Siga-nos

Agenda

Semana do Porco promete deixar visitantes de Reguengos de Monsaraz de “água na boca”

Porco alentejano, noz e vegetais da horta e lombinho de porco grelhado com molho de cogumelos frescos são algumas das sugestões.

Carla Correia

Publicado

em

A Semana Gastronómica do Porco vai decorrer de 22 a 31 de março em 21 restaurantes do concelho de Reguengos de Monsaraz.

Durante estes dias cada restaurante terá um prato confecionado com carne de porco para propor aos clientes.

Em Reguengos de Monsaraz participam os restaurantes A Grelha (bochechas de porco estufadas), Taberna D’El Rei (rechina), Aqui Jardim (bochechas de porco estufadas com arroz e batata frita), Taberna Al-Andaluz (fritada de porco ibérico), Café Avenida (carne de porco do alguidar com puré de couve-flor e batatas fritas), Moira (pezinhos de porco de coentrada), Convivius (lombinho de porco grelhado com molho de cogumelos frescos), Frade Sushi Bar (hot pig em molho teriyari), Herdade do Esporão (porco alentejano, noz e vegetais da horta), O Gato (lagartinhos de porco na brasa com migas à alentejana), O Pingo (migas alentejanas com carne do alguidar) e Plano B (grelhados de porco preto com migas de espargos).

A iniciativa, organizada pelo Município de Reguengos de Monsaraz, está integrada no “Reguengos à Mesa”, que inclui durante o ano mais três semanas gastronómicas.

Se quiser anotar já na agenda, a segunda semana gastronómica vai ser dedicada ao borrego e realiza-se de 5 a 14 de abril. A semana gastronómica “Sabores do Lago” vai acontecer de 4 a 13 de outubro e visa divulgar os pratos que são confecionados com tudo o que se pode pescar no Grande Lago Alqueva, e a semana gastronómica da caça vai ser organizada de 1 a 9 de novembro.

 

Agenda

 ‘Sons com História’ sucede ao ‘Andanças’

A organização quer criar um Festival de Música que se torne referência nacional e até mesmo internacional, na promoção e divulgação de intérpretes, que sirva de plataforma interdisciplinar de cultura musical

TDS noticias

Publicado

em

O sonho de divulgar e projetar cantores, músicos e performers da região e de todo o país trazendo-os ao interior, onde as populações assumem a cultura enquanto pilar decisivo para o desenvolvimento local. 

Do encontro das almas sonhadoras de Nuno Velez, Ana Paula Russo e do Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide, António Pita, tomou vida aquela que será́ a primeira edição do Sons com História. 

Queremos criar um Festival de Música que se torne referência nacional e até mesmo internacional, na promoção e divulgação de intérpretes, que sirva de plataforma interdisciplinar de cultura musical e, ainda, na qualificação da oferta cultural do Município. 

A abertura do Festival, dia 27 de junho às 21h30, ficará a cargo das Vozes Alfonsinas com o espetáculo de música medieval e sefardita intitulado “De amores e devoções”, que poderá́ ser desfrutado no auditório da Fundação Nossa Senhora da Esperança, no Convento de São Francisco. 

No dia 28 de junho, também às 21h30, o nosso postal de visita que é o Largo da Fonte da Vila irá ser o palco que receberá o filho da terra professor António Eustáquio com o seu grupo Guitolão World Project acompanhados pela voz da cantora convidada (castelo-vidense) Vera Soldado e focado na música baseada na literatura musical ibérica. 

Os Voice’n’Combo vão trazer-nos ao Cine-teatro Mouzinho da Silveira, no Sábado dia 29 de junho às 21h30, uma viagem pelos standards do jazz vocal e instrumental do séc. XX, evidenciando as diferenças entre as várias épocas. 

Para o último dia desta primeira edição do Sons com História, dia 30 de junho, reservámos para a liturgia de domingo a Grande Missa Cantada, XIII Domingo do Tempo Comum – Ano C, a cargo do Ensamble São Tomás de Aquino na Igreja Matriz de Santa Maria da Devesa às 12h00.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento