Últimas:
Proteção Civil de Setúbal propõe vacinação para funcionários de instituições que prestam apoio domiciliário. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Proteção Civil de Setúbal propõe vacinação para funcionários de instituições que prestam apoio domiciliário.

Covid-19: deliberação da Comissão Distrital de Proteção Civil de Setúbal.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Comissão Distrital de Proteção Civil de Setúbal propõe a integração, na atual fase de vacinação contra a Covid-19, dos funcionários de instituições que prestam apoio domiciliário.

“Covid-19: deliberação da Comissão Distrital de Proteção Civil de Setúbal”

Esta proposta, deliberada em reunião, a 3 de março, da Comissão Distrital de Proteção Civil de Setúbal, foi transmitida ao secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, o responsável do Governo pela implementação de medidas de combate à pandemia de Covid-19 na Península de Setúbal.

Em missiva enviada ao governante, a Comissão Distrital de Proteção Civil de Setúbal, liderada pela presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, propõe “que sejam considerados nesta fase de vacinação em que o país se encontra todos os trabalhadores das instituições que prestam apoio domiciliário a idosos e outros cidadãos que destes cuidados necessitam e que se encontram nas suas habitações”.

A deliberação fundamenta esta proposta no facto de “muitos de estes trabalhadores funcionarem em sistema de rotatividade entre equipas que prestam serviço no interior das estruturas residenciais para pessoas idosas e as de apoio domiciliário”.

A Comissão Distrital de Proteção Civil de Setúbal espera que esta proposta, a qual “seguramente é abrangente a todo o território nacional”, se constitua como “mais uma medida que contribua para o combate à doença e à imunidade comunitária ao vírus”.

Continuar a ler
Publicidade

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!