Siga-nos

Sociedade

Reforço do patrulhamento para a prevenção de incêndios florestais

Por força das circunstâncias meteorológicas excecionais e no âmbito da Declaração da Situação de Alerta, foram adotadas medidas e ações especiais de prevenção de incêndios florestais

Avatar

Publicado

em

Face ao agravamento do risco de incêndio florestal, previsto para os próximos dias, a Guarda Nacional Republicana (GNR), a partir de hoje e até ao dia 31 de março, reforça o patrulhamento terrestre em todo o território continental, no intuito de prevenir incêndios florestais.

Para este efeito, a GNR, através das suas valências de Proteção da Natureza e Ambiente, territorial, investigação criminal, bem como do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), intensifica a vigilância das zonas de maior risco de incêndios.

Por força das circunstâncias meteorológicas excecionais e no âmbito da Declaração da Situação de Alerta, foram adotadas medidas e ações especiais de prevenção de incêndios florestais, pelo que a GNR irá sensibilizar a população para a proibição de  realizar queimadas e queimas de sobrantes de explorações agrícolas e florestais e de ações de gestão de combustível, com recurso à utilização de fogo.

A GNR, nos espaços florestais e agrícolas, para além de alertar para estas proibições, irá ainda transmitir os seguintes conselhos à população:

·         Evite fumar, fazer lume ou fogueiras;

·         Evite fumigar ou desinfestar apiários, a não ser com uso de fumigadores equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;

·         Utilize tratores, máquinas e veículos pesados de transporte que possuam extintor, sistema de retenção de faúlhas ou faíscas e tapa-chamas nos tubos de escape ou chaminés;

·         Em caso de incêndio ligue de imediato para o 112, transmitindo de forma sucinta e precisa a localização, a dimensão estimada e a forma de acesso mais rápida ao local;

·         Se notar a presença de pessoas com comportamentos de risco, contacte de imediato as autoridades.

Sociedade

Portugal ‘escapa’ a onda de calor que irá afetar França

Em França deverá registar-se uma onda de calor extrema

TDS noticias

Publicado

em

Ao longo dos próximo dias vamos assistir á evolução de uma onda de calor extrema na França, com valores de temperatura que vão superar os recordes de 2003.

A onda de calor vai atingir também Espanha, Reino Unido (  especialmente Inglaterra ), Benelux e Alemanha, mas será na França onde os valores vão atingir uma excepcionalidade inédita.

Tudo isto vai representar um risco para a saúde pública bastante elevado.

Portugal continental deverá manter-se para já numa posição afastada da influencia direta da massa de ar Sahariano, no entanto esperamos temperaturas já plenamente estivais, mas ainda com a atmosfera algo instável, algo que de resto foi muito bem prognosticado pela nossa equipa com algumas semanas de antecedência.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento