Siga-nos

Crime

Roubadas 10 toneladas de cortiça em Grândola. Seis detidos.

Detidos ficam com pulseira electrónica.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: GNR

“Grândola – Seis detidos por furto de 10 toneladas de cortiça”

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Grândola, deteve seis homens com idades compreendidas entre os 26 e 57 anos, pelo envolvimento em vários furtos de cortiça no concelho de Grândola.

Na sequência de uma investigação há cerca de três meses, os militares da Guarda deram cumprimento a seis mandados de detenção e cinco mandados de busca a uma rede que se dedicava ao furto de cortiça, sendo que os suspeitos têm já antecedentes relacionados com o tráfico de estupefacientes, furtos, condução ilegal e posse ilegal de armas.

No seguimento das diligências policiais, destaca-se a apreensão do seguinte material:

·         10 136 quilos de cortiça amadia no valor estimado de 21.100 euros;

·         Sete machados de tirar cortiça;

·         Uma motosserra;

·         Uma planta de cannabis;

·         Uma espingarda;

·         Uma carabina de ar comprimido;

·         62 cartuchos e munições;

·         Dois veículos.

Os detidos foram presentes hoje ao Tribunal Judicial de Setúbal, tendo, dois deles, ficado sujeitos à medida de coação de pulseira eletrónica, três com apresentações semanais e um com apresentações bissemanais no posto policial da área de residência.

A ação contou com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) de Setúbal e Santarém.

Crime

PSP faz buscas domiciliárias

Em causa estão crimes contra o património

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Distrital de Portalegre da PSP, através da Divisão Policial de Elvas, informa que hoje, procedeu ao cumprimento de Mandados de Busca Domiciliária, em 4 residências localizadas no Centro Histórico de Elvas.

“Crimes contra Património “

O processo em investigação é referente a crimes contra o património e a sua investigação decorre à seis meses.

As diligências realizadas resultaram na detenção de um indivíduo do sexo masculino com 22 anos de idade, na identificação e constituição de arguido de um outro indivíduo do sexo masculino com 17 anos de idade e na identificação de um menor ao abrigo da Lei Tutelar Educativa.

Na presente ação foram empenhadas 4 Equipas de Investigação Criminal e 1 Equipa de Intervenção Rápida da Divisão Policial de Elvas.

Durante as referidas diligências, foi possível recuperar vários diversos objetos, sob os quais existem fundadas suspeitas de terem sido furtados, nomeadamente:

  • 7 telemóveis;
  • 1 televisão;
  • 1 coluna de som;
  • 1 computador portátil;
  • 1 tablet;
  • 2 carteiras.

Foram ainda apreendidos cautelarmente:

  • 1 passa montanhas;
  • 1 par de luvas;
  • 1 arma branca;
  • 7 bastões de equitação, suscetíveis de serem utilizados como arma de agressão.

Sobre este material suspeito, a PSP vai desde já encetar diligências no sentido de proceder à identificação dos lesados para que os bens recuperados lhes sejam restituídos.

Com esta operação policial, a PSP conta igualmente reforçar o sentimento de segurança à população elvense, mantendo a sua atenção e atuação de âmbito preventivo no que se refere à ocorrência de crimes contra o património e contra as pessoas, procedendo à identificação dos autores dos furtos, recuperação do material furtado e posterior restituição dos bens aos seus proprietários.

Todos os indivíduos foram restituídos à liberdade, onde aguardam os trâmites legais do processo.

Continuar a ler

error: Content is protected !!