Siga-nos

Turismo

Rota Vicentina apela à co-responsabilização dos seus visitantes

Em causa a crescente tendência do campismo e caravanismo selvagem, que deixam um rasto de lixo e dejectos humanos nas falésias e praias.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Associação Rota Vicentina apela a uma conduta consciente por parte de todos os visitantes”
É com forte preocupação que os agentes e habitantes locais constatam uma crescente tendência do campismo e caravanismo selvagem, que deixam um rasto de lixo e dejectos humanos nas falésias e praias do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.
Por isso, a Associação Rota Vicentina apela a uma conduta consciente por parte de todos os visitantes.
A Rota Vicentina distingue-se de tantas rotas pelo mundo fora, pelo facto de ser uma Associação Privada assente numa rede de dezenas – na verdade, mais de duas centenas! – de empresas locais.
Estas empresas acreditam nos princípios de sustentabilidade que o projecto tem para a região e o seu investimento reparte-se entre o seu próprio negócio e o trabalho conjunto que a Rota Vicentina representa.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Património

Castelo de Palmela distinguido pelo TripAvisor

O Castelo reuniu 488 avaliações na plataforma online TripAdvisor, 251 são “Excelente” e 187 “Muito Bom”.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Castelo de Palmela-Prémio Travellers Choice 2020 – TripAdvisor

“Castelo de Palmela distinguido” 

O Castelo de Palmela, monumento emblemático da região, foi distinguido com o prémio Travellers Choice 2020 pelo portal de viagens TripAvisor, na sequência das avaliações e opiniões dos viajantes.

O Castelo reuniu 488 avaliações na plataforma online TripAdvisor, 251 são “Excelente” e 187 “Muito Bom”.

Sede definitiva da Ordem de Santiago, de 1443 até à sua extinção, em 1834, a fortificação é Monumento Nacional desde 1910. Dentro das suas muralhas encontram-se a Pousada Histórica de Palmela, situada no antigo convento da Ordem de Santiago; a Igreja de Santiago; as ruínas da Igreja de Stª. Maria, onde está instalado o Gabinete de Estudos sobre a Ordem de Santiago; o Posto de Turismo; lojas de artesanato e produtos regionais e um Café-Espanada.

O Museu Municipal apresenta diversos espaços visitáveis no Castelo: o Espaço Arqueológico, o Espaço de Transmissões Militares e a Reserva Visitável de escultura de São Tiago.

Recorde-se que a “Intervenção de natureza estrutural para evitar derrocadas nas Encostas do Castelo de Palmela”, a decorrer, é uma das obras de referência do PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos e foca-se na prevenção de um risco específico – derrocadas em vertente nas Encostas do Castelo de Palmela – potenciado por alterações climáticas. Trata-se de uma intervenção da responsabilidade do Município, que assegurou os diversos projetos, o acompanhamento e fiscalização, representando um investimento total de 2.901.103,80€, cofinanciado em 85% pelo Fundo de Coesão (2.492.598,26€). Os restantes 15% são assegurados pela DGTF – Direção-Geral do Tesouro e Finanças, proprietária do Castelo.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!