Últimas:
Santiago do Cacém distribui máscaras a Bombeiros e GNR – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Santiago do Cacém distribui máscaras a Bombeiros e GNR

Entrega foi feita hoje

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: Câmara Municipal de Santiago do Cacém

Apoio a quase todas as freguesias do concelho

“Mais de 8000 máscaras entregues”

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém entregou cerca de 8250 máscaras às Associações Humanitárias de Bombeiros do Município, Alvalade, Cercal do Alentejo, Santiago do Cacém, Santo André, e ao Destacamento Territorial de Santiago do Cacém da GNR. Com este reforço de material, a Autarquia afirma que “pretende apoiar o trabalho destas entidades no combate à COVID-19. A cada uma das corporações foram entregues 2000 máscaras, divididas entre cirúrgicas e FFP2, e à GNR 250 máscaras FFP2.”

Não é a primeira vez que isto acontece em Santiago do Cacém, pois a “Câmara Municipal tem vindo a efetuar, ao longo deste ano e meio, ações de apoio a diferentes entidades e associações com a distribuição de material num total de 77.050 máscaras, 1.520 fatos de proteção individual, 6.000 pares de luvas cirúrgicas, 280 óculos de proteção, 4.850 viseiras, 240 pares de proteções para botas, 3.355 litros de álcool-gel e 1.700 litros de desinfetante.”

A Autarquia estendeu as ações de higienização e desinfeção que realizou no Concelho, como medida de combate à COVID-19, às instalações dos Bombeiros Voluntários e Mistos. Estas ofertas de material e ações de desinfeção dos quartéis pretendem contribuir para a proteção dos bombeiros durante a prestação de socorro às populações.

Saúde

Barrancos, o concelho do país com risco mais elevado.

Covid 19

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Barrancos

“Risco extremamente elevado”

Barrancos é agora o único concelho do país em risco extremamente elevado de Covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O concelho alentejano regista uma incidência cumulativa a duas semanas de 1.171 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes.

Portugal tem sete concelhos com risco muito elevado, ou seja, entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Concelhos com risco muito elevado:

Albufeira (489), Alcoutim (674), Celorico da Beira (519), Penela (594), Póvoa de Lanhoso (489), São Brás de Alportel (501) e Vidigueira (566).

Concelhos em risco elevado:

Aljustrel, Amares, Beja, Boticas, Cabeceiras de Basto, Covilhã, Fafe, Lagoa (Algarve), Lagos, Loulé, Monchique, Montalegre, Portel, Portimão, Rio Maior, Serpa, Silves, Valpaços e Vila Nova de Foz Côa.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!