Siga-nos

Crime

Pulseira eletrónica por violência doméstica para dois homens em Alandroal e Redondo

Os detidos ficaram em casa com pulseira electrónica

TDS noticias

Publicado

em

O Comando Territorial de Évora, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 18 de junho, deteve um homem de 55 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Redondo.

No âmbito de uma investigação de um crime de violência doméstica, os militares deram cumprimento a um mandado de detenção, em que o homem é suspeito de agredir fisicamente, de forma reiterada e contínua, a sua esposa de 51 anos.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Évora, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactar a ofendida por qualquer forma, diretamente ou por interposta pessoa; proibição de se aproximar da ofendida, da sua residência ou do seu local de trabalho, sendo para o efeito controlado através de pulseira eletrónica e ainda a proibição de adquirir, possuir ou usar quaisquer armas de fogo ou outras, reais ou aparentes.

Alandroal – Pulseira eletrónica por violência doméstica

 O Comando Territorial de Évora, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 19 de junho, deteve um indivíduo de 75 anos pelo crime de violência doméstica, no concelho do Alandroal.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares deram cumprimento a um mandado de detenção e a um mandado de busca domiciliária, culminando na detenção do suspeito e na apreensão de uma arma de fogo e de um objeto artesanal denominado “Moca”, utilizado na prática do referido ilícito criminal contra a vítima, a sua ex-companheira de 60 anos.

O detido foi presente, no mesmo dia, ao Tribunal Judicial de Évora, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactar a ofendida por qualquer forma, diretamente ou por interposta pessoa; proibição de se aproximar da ofendida, da sua residência ou do seu local de trabalho, numa distância de 300 metros, sendo para o efeito controlado através de pulseira eletrónica; obrigação de apresentações semanais no Posto Policial da área de residência, e ainda, a proibição de adquirir, possuir ou usar quaisquer armas de fogo ou outras, reais ou aparentes.

Crime

Mulher agride marido na via pública e na presença das filhas

Mulher ainda tentou agredir militares da GNR e uma outra mulher

TDS noticias

Publicado

em

Mulher foi detida por violência doméstica

A GNR de Grândola deteve uma mulher, com 44 anos, por violência doméstica em via pública, em Grândola.

Os militares, após receberem uma denúncia de agressões na via pública, deslocaram-se para o local, onde se depararam com uma mulher a agredir fisicamente o seu marido, na presença das filhas de ambos, com 4 e 19 anos.

De imediato pararam as agressões por parte da arguida sendo que, posteriormente, esta agrediu e injuriou os militares da patrulha, tentando ainda agredir uma outra cidadã.

Das diligências efetuadas, foi possível apurar que a arguida possui pendente um processo de afastamento coercivo, por parte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

A detida permaneceu durante a noite nas instalações do Posto Territorial do Torrão e foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Grândola.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento