Siga-nos

Autarquias

Rede Solidária entrega máscaras no concelho de Viana do Alentejo

Foram abrangidos os grupos de maior risco e pessoas com rendimentos mais baixos dando resposta às necessidades decorrentes da pandemia COVID-19.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Durante este mês, no âmbito da Campanha “Rede Solidária de Produção de Máscaras”, encontra-se a decorrer a 2ª fase de entrega de máscaras cujo o público-alvo são desempregados e beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI).

“Está igualmente prevista a entrega de máscaras a Instituições Particulares de Solidariedade Social e a Associações de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Viana do Alentejo.”

De recordar que o Município de Viana do Alentejo iniciou em maio a 1ª fase de entrega de máscaras cirúrgicas a munícipes portadores do Cartão Social do Reformado, Pensionista e Idoso, bem como a doentes do serviço ambulatório (doentes transportados pelos Bombeiros Voluntários de Viana do Alentejo e pela Delegação de Alcáçovas da Cruz Vermelha Portuguesa).

Desta foram abrangidos os grupos de maior risco e pessoas com rendimentos mais baixos dando resposta às necessidades decorrentes da pandemia COVID-19.

Esta campanha solidária e conjunta, na qual todos podem participar, insere-se na estratégia traçada pelo Município e está de acordo com as medidas que tem vindo a adotar de forma a prevenir o contágio e a propagação do novo coronavírus no concelho, de acordo com a Direção-Geral de Saúde.

Ao Município coube a tarefa de adquirir os materiais e coordenar a iniciativa que registou a adesão de 41 voluntárias que confecionaram as máscaras, na 1ª fase.

Atualmente, a Campanha continua com a produção de mais 5000 máscaras com a participação de 21 voluntárias.

Trovoada em Évora faz mais de 20 inundações

Autarquias

Câmara de Cuba decreta 3 dias de luto pela morte do bombeiro Carlos Carvalho.

Bombeiro não resistiu aos ferimentos após o incêndio de Castro Verde

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Decretados 3 dias de luto municipal, com efeito a partir de dia 31 de julho de 2020

“…bombeiro não resistiu aos ferimentos”

Comunicado da autarquia:

“Foi com profundo pesar que tomamos conhecimento do falecimento do bombeiro Carlos Manuel Lopes Carvalho. Neste que é um momento de dor e consternação para a nossa comunidade, a autarquia de Cuba expressa as mais sentidas condolências à família enlutada e a todos os membros da corporação de Bombeiros Voluntários de Cuba e a toda a família dos Bombeiros Portugueses.

Nesta hora de tristeza, devemos lembrar o Carlos pela sua qualidade altruísta, demonstrada pelos anos de serviço dedicados em prol do próximo, e destacar a sua entrega, dedicação e devoção aos Bombeiros Voluntários de Cuba.

Em memória e reconhecimento de Carlos Carvalho, a autarquia de Cuba informa que será decretado, com efeito a partir de amanhã, dia 31 de Julho de 2020, um período de 3 dias de luto municipal.”

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!