Últimas:
Rastreios gratuitos em Setúbal – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Saúde

Rastreios gratuitos em Setúbal

Rastreios de fatores de risco cardiovascular e fibrilhação auricular.

Publicado

em

“7 Dias do Coração”: Rastreios até sexta na Avenida Luísa Todi

Rastreios gratuitos de fatores de risco cardiovascular e fibrilhação auricular estão disponíveis à população

Os “7 Dias do Coração”, iniciativa integrada no “Maio, Mês do Coração”, tiveram início hoje, numa organização da Liga dos Amigos do Serviço de Cardiologia do Hospital de São Bernardo, com a colaboração da Câmara Municipal de Setúbal, Centro Hospitalar de Setúbal, Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida e Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa.

Com inscrições das 09h30 às 16h00, os interessados passam pelos gabinetes de obesidade/nutrição, hipertensão arterial, eletrocardiograma, tabagismo, diabetes, exercício físico e colesterol, saindo com uma avaliação global da sua situação feita por médicos, com parâmetros que incluem colesterol, triglicéridos, glicemia, tensão arterial e risco de diabetes nos próximos dez anos.

Quitéria Rato, médica do Serviço de Cardiologia do Centro Hospitalar de Setúbal e coordenadora deste projeto, salienta que “a doença cardiovascular continua a ser a doença mais prevalente em Portugal, com múltiplos fatores de risco”, mas recorda que, se estes forem controlados, “consegue-se diminuir o risco de mortalidade e mesmo de morbilidades, ou seja, de complicações”.

A clínica assinala que a intenção dos rastreios, realizados em cerca de uma hora, é promover a qualidade de vida. “Aposte na saúde, melhore a sua vida”, apelou na abertura da edição de 2022 dos “7 Dias do Coração”, evento realizado desde 2011, mas sem atividades na Avenida Luísa Todi nos últimos dois anos em virtude da pandemia de covid-19.

“Uma pessoa pode ter a tensão alta ou colesterol, mas, se forem controlados, o risco de poder vir a ter um enfarte ou um AVC – a dita trombose – são menores. Mais do que tratar, a aposta neste evento, a que chamámos ‘7 Dias do Coração – Para um Ano Com Saúde’, é motivar as pessoas para controlarem os seus fatores de risco, para serem saudáveis, para evitar a doença”, afirmou.

O rastreio, que nas edições anteriores abrangeu “uma média de 600 pessoas nos três dias, 200 pessoas por dia”, é efetuado no sentido de “chamar a atenção e controlar os fatores de risco para prevenir a doença” no caso de quem não tem enfermidade, ou, se ela já existe, fazer “um controlo muito apertado dos fatores de risco para evitar o agravamento da doença ou novos eventos”.

Para isso, além do controlo dos fatores de risco, “há que ter um estilo de vida saudável”, frisou Quitéria Rato, destacando a importância de uma correta nutrição e de se praticar “pelo menos meia hora” por dia de exercício físico, “porque melhora a saúde e a qualidade de vida, diminuiu o risco de eventos cardíacos, que podem limitar muito a vida da pessoa”.

Além do rastreio de fatores de risco cardiovascular e de fibrilhação auricular, o programa da 12.ª edição da iniciativa “7 Dias do Coração”, que termina no sábado, integra outras ações de promoção da atividade física e de educação para a saúde.

Para o dia 14, entre as 09h00 e as 12h00, com ponto de encontro junto do Clube de Vela do Sado, estão programadas uma caminhada pela orla marítima com a maré baixa entre as praias da Saúde e de Albarquel e uma visita ao Forte de Albarquel, sendo o regresso a Setúbal feito pelo passadiço de madeira junto da estrada EN10-4.

Saúde

Conferência: O papel do cuidador e a sua saúde mental.

Decorre em Évora a 25 de maio.

Publicado

em

Cantinho do Cuidador

O projeto Cantinho do Cuidador, projeto de profissionais de saúde do da Unidade de Cuidados na Comunidade do centro de Saúde de Évora, procura chegar a todos os Cuidadores Informais do Concelho de Évora com ações que visam a capacitação para o papel de cuidador, mas também promovendo o seu bem-estar e prevenindo os elevados níveis de exaustão a que esta atividade está sujeita.

Em curso desde 2019, encontra-se agora retoma as atividades de grupo pós pandemia, com + uma sessão, desta vez a acontecer no próximo dia 25 de maio pelas 16h na Fundação Eugénio de Almeida, sobre o tema “a Saúde mental do Cuidador“.

Sabendo-se que quem está nesta condição de Cuidar de alguém doente/dependente, está muitas vezes isolado em casa, a nossa experiência diz-nos que a divulgação destas iniciativas com recurso aos órgãos de comunicação social é uma boa forma da informação chegar a quem dela precisa.

Continuar a ler

Educação

Cantina de escola em Évora deixa de funcionar devido a casos de covid-19

Vários professores e assistentes operacionais infetados

Publicado

em

Os alunos da escola Conde de Vivalva em Évora vão ficar sem refeitório já a partir de amanhã e por tempo indeterminado devido a vários casos de covid-19 entre funcionários do estabelecimento de ensino.

Para além de casos positivos em auxiliares e assistentes técnicos há também professores com teste positivo à covid-19 o que leva a constrangimentos também no que diz respeito às aulas. 

A Escola Básica Conde de Vilalva, iniciou a sua atividade em 1993, e situa-se no Bairro do Bacelo, em Évora.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!