Siga-nos

Economia

Requalificação da Mina de S.Domingos avança

A apresentação do projeto de requalificação, que conta com a presença de João Galamba, está a cargo do presidente da EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro SA, Rui da Silva Rodrigues, a que se segue a assinatura do auto de consignação da empreitada.

TDS noticias

Publicado

em

O projeto de requalificação da antiga área mineira de S. Domingos entra, amanhã, dia 5 de junho, na segunda fase com a apresentação pública e consignação da obra. A cerimónia realiza-se no edifício no Musical, na Mina de S. Domingos, pelas 11 horas, e conta com a presença do Secretário de Estado da Energia, João Galamba.

Secretário de Estado da Energia em Mértola na II fase da recuperação da área mineira de S. Domingos

Após a consignação da obra e as intervenções do presidente da Câmara Municipal de Mértola e do Secretário de Estado, a comitiva visita a área mineira de S. Domingos já recuperada, onde terá lugar o lançamento da 1.ª pedra da segunda fase da obra de recuperação ambiental.

Economia

Central fotovoltaica de Évora sem apoios do estado

Tem uma área de 55 hectares e uma capacidade total instalada de 28,8 megawatts

TDS noticias

Publicado

em

A instalação de energia solar de Vale de Moura é das primeiras centrais fotovoltaicas na Península Ibérica a ser explorada sem ajudas públicas.

A central fotovoltaica de Vale de Moura, no concelho de Évora – uma das primeiras em toda a Península Ibérica a ser explorada sem qualquer tipo de subsídios públicos – entrou em funcionamento no passado dia 14 de Junho, anunciou o grupo energético Axpo.

Sobre a central solar fotovoltaica de Vale de Moura – Évora

  • A central tem uma capacidade total instalada de 28,8 megawatts e vai produzir anualmente mais de 52 gigawatts-hora, o equivalente ao consumo médio anual de 10 mil habitações.
  • A venda da energia produzida pela central será feita em regime de mercado, graças a um contrato pioneiro de compra de energia (PPA) a 10 anos, com a Axpo, que garante a comercialização de energia até 2029.
  • O projeto, desenvolvido e promovido pelo grupo Hyperion Renewables, conta com o fundo de investimento Mirova como acionista maioritário e permitirá evitar a emissão de mais de 110.000 toneladas de CO2 por ano.

Com uma área de 55 hectares e uma capacidade total instalada de 28,8 mw vai produzir mais de 52 gigawatts-hora de energia limpa por ano – o equivalente ao consumo médio anual de quase 10.000 habitações.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento