Siga-nos

Economia

Quebra da azeitona no Alentejo deverá ser de 20% este ano

No ano passado, foi atingido a produção mais alta desde que há registo – cerca de 134 mil toneladas.

Avatar

Publicado

em

A produção de azeitona para azeite deverá registar, este ano, uma quebra que pode superar 20% em algumas regiões, mas na próxima campanha e até 2022 poderá atingir 180 mil toneladas, disse a secretária-geral da Casa do Azeite.

Esta quebra vai refletir-se sobretudo na região do Alentejo, que representa quase 80% da produção nacional.

“A campanha este ano atrasou muito. A maturação da azeitona foi muito mais tardia e ainda há cerca de um mês havia lagares a laborar.

Não sabemos exatamente, mas haverá uma quebra entre 15% e 20% seguramente e, em algumas regiões, poderá ainda superior”, disse Mariana Matos, na apresentação do Concurso de Azeites da Ovibeja.

Apesar da quebra prevista para a produção em Portugal, as projeções da Casa do Azeite apontam para que, na próxima campanha, e até 2022 se consiga atingir uma produção entre 160 mil e 180 mil toneladas.

Segundo as previsões do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgadas em fevereiro, a produção de azeitona para azeite deverá registar uma quebra de 20%, penalizada pelas condições climatéricas adversas.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Economia

Alcácer do Sal ‘viabiliza’ negócio de 157 milhões na Comporta

Está dado o primeiro passo para estimular vários investimentos previstos na área do turismo

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A compra dos ativos imobiliários da Herdade da Comporta à Gesfimo pelo consórcio Vanguard Properties/ Amorim Luxury ficou concluída com a assinatura da escritura relativa à aquisição de 1.380 hectares de área de desenvolvimento e floresta.

O negócio foi concluído por 157,53 milhões de euros. Para este desfecho contribuiu a ação do Município de Alcácer do Sal, que aprovou em reunião de Câmara e depois em Assembleia Municipal extraordinárias (a 29 de outubro e a 7 de novembro respetivamente) uma proposta de resolução de utilidade pública para constituição de servidões administrativas e expropriação de direito de superfície para execução do Plano de Pormenor da Área de Desenvolvimento Turístico da Comporta – ADT2.

A constituição das servidões foi um passo decisivo na conclusão do processo, sendo que as servidões administrativas são direitos estabelecidos a favor de terceiros que incidem sobre prédios ou terrenos.

O Município de Alcácer viabilizou assim a concretização do negócio da venda da ADT2 – Comporta, cujos projetos futuros irão estimular o turismo e a economia da região, além de se prever gerar cerca de um milhar de postos de emprego.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul