Últimas:
PSP de Évora com mega operação no 1º de maio – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Policias

PSP de Évora com mega operação no 1º de maio

Operação decorre em conjunto com a PSP e a GNR até à próxima segunda-feira

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Operação Transição Segura — levada a cabo em conjunto pela PSP e GNR desde a meia-noite desta sexta-feira e que durará até segunda-feira — já levou à ordem de regresso ao concelho de residência de dezenas de condutores, que tentaram sair da sua zona sem ter justificação válida e que foram intercetados pelas autoridades.

“Em Évora vários condutores foram obrigados a regressar ao seu concelho de origem”

O Comando Distrital da PSP de Évora realizou hoje uma operação de fiscalização de maior envergadura na Estrada Nacional 114 à Barraca de Pau.

Marco David, oficial de Polícia da PSP de Évora referiu aos jornalistas que “as operações irão continuar diariamente e mais do que uma vez por dia” acrescentando que neste período de emergência para o estado de calamidade é importante “alertar as pessoas de uma forma sensibilizadora e pedagógica para os riscos que ainda decorrem da pandemia COVID 19”, referiu.

O Governo anunciou restrições nas deslocações entre concelhos, à semelhança do que aconteceu na Páscoa.

Operação da GNR na A6, Vendas Novas, mandou para trás mais de 20 condutores

Crime

Alcácer do Sal – Prisão preventiva por violência doméstica

Homem tem 23 anos. Vítimas são os pais.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Prisão preventiva por violência doméstica

 “Alcácer do Sal”

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vitimas Específicas (NIAVE) de Setúbal, no dia 6 de abril, deteve um homem de 23 anos por violência doméstica, no concelho de Alcácer do Sal.

Na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor coagia as vítimas, sua mãe de 62 e avó de 84, a fim de lhes exigir dinheiro todos os dias.

Caso não o fizessem, sujeitava-as a agressões verbais, físicas e ameaças de morte, condicionando-as a viver num clima de constante terror e a temer pela própria vida.

No seguimento das diligências policiais foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ontem, dia 8 de abril, ao Tribunal Judicial de Setúbal, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!