Siga-nos
Inserindo e manipulando imagens em uma página HTML DGS

Agricultura

Projeto multinacional SolAqua promove irrigação com zero emissões

Numa primeira fase, este projeto pretende produzir sete materiais e ferramentas de habilitação-chave para adoção do mercado de irrigação solar

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Aumentar a quota de energias renováveis na Europa é o principal objetivo deste projeto coordenado na UÉ por Luís Fialho, ao combinar tecnologia fotovoltaica e hidráulica com irrigação de alta eficiência reunindo para tal, 11 organizações de seis países (Portugal, Espanha, França, Itália, Marrocos e Roménia).

“Projeto multinacional SolAqua promove irrigação com zero emissões”

O modelo energético da agricultura europeia exige grande quantidade de energia para bombear água para as culturas de regadio, que implica uma pesada fatura de 4 mil milhões de euros, além de custos ambientais associados às 16 milhões de toneladas de CO2 produzidas todos os anos, que representam cerca de 15% das emissões totais de CO2 da agricultura da União Europeia (UE).

Neste quadro, a irrigação solar tem um enorme potencial de aplicação, apenas desaproveitado por barreiras não tecnológicas, como falta de consciência e de competências em irrigação solar entre os irrigadores, PME locais e autoridades públicas.

De acordo com o investigador da CER-UÉ, Luís Fialho, “o mercado para adoção da tecnologia de irrigação fotovoltaica de alta potência encontra-se num ponto crítico de evolução de um mercado ainda imaturo” pelo que este projeto “irá criar e fomentar as condições para uma evolução com sucesso para um mercado consolidado, com elevada proteção do consumidor final, redução de custos e de preço da energia mas também alto nível de inovação.”

O investigador recorda que a Cátedra Energias Renováveis tem vindo, desde 2010, a desenvolver tecnologias de energia solar e de armazenamento de energia, de modo a potenciar o contributo da energia solar para a Transição Energética relevando ainda que existe uma instalação-piloto em Alter-do-Chão, (ver foto) que utiliza tecnologia semelhante à que será desenvolvida pelo projeto SolAqua.

Numa primeira fase, este projeto pretende produzir sete materiais e ferramentas de habilitação-chave para adoção do mercado de irrigação solar, como a definição de padrões de qualidade e de metodologias de avaliação económica e ambiental.

Numa etapa posterior, será promovido um plano de divulgação e de comunicação, direcionado para partes interessadas na Europa e norte de África, sobre irrigação solar e sobre o plano de exploração do SolAqua.

Este plano, que contempla um instrumento de apoio a ser replicado das autoridades públicas a investimentos em irrigação solar, permitirá o desencadear de um mercado funcional de irrigação solar.

Agricultura

Obras de Alqueva não param durante pandemia.

Centro de Interpretação de Alqueva e o Museu da Luz estão encerrados ao público.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Atendimento presencial com marcação prévia

 ” Empreitadas continuam como previsto”

No âmbito da evolução da situação de emergência em Portugal provocada pela pandemia, e de acordo com o Plano de Contingência da EDIA, das recomendações da Direção-Geral da Saúde, a EDIA decidiu encerrar todos os espaços de acesso público, nomeadamente o Centro de Interpretação de Alqueva e o Museu da Luz.

Decidiu igualmente restringir o atendimento presencial na sua sede e nos edifícios de apoio à exploração, exigindo a sua marcação prévia e aconselhando os seus clientes a utilizarem o email e o telefone como canais de comunicação preferencial.

Todas as restantes atividades mantêm-se, nomeadamente as empreitadas em curso, os programas de manutenção e a assistência aos clientes.

A EDIA tem a seu cargo o fornecimento de água para rega bem como para reforço do abastecimento público e industrial.

Continuar a ler

Agricultura

Movimento denuncia destruição de caminhos rurais no Alentejo.

É exigida a reposição e conservação destes acessos.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Movimento Chão Nosso

” denunciar mais uma grave consequência resultante da instalação de culturas agrícolas intensivas no Alentejo: a destruição e inutilização de caminhos rurais”

O Movimento Chão Nosso vem denunciar mais uma grave consequência resultante da instalação de culturas agrícolas intensivas no Alentejo: a destruição e inutilização de caminhos rurais.

Segundo refere em nota enviada à TDS, “Muitos caminhos rurais que atravessam explorações agrícolas em modo intensivo encontram-se, por estes dias, completamente inutilizáveis devido à presença constante de maquinaria pesada, criando sérios constrangimentos ou mesmo o total impedimento ao seu uso por parte das populações que habitam em meio rural que, deste modo, ficam ainda mais prejudicadas.”

O movimento refere um exemplo na zona de Beja, nas proximidades da aldeia do Penedo Gordo, “… que é afetado por estas práticas e ainda revela outras consequências. Existe nesta zona um sítio arqueológico visitável, a villa romana de Pisões, ao qual é praticamente impossível aceder nesta altura do ano, criando sérias dificuldades a quem o pretenda visitar.

Aquando da nossa presença no local pudemos ainda observar a realização de pulverizações em terrenos ocupados com uma cultura de amendoal, sem qualquer aviso prévio, mesmo junto à vedação do sítio arqueológico, a villa romana de Pisões, tornando impossível a permanência no sítio.

São necessárias medidas urgentes para pôr travão a estas situações, exigindo ainda a reposição e conservação destes acessos que, por vezes, são a única forma de aceder a algumas habitações ou sítios de interesse.

Continuar a ler

Agricultura

Parlamento Europeu elege esta 5ªfeira o Melhor jovem agricultor europeu

Gonçalo Assis Lopes representará Portugal

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

10 de dezembro será Dia do Melhor Jovem Agricultor Europeu e Português

“O Parlamento Europeu elege na manhã de quinta-feira, o Melhor Jovem Agricultor Europeu entre os candidatos de 2019 e, à tarde, a CAP anunciará o vencedor nacional que representará Portugal na Europa em 2021.”

Numa coincidência improvável causada pela Covid, o dia 10 de Dezembro transformou-se num dos momentos mais esperados de 2020 para os jovens agricultores: durante a manhã, o Parlamento Europeu elege, entre os vencedores de 2019, o Melhor Jovem Agricultor Europeu 2020 e, na mesma tarde, a partir das 14h30, a CAP anuncia o vencedor do concurso nacional deste ano que representará Portugal em Bruxelas em 2021.

Ambas as iniciativas foram afectadas pela pandemia e forçadas a adiar a data da sua realização. O Concurso Nacional realiza-se sempre em Junho, durante a Feira Nacional de Agricultura, que este ano não se efectuou.

Esclarecidas as possíveis confusões, o candidato de Portugal ao Prémio de Melhor Jovem Agricultor Europeu 2020 será Gonçalo Assis Lopes, vencedor nacional em 2019, prémio conquistado com a SEABERRY, Sociedade Agrícola Lda., resultado de uma parceria familiar com excelentes resultados na produção de morangos em sistema semi-hidropónico.

Na manhã de 10 de Dezembro, Gonçalo Assis Lopes representará Portugal no 6ºCongresso e Concurso Europeu que se realiza nesta data, definida pelo Parlamento Europeu após o óbvio adiamento decorrente das medidas adoptadas pelas instituições europeias face à pandemia Covid-19.

Na tarde de 10 de Dezembro, a partir das 14h30, CAP dará início à Conferência “As oportunidades para os Jovens Agricultores” a que se seguirá a cerimónia de entrega do Prémio Nacional de Melhor Jovem Agricultor, uma iniciativa em parceria com a APED, Ascenza, Bayer e Consulai com o apoio institucional do Ministério da Agricultura.

O vencedor anunciado a 10 de Dezembro de 2020 será o representante de Portugal na competição pelo título de Melhor Jovem Agricultor Europeu, no evento do próximo ano, que reúne mais de duas dezenas de países candidatos.

Continuar a ler

Agricultura

11 casos de Covid 19 em migrantes no Brejão

Populações estão preocupadas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Casos estão a assustar as populações

“Aldeia de S.Miguel, Brejão, está em sobressalto”

São mais 11 casos de Covid 19 em migrantes que trabalham nas estufas do litoral alentejano.

Desta vez é na Aldeia de S.Miguel, Brejão, no concelho de Odemira.

A população está alarmada já que continua a assistir à movimentação de trabalhadores agrícolas.

Nesta altura mais 15 trabalhadores estão a aguardar o resultado do teste realizado.

Os migrantes estão em casas na aldeia e são alimentados pelos serviços da autarquia.

Continuar a ler

Agricultura

Estremoz é um dos 121 em confinamento e faz mercado

Presidente da autarquia decidiu autorizar os 3 mercados de sábado

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Tendo em conta a possibilidade conferida pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 92-A/2020, de 2 de novembro,

“Mercados de Estremoz realizam-se no próximo sábado “

O Presidente da Câmara Municipal de Estremoz decidiu autorizar a realização dos mercados de Estremoz no próximo sábado, dia 7 de novembro.

Assim, todos os mercados de Estremoz (tradicional, velharias e levante) decorrerão nos termos habituais e dando cumprimento às orientações da Direção-Geral da Saúde, em termos de condições de segurança para os vendedores e clientes, sendo a sua realização avaliada e comunicada semanalmente, em função da evolução epidemiológica no concelho e no país.

Ao contrário daquilo que aconteceu no passado sábado e não havendo atualmente quaisquer limitações à circulação de pessoas entre concelhos, serão admitidos nos mercados todos os vendedores que habitualmente ali comercializam os seus produtos.

Refira-se que o governo decidiu proibir os mercados de levante mas mais tarde veio a delegar no presidente de câmara essa decisão.

Estremoz tem atualmente 105 doentes Covid19.

Continuar a ler

Agricultura

Ministra da Agricultura diz que governo já pagou aos agricultores 400 milhões

Valor em falta, 23 milhões, será pago na próxima semana.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

foto: TDS (direitos reservados)

Maria do Céu Antunes, ministra da agricultura, esteve hoje em Beja

” Em outubro foram pagos 400 milhões de euros em medidas agroambientais”, refere governante “

“O governo está a fazer um esforço muito grande”, frisou a ministra em declarações dadas aos jornalistas na Herdade da Figueirinha, em Beja.

A governante frisou ainda que estão por pagar ‘uma pequena parcela’ de cerca de 23 milhões de euros.

Este valor será pago na próxima semana.

A ministra da agricultura acompanhou, em Beja, a apanha da azeitona na região.

Continuar a ler

Agricultura

Reguengos de Monsaraz vai retomar a realização de mercados e feiras

Dia 2 de outubro decorre o mercado mensal no Parque de Feiras e Exposições

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dia 2 de outubro decorre o mercado mensal no Parque de Feiras e Exposições

“Reguengos de Monsaraz vai retomar a realização de mercados e feiras”

O Município de Reguengos de Monsaraz vai retomar a realização de mercados e feiras no concelho.

O despacho da autarquia define que o primeiro mercado mensal será no dia 2 de outubro no Parque de Feiras e Exposições de Reguengos de Monsaraz.

O documento informa ainda que os feirantes e demais participantes deverão cumprir todas as normas e orientações aplicáveis à sua atividade durante o período da pandemia de covid-19, assim como as disposições previstas no Plano de Contingência do Município de Reguengos de Monsaraz para mercados e feiras.

Continuar a ler

Agricultura

Bloco de Rega de Viana do Alentejo já em construção.

Uma infraestrutura que vai beneficiar uma área com cerca de 4 600 hectares.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Já se encontra em obra a mais recente infraestrutura de rega de Alqueva.

“Trata-se do bloco de rega de Viana do Alentejo, localizado no distrito de Évora, uma infraestrutura que vai beneficiar uma área com cerca de 4 600 hectares.”

Deste projeto fazem parte a instalação de 36 quilómetros de condutas, 11 dos quais são adutores principais e 25 de redes de rega.

Este novo bloco de rega terá ainda cerca de 2 km de redes viárias e de 31 hidrantes que servem 91 bocas de rega.

Esta infraestrutura de rega insere-se no projeto de expansão do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva enquadrado pelo Plano Nacional de Regadios.

Recorde-se que Alqueva já equipa cerca de 120 mil hectares com infraestruturas de rega, tendo iniciado a segunda fase para instalação de mais cerca de 50 mil hectares, totalizando em 2023 uma área beneficiada de 170 mil hectares.

Nesta data estão em curso as empreitadas de rega dos blocos de Évora, Cuba/Odivelas e Viana do Alentejo, envolvendo mais de 10 mil novos hectares de regadio.

Continuar a ler

Agricultura

EDIA com capitais positivos de 40 milhões € em 2019

A EDIA pertence ao setor empresarial do Estado, sob a tutela do Ministério da Agricultura, e tem a missão de conceber, construir, explorar e promover o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva fechou o ano de 2019 com capitais próprios positivos em cerca de 40 milhões de euros, revela o comunicado da empresa enviado à CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

De acordo com esse documento, além deste reforço da situação patrimonial, a gestora do projeto de regadio do Alqueva assinala que os resultados financeiros da empresa apresentaram no ano passado uma melhoria de dois milhões de euros.

“O resultado líquido do exercício seguiu a mesma tendência, melhorando cerca de 1,3 milhões de euros, mantendo, contudo, ainda um valor negativo de 2,7 milhões de euros em virtude do peso dos resultados financeiros, imparidades do investimento e amortizações”, avança o referido comunicado.

A administração da EDIA explica esta situação com “a subida dos encargos com fornecimentos e serviços externos para 25 milhões de euros”, que “está relacionada essencialmente com as maiores necessidades energéticas associada ao grande aumento do volume de água bombeado pelas estações elevatórias do sistema”.

“A redução dos encargos financeiros continuou a trajetória positiva, fruto das baixas taxas de juro e da redução da dívida com aumentos de capital pelo acionista”, destaca a empresa liderada por José Pedro Salema.

O presidente do conselho de administração da empresa revela, em nota incluída no referido relatório e contas, que “o sucesso da componente hidroagrícola do projeto Alqueva é hoje completamente inequívoco”.

Continuar a ler

Agricultura

EDIA garante nova campanha de rega

Serviços da EDIA estão encerradas mas fica a garantia da prestação de serviços aos agricultores

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A EDIA continua a garantir o fornecimento de água aos seus clientes bem como o apoio que até aqui tem vindo a prestar, fazendo de Alqueva o exemplo de uma agricultura solidária.

A EDIA tem a seu cargo o fornecimento de água para rega bem como para o reforço do abastecimento público e industrial.

No âmbito da evolução a situação em Portugal do Coronavírus, nomeadamente com o prolongamento do Estado de Emergência, decretado pelo Presidente da República, a EDIA mantém encerrados todos os espaços de acesso público bem como a suspensão do atendimento presencial na sua sede e nos edifícios de apoio à exploração, de acordo com o Plano de Contingência da EDIA.

Assim, aconselha-se os agricultores clientes da EDIA a utilizarem o email e o telefone para todos os contactos.

Continuar a ler

Agricultura

Chuva está a chegar a todo o sul

Nalgumas localidades ja chove com intensidade

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Vamos ter dois dias de chuva

Uma extensa banda de precipitação começou já a entrar pelo sudoeste Alentejano e vai avançando ao longo do dia para o interior originando chuva.
No mapa regional de estações meteorológica pode ver a precipitação acumulada ao longo do dia atualizada em permanência AQUI
(Dados MeteoAlentejo)

Previsão

Períodos de céu muito nublado.
Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos até final da manhã, que serão de neve acima de 1000/1200 metros.
A partir do início da tarde, o céu tornar-se-á muito nublado nas regiões Centro e Sul, onde ocorrerão períodos de chuva ou
aguaceiros, que serão de neve acima de 1000/1200 metros, descendo a cota para 800/1000 metros no final do dia.
Possibilidade de ocorrência de trovoada no Baixo Alentejo e Algarve a partir do meio da tarde.
Vento em geral fraco do quadrante leste, tornando-se moderado (20 a 35 km/h) nas regiões Norte e Centro a partir do início
da manhã, predominando do quadrante sul na região Sul até meio da tarde.
Nas terras altas, o vento soprará moderado a forte (30 a 45 km/h) do quadrante leste, por vezes com rajadas até 80 km/h, em especial nas regiões Norte e Centro.
Possibilidade de formação de neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais da região Sul.

Continuar a ler

Agricultura

Dezenas de análises provenientes de Beja entregues no ‘Ricardo Jorge’ para contra análise 

Resultados deverão ser conhecidos ao final desta sexta feira

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A grande maioria são de um grupo de agricultores e familiares que estiveram na Argentina e no Brasil.

O grupo de Beja esteve de visita a uma das maiores feiras da agricultura-Expoagro.

Esta é a mais importante exposição agro-industrial em campo aberto da argentina.

A excursão foi organizada pela Associação de Agricultores do Baixo Alentejo (AABA), com sede em Beja.

Os resultados das contra análises deverão ser conhecidos ao final desta sexta-feira. 

Refira-se que uma das mulheres deste grupo, de 45 pessoas, deu positivo no teste de Covid-19.

Continuar a ler

Agricultura

COVID-19: Agricultores disponíveis para ceder maquinas de desinfestação

Oferta dos agricultores multiplica se pelas redes sociais

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Agricultores deixam a sua disponibilidade de Norte a Sul do país

Tratores com turbina habitualmente para tratamento de culturas estão agora disponíveis para a desinfestação das ruas. A oferta multiplica-se nas redes sociais por parte de agricultores de todo o país.

“Estou disponível, caso necessário, para ceder gratuitamente trator e torbina para desinfestação de ruas. autoridades que entrem em contato comigo. Nunca se sabe se não vai ser necessário.”

Estou disponível, caso necessário, para ceder gratuitamente trator e torbina para desinfestação de ruas. autoridades…

Gepostet von Rui Marques am Dienstag, 17. März 2020

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!