Últimas:
Revelados segredos do Teatro Garcia de Resende – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Agenda

Revelados segredos do Teatro Garcia de Resende

Visitas organizadas pela Câmara de Évora são gratuitas e encenadas por atores.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Segredos do Teatro Garcia de Resende revelados em ciclo de seis visitas guiadas e encenadas”

Dar a conhecer a história e o interior do Teatro Garcia de Resende (TGR), que reabriu ao público a 01 de junho, após conclusão das obras de requalificação que decorreram ao longo do último ano, é o objetivo de um conjunto de seis visitas agendadas para as sextas-feiras nos dias 11, 18 e 25 junho e 2, 23 e 30 de julho, sempre às 18h.

Com a duração de duas horas, as visitas organizadas pela Câmara de Évora são gratuitas e encenadas pelos atores Maria Marrafa e Jorge Baião. As reservas devem ser feitas pelo telefone 266 703 112 com limite máximo de 10 pessoas por visita. 

O Teatro Garcia de Resende completou, precisamente no dia da sua reabertura, 129 anos de existência (foi inaugurado em 1892). Considerado um dos mais belos teatros portugueses, com um palco à italiana e uma impressionante maquinaria de estilo barroco, ainda em funcionamento, construída para a realização de óperas, faz parte da Rede Europeia de Teatros Históricos. 

O TGR volta, assim, a ser um espaço de cultura aberto a toda a população, que se pretende afirmar como um centro de criação e experimentação, no qual caibam as diversas linguagens artísticas: do teatro à música, passando pela dança e o cinema, o palco do Teatro é lugar de “encontro de todas as expressões, liberdades e igualdades no prosseguimento da descentralização da cultura e da cultura para todos.” 

Recorde-se que a requalificação do TGR incidiu na melhoria da segurança, funcionalidade e conforto, centrada na segurança contra incêndios, estabilidade estrutural, redes de água e esgotos, eletricidade e ventilação. A intervenção agora concretizada permite adequar a centenária sala de espetáculos às exigências dos tempos atuais, constituindo-se, também, como inegável mais-valia no contexto da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027. 

Continuar a ler
Publicidade

Agenda

“O Foral de Aguiar de 1269”, vai ser apresentado.

A autoria é de Fátima Farrica.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Fátima Farrica apresenta livro em Aguiar

“O Foral de Aguiar de 1269”

A obra dá a conhecer o primeiro foral de Aguiar concedido em 1269 pelo cavaleiro Estevão Rodrigues, mostrando a realidade daquela localidade medieval e, a partir daí, a vivencia da época em áreas como o poder local, a sociedade e a economia, para além da transcrição do texto original e o fac-símile do documento.

De relembrar que, em 2016, as freguesias de Aguiar e Viana do Alentejo, assinalaram os 500 anos sobre a atribuição dos seus forais manuelinos com um conjunto de atividades que culminou com apresentação do livro “Os Forais Manuelinos de Aguiar e de Viana do Alentejo: 500 anos” da autoria de Fátima Farrica e Francisco José Baião, onde estão reproduzidos, em edição fac-similada, os textos dos forais de Leitura Nova outorgados pelo rei D. Manuel I, em 1516.

O livro encontra-se disponível para venda nos Postos de Turismo do Concelho, em Viana do Alentejo, no Castelo, e em Alcáçovas, no Paço dos Henriques, onde quem pretender adquirir ou já adquiriu a obra, a poderá deixar para ser autografada pela autora.

Para além da autora do livro, Fátima Farrica, estarão ainda presentes na sessão, Hermínia Vilar, da Universidade de Évora, António Lopes, Presidente da Junta de Freguesia de Aguiar, Bengalinha Pinto, Presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo e Jorge Ferreira, da Editora Caleidoscópio. 

A cerimónia decorre no próximo dia 12 de junho, pelas 19h00.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!