Últimas:
Refinaria de Sines encerra durante um mês. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Economia

Refinaria de Sines encerra durante um mês.

A empresa afirma que não vai recorrer ao mecanismo de lay off.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Galp decidiu encerrar por um mês a refinaria de Sines, porque a capacidade de armazenagem está a chegar ao limite.

“A paragem vai começar a 4 de maio.”

O fornecimento do mercado está garantido e a paragem não terá efeitos nos trabalhadores afetos à refinaria.

A empresa afirma que não vai recorrer ao mecanismo de lay off, sendo que os trabalhadores manterão todos os direitos e terão também direito ao prémio que estava previsto pelos objetivos atingidos em 2019.

A hipótese da paragem de Sines já se colocava no início de abril, quando foi decido o encerramento da refinaria de Matosinhos face aos “constrangimentos no mercado nacional e internacional”, explicou fonte da empresa.

A Galp explica que estes constrangimentos “forçaram a Galp a ativar um ajustamento planeado do sistema refinador, com dois eixos principais: ativar os procedimentos de segurança respeitantes à capacidade instalada em ambas as refinarias da Galp; assegurar um nível adequado de combustíveis para satisfazer as necessidades dos consumidores portugueses, das empresas e das várias industrias que estão em laboração”, confirmou fonte oficial da petrolífera.

Economia

Sabe como estar na esplanada ou no restaurante ?

Conheça as novas regras

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Boas Práticas para o funcionamento da restauração e bebidas

” regras da DGS “

Na sequência da reunião de trabalho que a AHRESP teve no dia 31 de março com a Direção Geral da Saúde (DGS), resultou a atualização do Guia de Boas Práticas para o funcionamento da Restauração e Bebidas.

Esta nova versão do Guia, igualmente validado pela DGS, introduz alguns ajustes, tais como:

  • Na esplanada, a distância no corredor entre mesas, passa a ser, no mínimo, 1,5 metros.
  • No interior do estabelecimento, mantêm-se os 2 metros;
  • Reforço da necessidade de manter a distância de 2 metros entre os colaboradores e, de um modo geral, entre as pessoas;
  • Necessidade de solicitar à entidade que comercializa os produtos desinfetantes que esta disponibilize a apresentação do comprovativo da “Notificação do produto biocida” e
  • Reforço da necessidade do uso adequado de máscara.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!