Últimas:
Rota Vicentina apela à co-responsabilização dos seus visitantes – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Turismo

Rota Vicentina apela à co-responsabilização dos seus visitantes

Em causa a crescente tendência do campismo e caravanismo selvagem, que deixam um rasto de lixo e dejectos humanos nas falésias e praias.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Associação Rota Vicentina apela a uma conduta consciente por parte de todos os visitantes”
É com forte preocupação que os agentes e habitantes locais constatam uma crescente tendência do campismo e caravanismo selvagem, que deixam um rasto de lixo e dejectos humanos nas falésias e praias do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.
Por isso, a Associação Rota Vicentina apela a uma conduta consciente por parte de todos os visitantes.
A Rota Vicentina distingue-se de tantas rotas pelo mundo fora, pelo facto de ser uma Associação Privada assente numa rede de dezenas – na verdade, mais de duas centenas! – de empresas locais.
Estas empresas acreditam nos princípios de sustentabilidade que o projecto tem para a região e o seu investimento reparte-se entre o seu próprio negócio e o trabalho conjunto que a Rota Vicentina representa.

Continuar a ler
Publicidade
4 Comentários

4
Deixe um comentário

avatar
700
4 Respostas ao comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Comentários com mais reações
Comentários mais populares
4 Autores dos comentários
JavierClestJavierClestJavierClestMyronguemn Autores dos comentários mais recentes
Myronguemn
Visitante
Myronguemn

free dating near you
mature dating

JavierClest
Visitante
JavierClest

tinder online , how to use tinder
tinder date

JavierClest
Visitante
JavierClest

tinder date , how to use tinder
tinder date

JavierClest
Visitante
JavierClest

tinder online , browse tinder for free
http://tinderentrar.com/

Património

Alentejo tem o primeiro caminho de Santiago certificado.

É a concretização de um processo iniciado em 2019.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Caminho Português de Santiago Central

“…o primeiro a obter a certificação”

O Caminho Português de Santiago Central – Alentejo e Ribatejo é o primeiro a obter a certificação governamental do órgão de coordenação nacional criado para o efeito, anunciou em comunicado o Ministério da Cultura.

A certificação foi atribuída através de uma portaria conjunta (n.º 120/2021), publicada esta segunda-feira em Diário da República, das secretarias de Estado do Turismo e Adjunta e do Património Cultural, em resposta a uma candidatura apresentada pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR).

Trata-se da primeira concretização de um processo iniciado em 2019 e que tem em vista “a certificação dos itinerários que constituem os Caminhos de Santiago em território nacional e a salvaguarda, valorização e promoção do Caminho Português de Santiago”, explica o Governo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!