Siga-nos

Política

PS de Alcácer do Sal apresenta 3 moções.

Conheça as preocupações dos socialistas

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Os eleitos do partido Socialista na Assembleia Municipal de Alcácer do Sal apresentaram três moções.

“3 moções apresentadas pelo PS de Alcácer do Sal”

A primeira moção refere-se à suspensão das carreiras regulares de transporte público no concelho de Alcácer do Sal.

Segundo o PS local “A carreira que fazia a ligação entre Vidigueira e Setúbal foi extinta, ficando então a população isolada da sua sede de concelho mas também a Setúbal, Lisboa e outras localidades.”

Assim, os deputados do Partido Socialista reunidos na Assembleia Municipal solicitaram que a Câmara Municipal de Alcácer do Sal aja junto da CIMAL (responsável pela rede rodoviária), sabendo que o Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal é também o presidente desta entidade (CIMAL).

A segunda moção visa o arranjo urgente e condigno do troço da EM 543 que liga São Romão do Sado ao Batão.

Segundo o comunicado dos socialistas “Este troço de estrada encontra-se lastimável e com a passagem do inverno a situação agravou-se. Desta forma, falamos de um perigo para qualquer peão ou condutor que percorra esta estrada municipal. O troço a que nos referimos é da competência da Câmara Municipal de Alcácer do Sal e esta questão já foi levantada em anteriores sessões.”

A terceira moção visa congratulação ao XXII Governo Constitucional pela decisão de retirar as coberturas que contêm amianto nas escolas públicas perfazendo um total de 578 estabelecimentos, respondendo definitivamente a uma preocupação de saúde pública.”

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Política

André Ventura apresenta objectivos do CHEGA e quer 2ª volta com Marcelo.

Convenção está a decorrer durante o fim de semana em Évora

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O líder do Chega abriu a II Convenção Nacional

” Ventura quer ficar em segundo lugar na primeira volta das presidenciais, ser a terceira força nas legislativas e fazer surpresa na autarquias.”

Está a decorrer em Évora a 2ª Convenção do CHEGA. O partido de André Ventura quer reforçar a força interior para conquistar o país.

Na abertura Ventura referiu que ‘se nos afastarmos da nossa linha podemos ganhar o governo mas perdemos o povo.’

O partido vai eleger a nova direção nacional.

O presidente reeleito em 5 de setembro defendeu também as propostas de alteração dos estatutos do partido para “estabilizar” a vida interna, por exemplo o aumento dos mandatos para quatro anos em vez dos atuais três ou a criação da juventude partidária nacional e local, mas não eleita, antes nomeada pela direção e secções distritais.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!