Siga-nos

Últimas

PSP Elvas deteve homem com taxa de álcool de 1,49g/l

As ocorrências da PSP nas cidades de Portalegre e Elvas, no período compreendido entre 01 e 07 de abril de 2019.

Avatar

Publicado

em

O Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública informa, sumariamente, os resultados da atividade operacional e as ocorrências de maior relevo registadas na sua área de jurisdição, em Portalegre e Elvas, no período compreendido entre 01 e 07 de abril de 2019.

  1. ATIVIDADE OPERACIONAL

1.1.   Ações/operações de fiscalização

Em Portalegre e em Elvas realizaram-se:

–     1 ação de fiscalização no âmbito das armas e explosivos;

–     1 ação no âmbito da fiscalização em estabelecimentos;

–     1 ação de fiscalização no âmbito do funcionamento dos estabelecimentos/oficinas da indústria automóvel;

–     5 ações de fiscalização no âmbito da gestão de combustíveis de sobrantes;

–     2 ações de visibilidade em zonas de maior aglomeração de população e nos locais de maior acumulação de tráfico e sinistralidade rodoviária;

–     7 operações de fiscalização rodoviária, tendo sido controlados 284 veículos/condutores e detetadas várias infrações, das quais destacamos:

  • 4 por falta de inspeção periódica da viatura;
  • 3 por uso de telemóvel durante o exercício da condução;
  • 1 por falta de seguro obrigatório da viatura;
  • 1 por condução sob influência do álcool – TAS de 0,80 a 1,19g/l;

1.2.    Detenções

Em Portalegre:

–          Foi detido 01 homem com 39 anos de idade, por condução de viatura sem habilitação legal. O mesmo foi constituído arguido, submetido a termo de identidade e residência e notificado para comparecer no Juízo Local Criminal de Portalegre do Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre.

Em Elvas:

–          Foram detidos 02 homens com 53 e 62 anos de idade pelo crime de desobediência por recusa de submissão ao teste quantitativo de despistagem do álcool, quando exerciam condução de veículo. Os mesmos foram constituídos arguidos, submetidos a termo de identidade e residência e notificados para comparecer na Instância Local de Elvas do Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre.

–          Foi detido 01 homem com 26 anos de idade por condução sob a influência de álcool ao ser submetido ao teste de alcoolemia, tendo acusado uma TAS de 1,49g/l. O mesmo foi constituído arguido, submetido a termo de identidade e residência e notificado para comparecer na Instância Local de Elvas do Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre

–          Foram detidos 02 homens com 26 e 35 anos de idade, em cumprimento de dois Mandados de Detenção e Condução, emitidos pelo Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre, Juízo Local Criminal de Elvas.

–          Foi detida 01 mulher com 33 anos de idade, em cumprimento de um Mandado de Detenção e Condução, emitido pelo Tribunal Judicial da Comarca de Portalegre, Juízo Local Criminal de Elvas.

  1. OCORRÊNCIAS DE MAIOR RELEVO

2.1.   Sinistralidade Rodoviária

Em Portalegre:

–          Registaram-se 2 acidentes de viação, dos quais resultaram danos materiais nas viaturas intervenientes.

Em Elvas:

–          Registaram-se 4 acidentes de viação, dos quais resultaram um ferido leve e danos materiais nas viaturas intervenientes.

2.2.    Outras

Em Portalegre:

–          No dia 01 de abril foi identificado 1 homem de 27 anos de idade, por posse de estupefaciente (4,37 gramas de haxixe – 8,7 doses individuais). O mesmo foi notificado para comparecer na Comissão de Dissuasão da Toxicodependência de Portalegre.

Património

Forte de Albarquel está a ser reabilitado

A fortaleza foi projetada em 1642, no contexto da Guerra da Restauração da Independência portuguesa, quando D. João IV procedeu a uma ampla remodelação da estratégia defensiva de Portugal, à qual não foi alheia a proteção da barra do Sado.

TDS noticias

Publicado

em

O Forte de Albarquel está a ser reabilitado numa operação liderada pela Câmara Municipal de Setúbal, com trabalhos com conclusão prevista para setembro, que devolve aquele património do século XVII à cidade com novas valências culturais e educativas.

As obras de recuperação da antiga fortificação militar foram iniciadas em agosto do ano passado e, durante todo este período, os trabalhos estiveram centrados, sobretudo, no interior do imóvel cedido pelo Ministério da Defesa à Câmara Municipal de Setúbal, em janeiro de 2015, por um período de 32 anos.

Por se tratar de um edifício com elevado valor patrimonial, a opção do gabinete de arquitetura responsável pelo projeto de reabilitação do Forte de Albarquel focou a prioridade no interior do imóvel, no qual foi necessário conduzir um delicado conjunto de ações de restauro e concretizar novas soluções estruturais.

A operação, a decorrer há cerca de nove meses, com encargos repartidos entre a autarquia e o The Helen Hamlyn Trust, no âmbito de um memorando de entendimento firmado em 2016, reserva para a fase final da intervenção os trabalhos de recuperação do exterior da fortaleza, ações de maior impacte visual para o público.

Além da recuperação do edificado histórico, a operação, cuja conclusão, de acordo com o caderno de encargos, está prevista para setembro, contempla um conjunto de ações de beneficiação da área envolvente, trabalhos a executar pela Câmara Municipal de Setúbal.

Esquecido ao longo de décadas e longe da imponência militar de outros tempos, o Forte de Albarquel renasce com num plano delineado pelo município para o transformar num espaço cultural e educativo, com valências museológicas e expositivas, componentes para diversas manifestações culturais e artísticas e funções de sala de visitas da cidade.

O Forte de Albarquel, localizado na praia com o mesmo nome, na margem direita da foz do rio Sado, integrou, a partir do século XVII, a linha defensiva do trecho do litoral que se estendia entre Setúbal e Sesimbra e funcionou como complemento do Forte de São Filipe na proteção da povoação marítima sadina.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento