Siga-nos

Acidentes

“Respeite quem trabalha na Estrada”

A decorrer entre 15 de julho e 15 de setembro, a campanha vai dar a conhecer o impacto real de um sinistro expondo viaturas sinistradas da Ascendi, da GNR, do INEM, dos Bombeiros e da PSP

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Campanha que apela à segurança rodoviária dos agentes que intervêm na resolução de sinistros ou que desenvolvem trabalhos nas estradas e autoestradas portuguesas

Foi lançada uma campanha de segurança rodoviária em Portugal com o objetivo de alertar os condutores para os riscos que correm as equipas de intervenção que trabalham nas estradas e autoestradas portuguesas.

Sob o lema “Respeite quem trabalha na estrada” esta campanha foi criada, conjuntamente, pelas entidades que desenvolvem, muitas vezes, o seu trabalho nas vias portuguesas, concretamente a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a Ascendi, a Guarda Nacional Republicana (GNR), o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a Liga dos Bombeiros Portugueses e a Polícia de Segurança Pública (PSP). Com esta iniciativa, as entidades envolvidas, pretendem sensibilizar os condutores para o risco que correm as suas equipas e para o potencial impacto dos acidentes, que os automobilistas poderão provocar se não adotarem comportamentos de condução segura.

Esta campanha de segurança rodoviária faz parte de uma estratégia mais ampla que estas entidades têm vindo a desenvolver ao nível da segurança das suas equipas, servindo para atuar numa variável que não controlam – comportamentos dos condutores.

O princípio é estar junto dos condutores, criar uma nova consciência e apelar à atenção e ao respeito por quem trabalha na estrada através de uma mensagem forte e diferente, ilustrada por representantes das várias entidades que, todos os dias, trabalham para que as vias de circulação se mantenham nas melhores condições.

Acidentes

5 feridos em acidente no IP2 em Nisa

IP2 tem estado cortado ao trânsito na zona da Barragem do Fratel

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A colisão entre dois veículos ligeiros fez cinco feridos graves, no IP2, na zona da barragem do Fratel, concelho de Nisa.

Quatro das vítimas ficaram encarceradas dentro das viaturas e três destes foram transportados para o Hospital de Portalegre e um para o Hospital de Castelo Branco.

Um quinto ferido irá ser transportado de helicóptero para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, disse a GNR, acrescentando que os feridos são tês homens e uma mulher, de nacionalidade brasileira, que seguiam numa das viaturas, e um condutor português que viajava no outro automóvel.

O IP2 tem estado cortado em ambos os sentidos, entre os concelhos de Nisa e Vila Velha de Ródão, desde as 9h35.

No local estão 39 operacionais apoiados por 13 viaturas e um Heli do INEM.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022