santiagro esteve e cargo do músico Syro, que atuou no dia 2.

O cavalo está sempre em destaque com a realização de batismos equestres, a Gala de Equitação Portuguesa e a Reprise da Guarda Nacional Republicana, entre outras iniciativas. As questões ligadas ao mundo rural, a agricultura, a pecuária e a floresta serão abordadas em vários colóquios.

As crianças das escolas e ATL’s do Concelho são convidadas do certame que lhes dedica o espaço Natura, e onde é projetado cinema imersivo a 360º, sobre temas relacionados com a Natureza.

Os visitantes têm ainda para ver as exposições de equinos, ovinos, caprinos, bovinos e aves que contam com mais de 250 animais. Ao nível dos expositores presentes a Santiagro 2022 conta com mais de 250, que trazem muitas novidades e inúmeras possibilidades de negócio.

Provas de Gin da Destilaria Black Pig, de vinhos da Herdade do Cebolal, showcookings com Chefs bem conhecidos do público, a arte tradicional da cocaria e a importância de comer saudável são algumas das propostas da edição 2022 da Santiagro.

Continuar a ler

Economia

Novobanco compra dois hotéis da Sonae Capital em Troia

Valor envolvido na ordem dos 34 milhões de euros

Publicado

em

Uma das maiores operações de investimento imobiliário em hotéi

O Novobanco, através de um dos seus fundos de pensões, comprou à Sonae Capital dois hotéis em Troia, numa operação que foi fechada por cerca de 34 milhões de euros, está a divulgar o jornal online ECO.

A empresa já tinha anunciado na semana passada a venda do Aqualuz Tróia Mar&Rio e do The Editory By The Sea Tróia-Comporta, pertencentes ao Troia Resort, mas sem adiantar mais detalhes.

É considerada “uma das maiores operações de investimento imobiliário em hotéis realizada no mercado português desde o início do ano”, afirmou a consultora JLL, que assessorou esta operação, em comunicado enviado na semana passada.

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!