Últimas:
Setúbal é a capital de distrito com maior incidência a 14 dias. Portalegre fora do nível mais elevado. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Setúbal é a capital de distrito com maior incidência a 14 dias. Portalegre fora do nível mais elevado.

Beja é a 2ª capital de distrito com maior incidência.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Covid 19

“Dados oficiais da DGS”

Portalegre é a única capital de distrito do Alentejo que se encontra no nível de risco muito elevado.

Todas as restantes, excepto Portalegre e Porto, encontram-se no nível extremamente elevado (acima de 960 novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias).

Setúbal, com 2.227 casos por 100 mil habitantes, é a capital de distrito com maior incidência, seguido de Beja (1.680).

Capital de distrito Casos/100 mil hab (14 dias) Nível de risco
Aveiro 1054 Extremamente elevado
Beja 1680 Extremamente elevado
Braga 1194 Extremamente elevado
Bragança 1372 Extremamente elevado
Castelo Branco 1302 Extremamente elevado
Coimbra 1503 Extremamente elevado
Évora 1154 Extremamente elevado
Faro 1157 Extremamente elevado
Guarda 1560 Extremamente elevado
Leiria 1147 Extremamente elevado
Lisboa 1404 Extremamente elevado
Portalegre 816 Muito elevado
Porto 918 Muito elevado
Santarém 1398 Extremamente elevado
Setúbal 2227 Extremamente elevado
Viana do Castelo 1265 Extremamente elevado
Vila Real 1097 Extremamente elevado
Viseu 1646 Extremamente elevado

Dados DGS

Saúde

Mais uma morte no Alentejo. Mais 20 no país.

Alentejo volta a registar uma morte

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Lisboa e Vale do Tejo tem mais casos e mais mortes

“Alentejo com mais uma morte

O boletim da Direção-Geral da Saúde, este sábado avança que a covid 19 fez mais uma vítima na região Alentejo.

A região norte ultrapassa ligeiramente Lisboa e Vale do Tejo em número de novos casos (1286 contra 1280), mas LVT continua a ter o maior número de casos em termos absolutos (371.891; o norte tem 368.640).

É também em Lisboa que se registam mais mortes (10). No norte, verificam-se sete óbitos.

Segue-se a região centro (302 casos e 1 morte), o Algarve (276 casos, 1 morte), Alentejo (151 e 1 morte), Açores (72 casos, sem mortes) e Madeira (29 casos, sem mortes).

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!