Últimas:
Séniores de Alcácer do Sal com apoio em lares e no domicilio. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Séniores de Alcácer do Sal com apoio em lares e no domicilio.

Instituições do concelho de Alcácer do Sal dão continuidade a respostas sociais para idosos

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

As instituições do concelho de Alcácer do Sal com respostas sociais para idosos continuam a prestar o seu apoio à população sénior, quer em contexto de lar, quer a nível de apoio domiciliário.

O seu funcionamento foi adaptado às exigências da atualidade no âmbito da COVID-19, tendo os idosos que estavam na valência de centro de dia transitado para apoio domiciliário, de modo a evitar a sua exposição ao perigo de contágio pelo novo coronavírus.

A Associação de Apoio Social de Casebres tem 13 funcionários, que acompanham 31 utentes (21 em lar e 10 do centro de dia, que passaram para apoio domiciliário).

A AURPICAS – Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Alcácer do Sal dá resposta a 168 utentes (68 em lar e 60 em apoio domiciliário, a que acrescem 40 do centro de dia, agora em apoio domiciliário devido ao novo coronavírus), tendo ao serviço 73 funcionários.

No Centro Social de Rio de Moinhos 17 funcionários apoiam 29 idosos, repartindo-se por 21 em contexto de lar e 8 em centro de dia (agora em apoio domiciliário).

Em Santa Susana, o Centro Social tem 32 utentes em regime domiciliário, apoiados por seis funcionários, reforçados por cinco voluntários ao fim de semana.

Também o Centro Social e Paroquial de S. Pedro da Comporta tem a totalidade dos utentes em regime domiciliário (36) e são acompanhados por 20 funcionários.

O número de funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Alcácer do Sal ascende a 92 e dão suporte a 138 idosos (96 em lar e 42 em apoio domiciliário).

Já a Santa Casa da Misericórdia do Torrão tem 92 utentes (42 em lar e 50 em apoio domiciliário), que contam com o acompanhamento atual de 39 funcionários.

Mapa de casos COVID-19 Alentejo-6 de abril.

Continuar a ler
Publicidade
1 Comentário

1
Deixe um comentário

avatar
700
1 Respostas ao comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentários com mais reações
Comentários mais populares
1 Autores dos comentários
Myronguemn Autores dos comentários mais recentes
Myronguemn
Visitante
Myronguemn

free dating
dating website

Saúde

Covid-19: Alandroal o concelho do país com ‘piores’ números.

Surto nas obras da ferrovia complicam as contas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Maior incidência do vírus a 14 dias

” Obras na ferrovia na origem de surto em Alandroal “

Alandroal, é o concelho do país que suscita maior preocupação.

Regista uma maior incidência do vírus a 14 dias.

No período de 24 de março a 6 de abril, o município apresenta uma incidência de 581 casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados do último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

É um dos dois concelhos em risco muito elevado, registando um aumento significativo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Na atualização anterior, a 5 de abril, Alandroal apresentava uma incidência de 200 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Em risco elevado, com uma incidência entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Barrancos, Odemira e Moura, na região Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!