Últimas:
PSP emite comunicado sobre morte de polícia em Évora – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Policias

PSP emite comunicado sobre morte de polícia em Évora

PSP confirma factos avançados pela TDS durante a madrugada

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

PSP afirma que tudo teve início na agressão a uma mulher

” Polícia morte tentou ajudar mulher agredida “

Em comunicado a PSP confirma todos os factos avançados durante a madrugada e manhã pela TDS e adianta que após ter ocorrido ” uma agressão a uma mulher, pelo seu companheiro, na via pública” … “o Polícia, em cumprimento da sua missão, interveio para fazer cessar o crime em curso.”

No comunicado nunca é referido que o local onde se deram as agressões é o quiosque do Rossio que era ‘explorado’ pelo próprio agente da PSP.

Adianta o comunicado que “ao tentar impedir a fuga do agressor, o Polícia foi atropelado pela viatura conduzida por aquele, sendo arrastado cerca de 40 metros.

O agressor conseguiu fugir, sendo posteriormente intercetado por guardas da Guarda Nacional Republicana, na zona de Alcabideche, em Sintra, após imediata difusão e alerta a todas as forças e serviços de segurança, feita pelo Centro de Comando e Controlo Estratégico da PSP.”

A nota da PSP refere o falecimento do agente foi às 00h54

O polícia de 45 anos de idade e colocado no Comando Distrital de Évora, era casado e pai de dois filhos.

Continuar a ler
Publicidade

Policias

PSP de Beja tem esquadra sem condições, falta de meios e de verba para viaturas.

Denúncia é feita pela ASPP/PSP que reune hoje em Beja.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Tomada de posse de delegados da ASPP/PSP

“ASPP fala em falta de condições na esquadra de Beja “

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) reune esta quarta-feira, 16 de junho, pelas 10.30, no Comando Distrital da PSP de Beja.

Na reunião que serve para a tomada de posse formal dos delegados eleitos, a ter lugar na sede distrital da ASPP/PSP, estará presente o presidente da ASPP/PSP, Paulo Santos.

A Associação Sindical irá ainda discutir formas de luta, caso as negociações em curso não decorram de acordo com as expectativas dos polícias, assentes na proposta já apresentada para os suplementos remuneratórios e subsídio de risco.

A nível local, Beja, a ASPP irá debater as suas principais preocupações, segundo refere em comunicado.

“O problema das infraestruturas já envelhecidas e sem condições próprias para o exercício das funções policiais, nomeadamente na Esquadra sede (Divisão Policial), necessitando de obras de remodelação urgentes; o parque informático já ‘desatualizado’, bem como a escassez de emissores recetores para comunicações policiais; Falta de verba para reparação dos veículos motorizados”.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!