Siga-nos

Agricultura

Sabe quais são os concelhos que estão em seca severa e extrema ?

50 concelhos do sul do país são os mais afectados

TDS noticias

Publicado

em

O Ministério da Agricultura vai disponibilizar três milhões de euros, a partir desta segunda-feira, 24 de junho para ajudar os agricultores mais afectados nos 5 concelhos atingidos.

Segundo uma nota informativa do ministério, “este montante destina-se a explorações situadas nos concelhos onde se verificam as condições meteorológicas exigidas pela regulamentação comunitária para que a medida possa ser acionada”

Segundo o ministério, este apoio aplica-se aos dez municípios considerados em seca extrema:

Algarve Albufeira, Alcoutim, Castro Marim, Faro, Loulé, Olhão, São Brás de Alportel, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António

50 concelhos estão em seca severa:

Alandroal, Alcácer do Sal, Alcochete, Aljezur, Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Arronches, Barrancos, Beja, Benavente, Borba, Campo Maior, Castro Verde, Coruche, Cuba, Elvas, Mértola, Estremoz, Évora, Ferreira do Alentejo, Grândola, Barreiro, Lagoa, Lagos, Moita, Monchique, Monforte, Montemor-o-Novo, Montijo, Moura, Mourão, Odemira, Ourique, Palmela, Portel, Portimão, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Santiago do Cacém, Seixal, Serpa, Sesimbra, Setúbal, Silves, Sines, Vendas Novas, Viana do Alentejo, Vidigueira e Vila Viçosa.

Agricultura

Foto de trator a pulverizar campo está a indignar nas redes sociais

As monoculturas tem sido criticadas após o aumento de zona cultivada de Olival, Amendoal, entre outras culturas.

TDS noticias

Publicado

em

Foto: (Facebook-Jorge Campaniço)

Campos a serem pulverizados levanta indignação nas redes sociais

A foto foi tirada entre Moura e Sobral da Adiça, segundo o autor.

No texto que a acompanha pode ler-se: ‘Com este “tipo de agricultura” baseada no uso abusivo de pesticidas, herbicidas e outros, os campo tornar-se-ão inférteis , os aquíferos contaminados o ar que respiramos poluído.

Se nada for “feito” de novo na legislação portuguesa, por quem de direito, no sentido de restringir o uso de produtos tóxicos, o Alentejo corre o rico de ver as suas terras improdutivas e a saúde, dos que nele habitam, seriamente ameaçada’.

A grande maioria dos internautas subscreve o texto e avança com outras críticas. ‘O pior é que os espanhois alugaram as terras por 25/30 anos que é o tempo útil das arvores plantadas, acabado o praso, dão á sola com o produto no bolso deixam as arvores mortas e os terrenos inférteis. Quem ca estiver ira ver que é assim, mas será tarde,’ refere um dos comentários.

O debate já não é novo mas está mais aceso do que nunca.

Foto: (Facebook-Jorge Campaniço)

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Outubro 2019
S T Q Q S S D
« Set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul